Últimas

A menos de 10 meses para as eleições, o Partido dos Trabalhadores – PT se movimenta para concluir suas articulações de alianças e parcerias eleitorais. Com olhos não só para a disputa presidencial, a legenda quer contar com um arco de aliados também nos pleitos estaduais e pavimentar a formação de uma federação para a legislativa. Em São Paulo, por exemplo, o ex-presidenciável Fernando Haddad trabalha para tirar de cena pré-candidaturas ao governo do estado, em uma estratégia que passa por abrir caminho para a sua chegada ao Palácio dos Bandeirantes. 

Já em nível federal, claro, a opinião pública acompanha o desenrolar das conversas para que Geraldo Alckmin, um dos fundadores do PSDB, seja vice na chapa encabeçada pelo ex-presidente Lula.


A cada 15 dias, em uma terça-feira, às 19h30, Danilo Leite, filiado ao PT e um dos administradores do Conexão Petista, divide sua experiência como militante e suas impressões sobre a conjuntura nacional no programa Dos Trabalhadores.

Agora é para valer. Na segunda semana de 2022, a eleição presidencial, as disputas para o legislativo e os pleitos regionais retomaram seu devido lugar na pauta do noticiário, principalmente no que se refere às articulações de bastidores para a composição das chapas e alianças. Lula segue liderando as pesquisas e seu staff conversa com Geraldo Alckmin para concluir as tratativas. Ou vai, ou racha. No PDT de Ciro Gomes, a ex-ministra Marina Silva seria “bem-vinda” caso queira sair de vice, mas a presença do marqueteiro João Santana no comando da comunicação parece ser um problema.

Programa quinzenal com a participação de Daniel Faleiros, do canal Barba Dialética, o Pelas Barbas sempre é pautado pela franqueza e honestidade da análise sobre os movimentos da política nacional e internacional.

Pelo terceiro ano consecutivo, a TV Jovens Cronistas transmite AO VIVO parte da festa que marca a chegada de um novo ano em Pyongyang, capital da República Popular Democrática da Coreia, ou simplesmente Coreia do Norte. Mesmo com os bloqueios de ordem econômica e a estigmatização promovida nas bandas do ocidente, a população coreana sempre presenteia o mundo com belas apresentações musicais e de dança, o que não será diferente na entrada de 2022.


O ano de 2021 foi o da política, com toda certeza. Impressiona como o noticiário não deu um minuto de trégua. Teve de tudo na cena política brasileira, o que, convenha-se, mantém o protagonismo de Brasília dos últimos anos. Isto, sempre em detrimento das reais demandas da sociedade brasileira. A propósito, o ano marcou a intensificação do descolamento das classes dirigentes em relação aos interesses da base da população. 

Um percorrido pelos principais acontecimentos do ano é o objetivo deste JC Retrô com os cronistas Adriano Garcia e Claudio Porto, e os convidados Cristiano Araújo, do canal Em Nome da Rosa, e Rony Hergert, advogado e professor de Políticas Públicas. Os cronistas Ulisses Santos e Arthur Luiz também participam do especial.

O presidenciável do PDT, Ciro Gomes, foi alvo de mandado de busca e apreensão na última quarta, 15, em uma operação que investiga suposto pagamento de propina para favorecer a empreiteira Galvão Engenharia, responsável pela reforma para a Copa do Mundo de 2014 do estádio Castelão em Fortaleza, no Ceará. Além de Ciro, seus irmãos, o senador Cid Gomes (PDT-CE) e Lúcio Gomes, também foram alvos da ação da Polícia Federal. 

Ciro diz que não sabia da investigação que começou em 2017 e que foi pego de surpresa com a operação. Afirma também que tem “absoluta segurança de que foi ordem de Bolsonaro” e que não vê sentido na diligência, já que os fatos investigados supostamente teriam ocorrido entre 2010 e 2013, há quase 10 anos.


Passada a operação, a discussão se dá em torno dos interesses em jogo. Ciro teria incomodado ao ponto de promoverem ação com intuito de desmoralizá-lo? A motivação teria sido apenas a questão local, no Ceará, visando as eleições ao governo do estado? Ou é só o espírito lavajatista que perambula por aí nas instituições fazendo mais uma vítima?

Programa quinzenal com a participação de Daniel Faleiros, do canal Barba Dialética, o Pelas Barbas sempre é pautado pela franqueza e honestidade da análise sobre os movimentos da política nacional e internacional.

Torne-se membro(a) do canal: https://bit.ly/3cs3Mfe​

PIX: pix@jcronistas.com.

IBAN: BR8733923798000000473970238C1.