Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor CORINTHIANS - "Não, não é assim"...

Foto: GazetaPress

Amigos e Nação Corinthiana! Em (19/09) que pra quem lê este texto na data de sua publicação, é mais conhecido como "ontem", eu publiquei aqui um texto após a derrota ante o Del Valle (clique) que pra mim tem caráter de um verdadeiro DOCUMENTO. Sim, tem caráter documental porque nele eu coloco minha visão sobre quais são os maiores problemas do time hoje e é uma opinião reta, sincera, corajosa, que não "faz curva" e que não é baseada em "raivinha" ou em achismos, mas sim em uma análise sem vícios do que acontece no campo, do que acontece no elenco e do que acontece na gestão, seja ela do campo e bola ou diretiva do clube. Este texto que eu indico pra quem não leu contém a minha opinião sobre o que está errado e quem quiser cobrar minha coerência no futuro, pode salvá-lo nos favoritos, printá-lo, enfim, não que eu seja um cara quadrado que não mude de opinião, mas nesse caso a minha opinião não vai mudar justamente por ser baseada em uma análise muito criteriosa, salvem o texto e se necessário (que não será) cobrem minha coerência em algum momento. 


Isto colocado, DENTRO DA MINHA COERÊNCIA eu me vejo obrigado a me manifestar sobre a (no meu entendimento) maneira equivocada com que a Gaviões focou sua manifestação de indignação na porta do CT. Demonizando a comissão técnica E OS JOGADORES e dando MOLEZINHA para Andrés Navarro Sánchez e seus asseclas (acepipe é coisa de Minion). Que porcaria (pra não dizer outra coisa) é essa Gaviões? Vocês vão dar uma de Mancha agora e ter indignação seletiva (vide a falta de indignação com quem lhes banca o carnaval), que papo é esse? 

Quer dizer então, outrora respeitável Gaviões, que Andrés Navarro Sánchez, que MENTE sobre o que paga e o que não paga, que toma todas as atitudes no sentido de se perpetuar no poder, que monta um time do Sport Club Corinthians Paulista, com apenas TRÊS PONTAS (sendo um da base) no elenco, o que faz com que a comissão técnica IMPROVISE Pedrinho numa função onde ele rende muito menos do que pode, enfim, uma diretoria de atos nefastos que onera de forma absurda o clube, seja POUPADA das devidas cobranças. Da COBRANÇA JUDICIAL e NEGATIVAÇÃO da Arena, que é mais uma consequência das MENTIRAS e do modus-operanti de "dono" do clube que tem Andrés, que me lembra muito o finado Eurico Miranda no Vasco. Quer dizer então que Andrés não merece crítica, que o protesto não tinha de ser no PARQUE SÃO JORGE? Isso não é respeitável. 


Será Gaviões, que vocês realmente acham que um time depenado de grana e de elenco é em seus jogadores, que em sua maioria estão há anos aí e participaram das conquistas do atual treinador, QUATRO TÍTULOS são caras que "não tem raça" e que "não respeitam a história do clube"? É honesto isso? É honesto meter o pau em Carille por ter mencionado o fato de que os "meninos" podem ter sentido (e SENTIRAM MESMO) o jogo e agora colocar TODO MUNDO NA MESMA PANELA da "falta de raça" e de que "vão jogar por terror"? Que caricatura é essa? Vocês não conhecem o elenco que tem? 

E retranca? Que retranca fez o odiado treinador, "pior da história do Corinthians", "amaldiçoado", "fora do Timão" contra os equatorianos? Que "retranca" é essa onde se toma dois gols de contra-ataque? É claro, estamos todos nervosos e vocês um pouco mais, seria pedir demais que analisassem de forma fria e vissem que Pedrinho joga improvisado na ponta porque o time NÃO TEM dois pontas pra serem titulares, só tem o Clayson e o MENINO Janderson, que corre muito, mas ainda precisa aprimorar o passe e o chute. Que esse time NÃO CRIA porque o Vital é um cara que vive de LAMPEJOS e infelizmente Jadson está na curva final da carreira, Sornoza sentiu a camisa e Régis não tem chances. Que é complicado cobrar de Love ou crer que Boselli vai ser solução, SE A BOLA NÃO CHEGA em condições de finalizar, enfim, vocês realmente querem ser levados a sério, ou isso foi um rolêzinho, na busca de aparecer, na busca sei lá, de fazer o treinador sair (Vem Joel Santana)

