Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor INTER - Jogo brigado, Guerrero decide

Olá torcida colorada, bem-vinda a mais um Papo de Torcedor Inter, aqui no Jovens Cronistas, para repercutir a excelente vitoria colorada, no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores. Jogando em Montevidéu, no Ururguai, o Nacional recebeu o Inter e em uma partida bastante brigada, em que os dois times buscavam jogar no contra-ataque, quando o 0 a 0, parecia ser o resultado, Guerrero acabou marcando o gol colorado, aos 44 minutos do segundo tempo e coloca o Inter em excelente vantagem na eliminatória.

Foto: Ricardo Duarte / Internacional

O Inter foi a campo com Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso (Nonato), Edenilson, Patrick,  D'Alessandro (Wellington Silva), Nico López (Rafael Sobis) e Guerrero. O técnico Odair Hellmann, mandou o Inter a campo com os três volantes e com D'Alessandro e Nico López aberto pelas pontas, com Guerrero como referência. No segundo tempo, Sobis entrou na vaga de Nico, Nonato na de Lindoso e Wellington Silva na vaga de D'Alessandro, que deu a assistência para o gol.

Aos oito minutos, Patrick chutou da entrada da área, para fora. Aos 19, D'Alessandro cobrou falta da esquerda, a defesa do Nacional afastou e a bola foi para Nico López, que chutou de dentro da área e Corujo salvou em cima da linha. Aos 23, após cruzamento da esquerda, a bola sobrou para Bergessio, que chutou cruzado e a bola bateu na trave. Aos 26, Zunino chutou rasteiro e Marcelo Lomba defendeu com o pé. Aos 28, Bergessio recebeu passe em profundidade e chutou sobre o gol.

Foto: Ricardo Duarte / Internacional

No segundo tempo, aos 22, Bruno fez boa jogada e chutou para defesa de Rochet. Aos 33, Rafael Sobis chutou da intermediária, para fora. Quando o 0 a 0 já parecia um bom resultado para o Inter, aos 44, Patrick avançou com a bola pelo meio e abriu na esquerda para Wellington Silva, que veio puxando a bola para o meio, até a entrada da área e tocou para Guerrero que dominou e chutou rasteiro e cruzado para marcar o 1 a 0 para o Inter.


Foto: Ricardo Duarte / Internacional

Odair Hellmann pensou muito bem a partida e como os donos da casa não queria atacar e sim buscavam os contra-ataques, assim como o Inter, o jogo ficou muito brigado e com um time a espera do outro, para buscar espaços. As mexidas foram bem executadas, uma vez que Nico López vem atuando mal e Sobis tem grande valia em jogos de Libertadores. A entrada de Nonato na vaga de Lindoso, também foi válida, pois o Nacional não ousava se jogar ao ataque. Espero que Odair repita esta postura nos jogos fora de casa pelo Brasileirão e não invente mais de colocar 4 volantes.

Foto: Ricardo Duarte / Internacional

A melhor das mexidas foi a entrada de Wellington Silva, pois este é um jogador que tem as características de ir para cima do adversário e fez a jogada do gol colorado. Não estou criticando a atuação de D'Alessandro, ele foi importante na partida e cadenciou o jogo e enquanto teve gás, foi bem, mas é bom o time utilizar-se de seu elenco para variações de jogo e Wellington Silva é uma boa opção ofensiva. 


Com a vitoria o Inter encaminha bem a classificação as quartas de final da Libertadores. Na próxima quarta-feira (31), o Inter entra com grande vantagem e pode até empatar no Beira-Rio, que avança as quartas de final da Libertadores, onde enfrentará por enquanto o Emelec. Mas antes no próximo sábado (27), o Inter volta a campo pelo Brasileirão, quando recebe o Ceará, no Beira-Rio. Jogo para buscarmos os 3 pontos e na próxima semana é encaminhar a vaga as quartas da Libertadores.



Se inscreva em nosso canal no Youtube: TV Jovens Cronistas e acompanhe a volta de nossos programas esportivos. 


 Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas 




Nenhum comentário