Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor CORINTHIANS - Só o VAR "jogou"

Foto: Agência F8/GPress

Amigos e Nação Corinthiana! Vamos hoje repercutir mais uma atuação ruim do Corinthians, desta vez com time quase todo reserva ante o Avaí, em um jogo sofrível onde a derrota quase veio, mas no final veio o empate por 1 x 1, ruim como resultado e ruim como atuação, escancarando o sério problema na criação do time, seja quem for o escolhido para a posição central, no que hoje Carille considera como suas opções.


O jogo começou com o Corinthians até tentando dominar as ações e propor o jogo, com Everaldo bastante acionado. O time chegou a fazer um gol após bola parada com Matheus Jesus, gol este corretamente anulado após revisão com o VAR. Daí em diante porém, muitos erros por parte das duas equipes, o VAR mais uma vez foi acionado revisando e não marcando um pênalti em Michel Macedo, que viria a ser a grande figura negativa do jogo.


O segundo tempo começou no mesmo ritmo, o tecnicamente melhor (muito levemente) Corinthians até tentou tomar a iniciativa do jogo nos primeiros minutos, mas seguiu errando muito. Aos oito minutos um choque feio de Michel que deu uma cotovelada no adversário, com o VAR (eita) foi corretamente expulso, no final do texto a gente fala mais sobre ele.

Pra corrigir, Carille sacou Sornoza que não entrou em campo, o time simplesmente não teve criação (e no final a gente também fala disso) e colocou Fagner, só que na cobrança do escanteio, o paraguaio Franco do Avaí fez o gol, bonito inclusive, tirou totalmente o Cássio do lance e explorou a diferença de altura em relação a Ralf.  

A mexida seguinte de Carille a meu ver foi correta, Boselli é um centroavante de ofício e estava muito isolado na frente. Love (quando o faz) é um cara de mais movimentação, que viria buscar o jogo, momento ruim a parte, era a alternativa necessária no momento, a mexida foi correta. Depois disso Betão acabou sendo expulso corretamente em uma jogada onde Love sairia na cara do gol, belo gesto, mas que na sequência não adiantou, em lance originado após falha grotesca do zagueiro Marquinhos (aquele revelado aqui) o próprio camisa 9 fez o gol de empate.

Depois disso o time melhorou e foi pra cima, a mexida final foi com Clayson na vaga de Ralf e o time ainda que mal, tentou algumas jogadas, mostrou mais efetividade, mostrou que poderia ter jogado muito melhor. Aos 44 Everaldo foi empurrado na entrada da área e o juiz ignorou e ainda deu amarelo por reclamação para o atacante, erro grave que não poderia ser revisado via VAR, por não se tratar de lance de penalidade. Nos instantes finais do jogo o time criou algumas possibilidades, mas o gol não saiu, jogo HORROROSO, cujo placar foi 1 x 1, mas a nota evidentemente foi ZERO, como bem disse Milton Leite.


Amigos, resultado evidentemente muito ruim, mas eu não o coloco na conta das mudanças propostas por Carille, levando um time misto pra SC não. Não coloco porque este time misto, numa situação de normalidade, tendo CRIAÇÃO de jogadas, teria condições de vencer este adversário, que está muito mal na competição, sem grandes dificuldades. A falta da criação no time, passa por um momento lamentavelmente horrível de um jogador que, me desculpem, mas acompanhei no Nense (inclusive transmitindo jogos dele pela equipe em uma Web-Rádio) e gosto bastante que é o Sornoza, vejo qualidade e potencial neste jogador, mas o momento que vive é sofrível.

Além dele, Ramiro teve outra chance e diferentemente da atuação que teve na última vez em que entrou pela direita (se eu não estiver equivocado, contra o Wanderers) não se pode sequer dizer que desta vez atuou, horrível, o time acabou ficando torto somente pro lado de Everaldo, ficando previsível, fora os erros de passes simples que fizeram a bola simplesmente não chegar em Boselli, levando a entrada de Love que desta vez sim se movimentou, ele se movimentando é muito útil, paradão é melhor ter Boselli ou Gustavo no comando de ataque.

Sobre Michel Macedo, não creio que seja um péssimo jogador como tem demonstrado, esteve na campanha campeã da Libertadores pelo Galo, depois foi jogar no futebol espanhol, não creio portanto que seja péssimo, como péssimo não era o alcunhado "barriga de cadela prenha" Edilson, mas estes caras vem pro Corinthians como reservas de Fagner e se desequilibram totalmente, lamentável o que Michel fez, que poderia ter dado o caminho da vitória a um adversário fraquíssimo.


O que importa é que uma grande chance de encostar na briga pelo título foi perdida, creio que nem tanto por demérito do treinador, cujo houve maluco hoje que pediu a "demissão", o que é inacreditável, mas por atuações individuais muito ruins que prejudicaram o coletivo e que precisam dar a Carille uma luz, ora, se Sornoza vem muito mal e Vital atua bem um jogo sim e quarenta e novo jogos não, porque não dar uma oportunidade a Régis que quis permanecer no time após o interesse do Goiás, mesmo sem receber chances, mas tendo aproveitado bem as que teve? Em tempo, o atleta sequer estava relacionado para este time quase reserva, não dá pra entender. Atuação realmente péssima a parte, a ver o que o time faz quinta, um insucesso pode elevar a pressão sobre Carille e é tudo que os que amam odiar e no caso, tem como alvo Carille, querem.



Se inscreva em nosso canal no Youtube: TV Jovens Cronistas e confira nesta segunda às 6 da tarde, mais uma edição do "JC Esportes" com os destaques da rodada do Brasileirão! 


Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas 

Nenhum comentário