Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor VASCO – E agora Campello?

Pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco foi até o Nilton Santos e perdeu mais uma contra o Botafogo


Diego Souza, que jogou no Vasco em 2011 e 2012, foi o autor do gol alvinegro. (Foto: Nayra Halm - Fotoarena)

Jogando no contra ataque, a partida começou com o Gigante da Colina com a primeira chance aos 2’, onde Marrony arrancou pela esquerda, limpou o zagueiro e cruzou. Tiago Reis não conseguiu chutar e Rossi se esticou todo para tentar a finalização, mas com o braço. Aos 7’, Marrony recebeu lançamento, driblou dois marcadores, mas sem sucesso na finalização. Aos 22’, Pikachu puxou contra-ataque e deu em Rossi. O atacante puxou pra dentro e bateu, a bola desviou na zaga e sobrou para Pikachu, que tentou dominar e foi travado antes de bater em gol. Aos 23’, Danilo Barcelos cobrou escanteio na cabeça de Marrony, mas Gatito fez boa defesa. Aos 32’, Tiago Reis toca pra Rossi. Que devolve para o jovem atacante, que bateu de primeira, foi para a trave. Aos 42, Marcos Júnior lançou Tiago Reis pela direita, ele dominou e cruzou para Marrony.



No segundo tempo, o Gigante da Colina seguiu buscando o primeiro gol e logo aos 3 minutos teve a primeira chance na segunda etapa, onde Danilo cruzou da esquerda, a zaga afastou para o alto e Lucas Mineiro cabeceou, para a defesa do goleiro alvinegro. Aos 5, Rossi foi ao fundo e cruzou da direita, a bola ganhou velocidade e quase enganou o goleiro, que mandou pra escanteio. Aos 12’, a lei do lei do ex reaparece, com Diego Souza aproveitando o cruzamento, matou a bola no peito e mandou para a rede, abrindo o placar para o Botafogo. Com o gol tomado, o Vasco tentou buscar o empate e Aos 27’, com Yan Sasse, aos 36’ com Danilo e aos 37’ com Andrey, mas sem sucesso e não evitando mais uma rodada no Campeonato Brasileiro.



O Vasco segue sem vencer na competição e não foi mal, onde teve a sua melhor partida no comando do Vanderlei Luxemburgo, que veio com duas novidades com Felipe Bastos no lugar do Raul, suspenso, que até fez uma boa partida, mas acabou sendo um dos responsáveis no gol do Botafogo e Tiago Reis no lugar do Yan Sasse, porém sem receber as bolas no ataque, foi pouco efetivo no ataque vascaíno, tendo apenas duas oportunidades, onde uma delas bateu na trave. Na defesa, o técnico optou em colocar em três volantes, onde funcionou anulando as jogadas, mas pecou na criação, porém com Marrony e Rossi, fizeram pouco.



Apesar das ultimas partidas, o Vasco não sai da lanterna com três pontos em sete rodadas. Não importando como joga, assim foi com o Avaí e com Fortaleza, faz o gol e toma no final da partida. Fica difícil acreditar que a equipe saia da zona de rebaixamento antes da parada da Copa América. Com o elenco limitado e com a possível saída do Rossi, um dos principais jogadores desse elenco, não há expectativas com novos reforços e resta apenas acreditar na base. Dentro e fora do campo, precisamos reencontrar a vitória, senão vai ser mais um ano de sofrimentos e no final de quem será a culpa, né Campello?


O próximo compromisso do Gigante da Colina na competição será diante do Internacional, na próxima sexta-feira (7/6), às 20h30, em São Januário e a vitória é mais que obrigação.





Se inscreva em nosso canal no Youtube: TV Jovens Cronistas, dê sua opinião que é fundamental, seu like e divulgue para os amigos! 


Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas 



Nenhum comentário