Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor INTER - Visitante abnóxio

Olá torcida colorada, bem-vinda a mais um Papo de Torcedor Inter, aqui no Jovens Cronistas, para repercutir a derrota do Inter, no primeiro jogo da final da Copa do Brasil. Jogando mais uma vez como um visitante abnóxio, assim como nas outras partidas fora de casa, o time em momento algum, abdicou de jogar postado defensivamente e acabou derrotado por 1 a 0, com gol de Bruno Guimarães.

Foto: Sport Club Internacional

O Inter foi a campo com Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson (Nonato), Patrick; Nico López (Wellington Silva), D'Alessandro (Rafael Sobis) e Guerrero. O técnico Odair Hellmann mandou a campo a sua equipe ideal, o problema mais uma vez foi a postura do time, postado muito atrás e que abdicou de atacar, buscando jogar pelo empate, ou para perder de pouco.

Aos nove minutos, Guerrero chutou da entrada da área, para fora. Aos 12, D'Alessandro lançou Nico López, que invadiu a área e chutou para fora. Aos 13, Rony pegou a sobra e chutou forte da entrada da área, para fora. Aos 21, D'Alessandro tocou rasteiro pela direita, para Edenílson, que deu passe em profundidade para Nico López, que chutou colocado e Santos defendeu. Aos 26, Uendel chutou da intermediária e Santos defendeu.

Athletico vence o Inter na Arena da Baixada
Foto: Gazeta do Povo

No segundo tempo, aos oito minutos, Edenilson avançou em contra-ataque, pela direita, desde o meio-campo, invadiu a área e chutou cruzado, a bola desviou em Léo Pereira e foi caprichosamente para fora. Aos 12, após troca de passes, Marco Ruben tentou o toque, para área, Moledo afastou nos pés de Ruben, que tocou para Bruno Guimarães, que de dentro da área, chutou colocado para marcar o gol do Athletico.

Foto: Eduardo Deconto / Globoesporte.com

Aos 27 minutos, Rony fez bela jogada, arrancou pelo meio, passou por três marcadores, invadiu a área e chutou forte, só não marcou o gol, porque Marcelo Lomba fez uma defesa espetacular. Aos 32, Santos afastou mal a bola na entrada da área e D'Alessandro chutou de de primeira, mas o goleiro defendeu. Aos 44, Guerrero tocou para Rafael Sobis, que chutou forte, da entrada da área, para fora.

Foto: Sport Club Internacional

Odair Hellmann se repetiu mais uma vez, em adotar uma postura completamente defensiva, deixando o Inter mais uma vez como um time abnóxio. Pois até criamos oportunidades, mas a postura do time, deixando D'Alessandro e Nico López, muito distantes do gol, com um Guerrero completamente isolado, irrita a muitos torcedores. Pior é ver a turma do apoio incondicional, que comemorou a derrota. Eu sinceramente, jamais comemoro uma derrota. 

Ainda bem que não teremos mais jogos como visitante na Copa do Brasil e agora tudo se resume a 90 minutos no Beira-Rio, na próxima quarta-feira (18). Nos nosso domínios, o Inter adota outro tipo de postura e será a vez de vermos o Athletico jogar como visitante e como um time abnóxio. O fator local vai ter que se fazer valer e teremos 90 minutos, para buscar dois gols.É completamente possível e reversível.

Com a derrota o Inter precisa vencer no Beira-Rio, para buscar o título da Copa do Brasil. Vitoria por 1 gol de diferença, leva a decisão as penalidades. O time precisará fazer uma boa exibição e ter tranquilidade para reverter a vantagem, no dia 18. Sabemos que o Inter no Beira-Rio, joga de forma completamente diferente, o que nos dá a esperança de que sim, é possível ainda de se conquistar a Copa do Brasil. 

No domingo (15), o Inter visita o Atlético Mineiro, pela 19ª rodada do Brasileirão, fechando o primeiro turno, jogo para mandar até o massagista reserva. Todas as atenções precisam estar voltadas a decisão da Copa do Brasil. O Athletico começa a decisão como o campeão, mas teremos 90 minutos, dentro do Beira-Rio, para buscarmos reverter e conquistar a Copa do Brasil. 



Se inscreva em nosso canal no Youtube: TV Jovens Cronistas e confira nossos conteúdos esportivos, dê sua opinião que é fundamental, seu like e divulgue para os amigos! 

Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas 

Nenhum comentário