Banner 1

JC Agora

Liga Espanhola - Resumão da rodada 31



Olá amigos, voltamos com a rodada 31 da La Liga, com duelos importantes pela frente o Barça venceu o Atlético de Madrid e disparou na ponta da tabela, garantindo tranquilidade para os próximos jogos, o Real mesmo vencendo sofreu duas criticas pelo desempenho apresentado. Seguindo na campanha incrível o Getafe vence mais uma e continua na zona de classificação para a Champions League


Barcelona 2 x 0 Atlético de Madrid




Em jogo decisivo Barça vence e dispara na ponta da competição.

Reuters

O jogo no Camp Nou era o mais esperado desta reta final das ligas europeias, o esquadrão do Barça enfrentou o valente Atlético de Madrid, líder e vice-líder respectivamente do campeonato. O jogo começou com os catalães se impondo, as linhas de marcação foram avançadas recuando o Atleti. Aos 14 minutos, Alba fez rápida ultrapassagem entre os zagueiros colchoneros, recebeu boa bola de Messi e chutou tirando de Oblak, a pelota tocou caprichosamente na trave e foi afastada por Godín.

Aos 19 foi à vez do Atlético aproveitar bom contra golpe, Saúl acertou um belo passe de trivela, achando Griezmann em velocidade entre os zagueiros do Barça, o craque francês teve tempo de dominar a bola e chutar, mas Ter Stegen fez uma bela intervenção. Com o jogo aberto aos 24 minutos, Coutinho aplicou um belo drible em Godín e arriscou um chute colocado, Oblak fez bela defesa evitando que o placar fosse aberto.

Reuters

O lance polemico da partida aconteceu aos 29 minuto quando Diego Costa reclamou de uma falta não marcada, de fato o hispano-brasileiro tinha razão de contestar o lance  que foi claro de infração, mas errou nas palavras que usou contra o arbitro da partida e mereceu o cartão vermelho direto. Simeone após o fato foi para o tudo ou nada, Arias saiu e Correa foi para jogo fazendo parceria com Griezmann, Thomas foi improvisado na lateral para manter o esquema tático. O controle foi definitivo do barça já que os colchoneros estavam apostando agora na velocidade dos contra golpes.


Na segunda etapa os catalães continuaram dominando, mantendo os adversários recuados e dominando o controle da bola, com isso os mandates atacavam ao gol, mas estavam levando azar, Oblak e a falta de pontaria estavam salvando o Atletico da derrota.  Após 10 chutes ao gol finalmente o Barcelona abriu o placar no minuto 40, Suárez saiu da área carregou a bola, abriu espaço entre os zagueiros e chutou colocada e rasteira, sem chances para Oblak defender.

Reuters 

O balde de água fria na temporada colchonera foi no lance de ataque seguinte, Rakitic explorou bem os espaços e esticou bola longa para Messi, que conduziu em velocidade, driblou Gimenez , girou em cima de Godín, e quando todos esperavam uma bola colocada no canto esquerdo o argentino simplesmente chuta uma bola rasteira no canto direito, deixando Oblak sem reação.

A vitória do Barcelona estabeleceu a força do elenco catalão que por várias oportunidades tropeçou na temporada, mas nos jogos importantes para conseguir essa vantagem atual de onze pontos o time decidiu e aliviou a pressão e o desgaste na temporada.

Chegando à reta final do torneio é possível entender que o Atlético errou no planejamento, gastou praticamente toda verba disponível em uma aposta que não rendeu resultados, Lemar consumiu todos os esforços da diretoria colchonera  e impediu que Simeone conseguisse obter mais peças para compor os setores da equipe, reduzindo o elenco que batalhou em diversas frentes e fraquejou pelo desgaste da competição que era o objetivo, a luta agora é pela segunda posição que garante vaga direta na Champions e alguns milhões no orçamento.




Real Madrid 2 x 1 Eibar




Jogando abaixo do esperado, Real vence no sufoco 

Reuters

Com a temporada praticamente encerrada, o técnico Zidane escalou força máxima para o duelo contra o Eibar, necessitando da vitória o time merengue foi ao ataque e conseguiu até abrir o placar após boa jogada de Bale que rolou para Benzema empurrar de letra para o fundo do gol, o juiz viu posição irregular do francês e anulou o gol.  A partir dos 20 minutos o Real errou diversos passes e se perdeu no jogo, o Eibar aproveitou isso e se impôs, e aos 39 minutos, Escalante cortou na diagonal, se dirigiu ao centro da meia lua e rolou boa bola para Cardona dominar, tirar o goleiro Navas da jogada e dar um toque sutil para o fundo das redes.

O restante da primeira etapa continuou sendo péssimo ao Real, além de nada dar certo no campo os torcedores começaram a vaiar, principalmente Bale e o primeiro tempo terminou de maneira melancólica.

Reuters
Na volta do intervalo o que se viu foi outro Real, mais enérgico  os merengues forçaram o recuo dos visitantes, Modric acertou bom chute que parou nas mãos do arqueiro Dmitrovic logo no primeiro minuto. Aos nove, Benzema aproveitou saída estabanada de Dmitrovic, venceu a divida e chutou para o gol, o arbitro acabou assinalando impedimento do francês  e anulou o tento.

Mais solto em campo o Real começou a utilizar jogadas pelo setor esquerdo do campo. Aos 14, Asensio aproveitou bom passe de Kross e cruzou na cabeça de Benzema que finalmente marcou seu gol e empatou o jogo. O Eibar diminuiu as investidas ao ataque e o Real cresceu de produção, após escanteio Asensio recebeu a pelota devolveu para Kross, o alemão cruzou de maneira perfeita, Benzema novamente se posicionou entre os zagueiros e cabeceou sem chances para Dmitrovic, virando o jogo aos 31 minutos.


