Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor GALO - Noite de Gala do Galo

Foto: Perfil do Atlético-MG no Twitter

Em uma grande partida do Galo e também com um péssimo trabalho dos auxiliares de arbitragem, o Galo passou por cima da URT e venceu o jogo por 4 x 0 com gols de Ricardo Oliveira (2 vezes), Jair e Chará.

Faltando menos de uma semana para a estreia da Libertadores, o técnico Levir Culpi mandou a campo o que tinha de melhor para poder dar ritmo de jogo aos seus jogadores. A principal novidade na equipe foi o volante Jair que fez sua estreia como titular e mostrou um excelente futebol além de fazer um golaço no segundo tempo.

Com mais de 11.000 pagantes no Independência, o Galo começou o jogo indo pra cima e criou duas ótimas oportunidades de gol com finalizações de Fábio Santos e Luan respectivamente.

Mas quem começou a goleada,assim como havia sido contra o Boa, foi novamente ele, o "Pastorzão da Massa", Ricardo Oliveira, que abriu o placar para o Galo aos 24’ do primeiro tempo depois de uma bela cobrança de falta. Foi o segundo gol de falta do Galo no ano em apenas 4 jogos.

Aos 31 minutos do primeiro tempo, depois de um passe de Cazares, Ricardo Oliveira pegou a bola (impedido) e bateu no cantinho do goleiro de esquerda pra fazer o segundo gol do galo e segundo dele na partida. Foi o primeiro grande erro do bandeirinha que comeu mosca e não viu um impedimento bem fácil de se marcar.

E o primeiro tempo acabou com o Galo vencendo o jogo por 2 x 0 e a equipe da URT sem finalizar nenhuma vez na meta do goleiro Victor.

O time do Galo voltou o mesmo para o segundo tempo, mas quem começou atacando foi a equipe da URT que chegou a fazer o gol depois de uma cobrança de falta, mas teve seu gol anulado pela arbitragem novamente de forma equivocada.

A equipe alvinegra continuou colocando a bola no chão e chegou ao seu terceiro gol na partida naquele que pra mim vai ser um dos gols mais bonitos do campeonato mineiro. O volante Jair que fazia sua estreia como titular na equipe alvinegra ,recebe a bola no canto direito do ataque, aplica uma meia lua no zagueiro adversário e mete de cavadinha por cima do goleiro fazendo o terceiro gol da equipe alvinegra e enlouquecendo a massa. Foi o primeiro gol do jovem volante com camisa alvinegra.

O Galo continuou soberano na partida e o treinador Levir Culpi mandou para campo o jovem Neto de apenas 16 anos no lugar de Jair, e o estreante da noite Guga na vaga de Patric. Logo depois o treinador fez a última mudança da noite, sacando o centroavante alvinegro Ricardo Oliveira e colocando em campo o atacante Leandrinho.

Aos 35’ do segundo tempo depois de cometer uma falta na entrada da área e logo em seguida dar um bico na bola, o zagueiro Maidana recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso do jogo. Foi a melhor chance da equipe da URT que acabou isolando o chute frontal.

Mesmo com um a menos em campo nos minutos finais, o Galo continuou mandando no jogo e chegou ao 4° gol em um passe espetacular de Cazares para Chará que bateu cruzado perante o goleiro e chegou ao seu 2° gol com a camisa alvinegra. Gol esse também irregular já que Chará estava um pouco a frente na hora que recebeu o passe.

Foi um grande jogo da equipe do Galo que agora jogará contra o Guarani de Divinópolis no sábado já pensando na estreia da Libertadores que será na próxima terça-feira contra a equipe do Danúbio-Uru. O treinador Levir Culpi provavelmente mandará a campo a equipe reserva para o jogo de sábado, já que o time alvinegro viaja no domingo para o Uruguai.




Se inscreva em nosso canal no YouTube (clique AQUI) , e acompanhe nossos conteúdos. 

Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas





Nenhum comentário