Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor INTER - Protagonista ou coadjuvante?

Olá torcida colorada, bem-vinda a mais um Papo de Torcedor Inter, aqui no Jovens Cronistas, para repercutir a vitoria do Inter, sobre a Chapecoense, por 1 a 0, na manhã do domingo (22), na abertura do returno do Brasileirão. O time precisou marcar três vezes, para ter um gol validado, pois antes, Wellington Silva e Neílton marcaram os gols, anulados pelo VAR. Somente no fim da partida, Rodrigo Lindoso marcou o gol que garantiu três pontos ao Internacional, que agora entre em uma semana chave, para definir seu papel no Brasileirão, se será de protagonista, ou um mero coadjuvante.

Foto: Sport Club Internacional

O Inter foi a campo com Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Cuesta e Uendel (Neilton); Edenilson, Rodrigo Lindoso e Patrick; Nico López (Sarrafiore), Wellington Silva (Guilherme Parede) e Guerrero. O técnico Odair Hellmann repetiu o time que perdeu a final da Copa do Brasil, no meio de semana. O time começou lento e sem meio-campo produtivo na armação de jogadas e só foi melhorar, após a entrada de Neilton, no segundo tempo.

Foto: Sport Club Internacional

Logo aos três minutos, Nico López cobrou escanteio da esquerda e Rodrigo Lindoso, cabeceou sobre o gol. Aos 21, Arthur Gomes chutou da intermediária e Marcelo Lomba defendeu. Aos 28, o Inter abriu o placar com gol de Wellington Silva, após lançamento de Nico López, mas o gol foi corretamente anulado pelo VAR. Aos 44, Guerrero pegou sobra da zaga e chutou para defesa de Tiepo.

No segundo tempo, aos 13 minutos, Nico fez cruzamento da direita e Guerrero cabeceou torto, perdendo boa oportunidade. Aos 15, Neílton chutou da intermediária, para fora. Aos 26, Guerrero fez cruzamento da direita e Nico chutou para fora. Aos 32, Nico cobrou falta da direita e Guerreo cabeceou para fora. Aos 34, Nico puxou contra-ataque pela esquerda e fez cruzamento para Guilherme Parede, que ajeitou a bola de cabeça para Neilton, que chutou marcando o gol, mas mais uma vez o VAR entrou em ação e anulou o gol, por empurrão de Edenilson na jogada.

Foto: Sport Club Internacional

Aos 38, Edenilson fez cruzamento da direita e Rodrigo Lindoso chutou e Tiepo espalmou para escanteio. Na cobrança de escanteio, Guerrero cabeceou, Rodrigo Moledo desviou e Rodrigo Lindoso chutou para marcar o gol da vitoria colorada, importantíssima, para manter o time no G4 do Brasileirão.

Foi importante o time vencer, mas confesso que me preocupa a insistência de Odair Hellmann em algo que demonstrou mais não ter eficiência, o tripé de meias centrais. Patrick mais uma vez não fez grande partida, mesmo contra uma Chapecoense completamente recuada e que pouco ameaçou ao nosso time, que vinha em um clima de tristeza, após o revés da Copa do Brasil.

O time melhorou apenas com a entrada de Neilton, que tem se mostrado ser uma boa opção, centralizado, para a armação de jogadas, mesmo não sendo um meia clássico, mas trouxe acréscimo de qualidade ao time.

Com a vitoria o Inter chegou aos 36 pontos e é o 4° colocado. Na próxima rodada o Inter enfrenta seu algoz na Libertadores, o Flamengo, na quarta-feira (25), no Maracanã. Eu confesso que estou bem pessimista em relação a esta partida, mas gostaria muito que o Inter me surpreendesse e trouxesse um grande resultado, para mostrar que realmente disputa o Brasileirão, para ser protagonista. Até porque o jogo do final de semana é contra o Palmeiras, no Beira-Rio, no domingo (29), ou seja, jogamos contra os dois líderes da competição e esta semana decisiva, para mostrar que o Inter ou luta pelo Brasileirão, ou terá um fim de temporada melancólico, lutando apenas por uma vaga na Libertadores 2020.



Se inscreva em nosso canal no Youtube: TV Jovens Cronistas e confira nossos conteúdos esportivos, dê sua opinião que é fundamental, seu like e divulgue para os amigos! 

Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas 

Nenhum comentário