Reuters

Apesar das contestações, Bale não pode ser o único responsável pela má fase que o time merengue enfrentou na temporada, o gales pode ser questionado no seu péssimo momento técnico que viveu no período de jogos importantes e o excesso de lesões, mas quando o time precisou o jogador sempre foi decisivo. A torcida merengue tem de ter paciência para que o time se acerte novamente, vale lembrar que toda estrutura montada por Zidane anteriormente foi destruída e fazer um time se reabilitar no final da temporada não é tarefa fácil.

O resultado ajudou na retomada de um incentivo ao time, buscar o vice-campeonato e prejudicar o rival de Madrid parece ser o grande objetivo de Zidane no momento.



Valladolid 0 x 2 Sevilla




No apagar das luzes, Sevilla marca duas vezes e conquista três pontos


R.Garcia- EPA

Em recuperação na competição o Sevilla precisava da vitória diante do desesperado Valladolid, os mandantes iniciaram o jogo bem, dominando a posse de bola e tentando investir em jogadas ofensivas, mas a primeira chance de gol foi do Sevilla, após escanteio batido por Banega, Mercado subiu livre e acertou o travessão em cabeçada forte. Aos 23, o Valladolid teve uma grande chance de abrir o placar,Delgado fez boa jogada individual e cruzou para Anuar livre tocar a bola em cima do goleiro Soriano.

Aos 30, o Sevilla teve um gol anulado, após cruzamento de Banega, Vazquez cabeceou empurrando para o fundo das redes, o VAR visualizou um empurrão do próprio Vazquez  em Plano, assim ganhando vantagem e ficando sem marcação, o gol foi prontamente anulado e a primeira etapa terminou sem mais lances de perigo.

O segundo tempo foi marcado por um domínio intenso do Sevilla que alcançou os incríveis 70% de posse da pelota, mas somente o controle dos passes não foi suficiente pois o sistema defensivo da equipe mandante surpreendeu, com uma linha bem postada impediram que o Sevilla alcançasse os metros finais do campo.

R.Garcia - EPA


A solução para vencer o esquema defensivo do Valladolid saiu do banco, Roque Mesa entrou na vaga do zagueiro Sergi Gomez, e em bela jogada individual passou por três marcadores e chutou da meia lua, sem chances para Masip, placar aberto aos 39 minutos de jogo. Com o gol dos visitantes, a partida ficou aberta e o Sevilla aproveitou os espaços, Promes invadiu o campo ofensivo em velocidade, rolou para Gill que achou bom passe para Munir chegar empurrando a bola para o fundo das redes aos 47.

Apesar da vitória, o Sevilla estacionou na quinta colocação, mas agora só está llum ponto do Getafe que está ocupando a vaga direta para a próxima Liga dos Campeões. Tendo como foco isso o time da Andaluzia estará motivado até o fim da temporada. 



Getafe 1 x 0 Athletic  Bilbao




Em casa, Getafe faz o simples e continua mantendo seu sonho de disputar  a Champions League



Leonardo Pietro/ Getty Images

Na grande Madrid, o Getafe enfrentou mais uma pedreira nessa campanha surpreendente em La Liga, o Athletic necessitava de um resultado positivo para incomodar de vez o sexto colocado Valencia.  O primeiro tempo foi de domínio total do Athletic, que envolveu o adversário e apostava na bola alta para tentar surpreender a zaga dos mandantes. Iñigo Córdoba venceu a disputa pelo alto com González e chutou forte para grande defesa de Soria sendo essa a grande chance do time basco no jogo.

Na segunda etapa o jogo pendeu ao Getafe, que aproveitou bons contra golpes e jogou com a bola no chão, levando muito perigo quando as triangulações foram realizadas. O primeiro chute perigoso do Getafe foi em bom passe de Molina para Jaime Mata , que deixou Mikel  San José no chão em belo corte e chutou na saída de Herrerín, a pelota passou renta a trave direita. 

Sem muitas opções de jogada o Athletic foi recuando e perdendo as disputas aéreas, aos 38 Jaime Mata ganhou pelo alto e tocou para Rodriguez, que em velocidade superou Álvarez e tocou na saída do arqueiro para abrir o marcador. Na sequência, Antunes fez boa jogada individual levou ao fundo e cruzou para Jaime Mata cabecear na trave, sendo o último lance de ataque do jogo.

Com modéstia o Getafe continua trabalhando duro para  manter-se entre os cinco primeiros, o técnico Bordalas consegue com um time limitado impor o jogo coletivo e está superando todos os adversários distante do grande escalão espanhol , essa campanha histórica pode ser um salto no nível técnico jogado pela a equipe da região metropolitana da Capital.

Em contrapartida o time do Athletic faz uma campanha mediana, após disputar grande parte do campeonato se distanciar da zona de rebaixamento, os bascos estão travados na metade da tabela e dependentes de boas atuações de Iñaki Willians, que é a referência de gols e técnica do time, isso pode ser perigoso para essa reta final, é hora do coletivo se reunir e todos assumirem uma posição mais focada e buscar não errar nas próximas partidas.




Outros Resultados 

Girona 1 x 2 Espanyol
Alavés 1 x 1 Leganés 
Rayo 2 x 0 Valencia 
Levane 2 x 2 Huesca
Celta 3 x 1 Real Sociedad
Betis 2 x 1 Villareal





Classificação


Tabela FcTables.com





Se inscreva em nosso canal no Youtube: TV Jovens Cronistas, dê sua opinião que é fundamental, seu like e divulgue para os amigos! Acompanhe nesta terça-feira às 17h, o "Futebol pelo Mundo" com os destaques do futebol internacional. 

Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas 



Nenhum comentário