Não, vocês definitivamente não querem ser levados a sério. Se fosse "retranca" ou "raça" o problema era fácil de resolver, era só tirar dois ou três até mesmo do banco e colocar pra jogar os "reservas de qualidade prontos pra entrar e tomar a titularidade" e aí o time renderia, CRIARIA, faria um grande futebol, meteria 5 no primeiro tempo na altitude e no segundo só iria respirar. Mas a realidade não é essa. Se Clayson e Janderson e Pedrinho se machucarem, o time NEM TEM QUEM PÔR dos lados de campo, fica só o "volante" Ramiro. Isso é montagem de elenco decente? Havia "sobra" de peças pra se recusar a sequer conversar com Romero, diretamente com o atleta pra que ele se convencesse e convencesse seu representante? Pois é, voltamos na AUTOCRACIA de Andrés, o que (não) merece ser criticado e COBRADO por vocês. Lastimável. 

Quando vocês vão cobrar de Andrés? Quando tiverem de ir até Barueri (O Paca foi DOADO a empresários) pra assistir um time esfacelado (porque sem dinheiro não se contrata) jogar? Nem mais um minuto eu vou esperar, uma pena que a política hoje fala mais alto que o amor pelo clube. Definitivamente, "não é assim" que vocês vão contribuir pra que o time se recupere.


Antes de encerrar este desabafo eu quero abrir um parêntese. Na sua nova casa, a Fox, o narrador Téo José teve mais um daqueles seus momentos, diria, "periódicos" de dar uma opinião pra virar trend topic. Téo direcionou a fala de Carille na coletiva totalmente para Pedrinho e disse que o clube "Não trata Pedrinho como sendo da casa" e que o garoto deveria "`Pegar sua mala e ir embora do Corinthians". COM BASE EM QUÊ dizer este absurdo? O Corinthians o acolheu desde cedo, o Corinthians o tratou de problemas de saúde seríssimos, ainda mais pra um atleta, pra receber esse tipo de acusação? PRA QUE fazer isso? AUDIÊNCIA vale isso? Repercussão vale isso? Vale a pena ficar marcado como oportunista e mentiroso? Com a sua experiência Téo. Não, realmente não é assim, cara. 

Peço licença pra contextualizar o que Carille quis dizer, não é "defesa" até porque sou jornalista e não advogado, é sim uma visão HONESTA do fato. Eu não vejo que Carille tenha tentado tirar de si a responsabilidade e "jogar os 'meninos'" na fogueira, longe disso. Sua fala apenas disse algo que concordo, estes "meninos" não criaram nada, não foram efetivos, não partiram pra cima da marcação com a individualidade tentando decidir, não chamaram a responsabilidade. Isso é FATO, a trinca de meias é formada por meninos (e não a média de idade do time, caras pálidas), na meia é que nasce a criação, pode por o centroavante que for, se a bola não chegar, fica muito mais difícil. Lhes pergunto, A BOLA CHEGOU? A bola chegou ante o Nense? Vocês, se analisarem de forma honesta, responderão da mesma forma que eu. É claro que eu não falaria no microfone da imprensa o que Carille falou, mas não foi no sentido de tirar de si a responsabilidade, não é esse o ambiente do clube e nem o caráter dele, que ainda que uns finjam que não, todos conhecemos. 

As coisas estão sendo analisadas muito de cabeça quente. O que o Corinthians precisa em campo é recobrar a confiança e dar o máximo com o pouco que tem. Mesmo que o time caia na Sula, se cair lutando, se fizer um grande jogo, recobra a confiança para o Brasileiro, onde é QUINTO colocado, onde pode conseguir a vaga direta na próxima Libertadores e ao final sim, se pode definir permanência ou demissão de treinador. Agora, sem grana e com todos os grandes técnicos empregados, a brincadeira do Joel Santana faz todo sentido, a menos que queiram de novo um Jair Ventura, foi ótimo o trabalho dele no clube não é mesmo. 



Se inscreva em nosso canal no Youtube: TV Jovens Cronistas e confira nossos conteúdos esportivos, dê sua opinião que é fundamental, seu like e divulgue para os amigos! 

Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas 

Nenhum comentário