Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor INTER - Sem meia de armação, sem vitoria

Olá torcida colorada, bem-vinda a mais um Papo de Torcedor Inter, aqui no Jovens Cronistas, para repercutir o empate no Grenal 421, ocorrido neste sábado (20), pela 11ª rodada do Brasileirão. Com as duas equipes muito mais concentradas com as partidas pela Libertadores, no próximo meio de semana, tivemos Inter e Grêmio com times mistos e o 1 a 1 foi o resultado.

Foto: Ricardo Duarte / Sport Clube Internacional

O Inter foi a campo com Danilo Fernandes; Heitor, Emerson Santos (Klaus), Cuesta e Natanael; Rodrigo Lindoso, Nonato (Pedro Lucas) e Edenilson, Guilherme Parede (Patrick), Wellington Silva e Rafael Sobis. O técnico Odair Hellmann mandou a campo uma equipe praticamente reserva e que contou apenas com dois titulares, do time considerado ideal e estes foram Cuesta e Edenilson.

Foto: Ricardo Duarte / Sport Clube Internacional

Logo aos cinco minutos, Rafael Sobis deu grande passe para Edenilson que invadiu a área, chutou, Julio Cesar defendeu parcialmente e no rebote, Wellington Silva chutou em cima do goleiro. O gol colorado ocorreu aos 21, quando Sobis cobrou falta da esquerda e Paulo Miranda acabou cabeceando e marcando gol contra. Aos 30 David Bras chutou da intermediária, para fora.

Foto: Globoesporte.com

No segundo tempo, Odair mexeu mal no time e o recuou com a entrada do 4° volante em campo e assim o Gremio chegou ao empate. Aos 25 minutos, Juninho Capixaba fez cruzamento da esquerda e aproveitou a marcação frouxa de Heitor e cruzou para Luan, que se antecipou a Klaus e cabeceou marcando o gol do Grêmio. Aos 47, o Grêmio quase virou a partida com Pepê, mas Danilo Fernandes fez duas boas defesas, garantindo o empate.

Foto: Ricardo Duarte / Sport Clube Internacional

Odair Hellmann infelizmente voltou a sua normalidade e jogou sem um meia de armação de jogadas, ao colocar no lugar de D'Alessandro a nulidade de Guilherme "Ruindade" Parede. No segundo tempo, voltou a jogar com 4 volantes, como na derrota contra o Palmeiras, no jogo de ida da Copa do Brasil e assim sofreu o gol de empate. Parece que nosso treinador esqueceu da última partida, em que vencemos e voltou a jogar com medo e esperando o adversário, o que é uma lástima.

Foto: Ricardo Duarte / Sport Clube Internacional

O Inter jogando no indigesto 4-1-4-1, sem a presença de um meia de armação, e com dois extremas que foi muito mal. Guilherme "Ruindade" Parede matava todas as ações ofensivas do time e Wellington Silva, com dificuldades de superar nos 90 minutos, um ancião e como o time não tinha um meia para armar as jogadas, pouco se criou. Gostaria de saber qual foi o crime que Sarrafiore cometeu para não jogar sequer no time reserva.

Rapidamente vou comentar sobre o episódio lastimável em que uma torcedora gremista, acompanhada de uma criança, recebeu a camisa do Grêmio de Luan e comemorou com a torcida vistante, estando esta no setor destinado à torcida do Inter. Ela errou, mas errou ainda mais a torcedora colorada que a agrediu. Me admira ainda mais, tal torcedora estar com um cachecol do Inter Anti-Fascista, parece que ela mal sabe o significado de tais termos, ao agir com tal ignorância. Espero que o clube tome as medidas cabíveis em relação a este incidente.

Com o empate o Inter chegou aos 17 pontos e por enquanto é 5° colocado. Na próxima rodada, o Inter recebe o Ceará, no próximo sábado (27), no Beira-Rio. Mas antes pela Libertadores, o Inter faz o jogo de ida das oitavas de final, contra o Nacional do Uruguai, em Montevidéu, na quarta-feira (24), no jogo mais importante da temporada.

Nenhum comentário