Olá, o último 13 de maio marcou os 132 anos da Lei Áurea, uma data em que se devia celebrar a libertação ou fim da escravidão.

Foto de Marcos Corrêa registrada na exposição “brasílis a brasília” no palácio do planalto em 23/05/2017
Talvez você pense: o Brasil possui tantos artistas negros e a cultura consumida é, boa parte, produzida por pretos e pardos, portanto o que esse cara quer discutir?

Ainda que alguns homens e mulheres estejam em um lugar visto como privilegiado isto não exclui a grande parte da população que é de pretos e pardos em um sistema que os prende e persegue.

Note que a "libertação" dos escravizados pela princesa Isabel não foi por doçura ou compaixão. A bem da verdade a Inglaterra pressionava o Brasil a fazer isso por motivos essencialmente comerciais. A chamada alforria para todos, ou um possível "liberou geral", não veio com o relevante elemento da cidadania. As pessoas ficaram sem nenhum amparo por parte do agente libertador. Sem salário, o ex-escravo, então, teve de se virar.

Sabe os morros do Rio de Janeiro, as comunidades, favelas, periferias de todo Brasil? Bom, surgem pós-abolição, período que, por sua vez, não representava ainda mudança significativa na vida do preto. Até metade do século 20, por exemplo, se reunir para fazer samba era caso de polícia.Para se ter uma ideia da dimensão da coisa,"Mestre Sala dos Mares" de Aldir Blanc cantada por João Bosco, e também por Elis Regina, teve sua letra original modificada. Onde está escrito navegante era Almirante Negro e foi censurado pela Ditadura militar. Ter um negro em posição de autoridade não era aceitável, além de a referência remeter a João Cândido, líder na revolta da chibata na marinha do Brasil no início daquele século.



Devemos ser gratos aos que lutaram a favor do fim do modelo de escravidão que existia no Brasil, aos que influenciaram e influenciam na música, na dança, no nosso jeito de comer e de falar.

Percebam que até hoje artistas e jogadores de futebol negros são chamados de macaco ou ridicularizados pelo cabelo crespo, a exemplo de um episódio envolvendo duas meninas que tiveram seus cabelos comparados a buchas de lavar-louças em Salvador, na Bahia.

Assim como após a Lei Áurea ser assinada por Isabel, hoje muitos negros e negras estão completamente desamparados. O número de trabalhadores informais cresce a cada dia e muitos são pobres e pretos, sem contar os, com sorte, salvos desempenhados atividades análogas à escravidão. 
A exemplo, as empregadas domésticas que tem hora de chegada e começar a trabalhar sem quase ter hora de saída. Nesses tempos de pandemia quantas pessoas liberaram suas secretárias do lar e vão continuar pagando o salário?

Bem, 13 de maio é dia de reflexão e do 14 de maio em diante é tempo de mobilização. Se nesses 132 anos são poucos os avanços, não há tempo para baixar a guarda e a luta pela liberdade plena com cidadania deve ser contínua, já que "negro é a raiz da liberdade", como dizia Dona Ivone Lara.



Se inscreva em nossos canais no Youtube: TV Jovens Cronistas e confira nosso novo canal exclusivo de esportes, o JC Esportes e nossos conteúdos esportivos, dê sua opinião que é fundamental, seu like e divulgue para os amigos!


Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas


Compartilhe:

Edenbergue Lima Neres

Olá sou Edenbergue Lima Neres,sou soteropolitano,estudante de História, gosto de literatura e estou aqui falando um pouco sobre cultura, não sou especialista e como a grande maioria dos brasileiros não tenho uma condição privilegiada a ponto de desfrutar de maneira integral das manifestações culturais. No que estiver ao meu alcance apresentarei textos informativos e reflexivos sobre cultura nacional e internacional quando possível. Esta coluna não é uma coluna para falar de política,mas como a cultura também é política os textos tem certo aspecto político,a cultura muitas vezes foi usada para dominar,mas meu interesse é falar da cultura do nosso povo. Vai ter textos sobre música e outras manifestações artísticas.Ter ou não ter cultura é sinônimo para muitas pessoas de ter uma educação,ou um nível de conhecimento superior ao comum entre a grande maioria da população chamada de massa. Mas o conceito,o que dizem sobre cultura é muito amplo mas a pergunta que tentamos responder é :cultura é o que? Reflita e um grande abraço!

Deixe seu comentário:

0 comments so far,add yours