Banner 1

JC Agora

JC Especial - Crise na Fronteira


O blog Jovens Cronistas acompanha os desdobramentos da operação de entrada da chamada "Ajuda Humanitária" na Venezuela. Patrocinada por Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, e seus aliados subservientes, a tentativa carrega aspectos de golpe de Estado contra o presidente bolivariano Nicolás Maduro. 

A entrada dos caminhões foi marcada para o sábado 23/2, quando completa-se um mês da autoproclamação do deputado Juan Guaidó, presidente da Assembleia Nacional da Venezuela em desacato, portanto, sem poder efetivo. Guaidó respalda sua condição de presidente encarregado numa leitura controversa do artigo 233 da constituição federal daquele país, que prever as condições de vacância da presidência da república.

Consta que o artigo 233 deslegitima a posição do suplente de deputado, porque não há vacância de poder na Venezuela. Até a edição deste artigo Maduro não havia morrido, renunciado ou abandonado o cargo; nem mesmo havia sido destituído por sentença do Tribunal Superior de Justiça; assim como não atestou incapacidade física ou mental permanente certificada por uma junta médica designada pelo TSJ e com aprovação da Assembleia Nacional.

As principais ações aconteceram nas regiões fronteiriças do país vizinho com o Brasil e Colômbia, respectivamente, nos municípios de Pacaraima e Cúcuta. Confira a cobertura em tempo real.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Vídeo gravado pela fotojornalista chilena Nicole Kramm, vítima dos primeiros desertores da GNB. 24/02/2019, às 18:26

Atropelada por dois veículos blindados da Guarda Nacional Bolivariana, dirigidos por militares desertores, a fotojornalista chilena Nicole Kramm divulgou o vídeo que produzia para o projeto RT Redfishno no momento em que os carros atingem ela e uma policial da Polícia Nacional Bolivariana de Migração, na ponte Simón Bolívar - fronteira entre Venezuela e Colômbia. O momento tenso aconteceu na manhã do sábado 23/2.


Reprodução: RT Español

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Após dia de muita tensão em regiões da Venezuela, os caminhões da "Ajuda Humanitária" não conseguiram atravessar as fronteiras do país caribenho com o Brasil e Colômbia. 23/02/2019, às 22:20

O evidente fracasso da operação que buscava atravessar, de maneira ilegal, mantimentos e insumos médicos pelas fronteiras da Venezuela com Brasil e Colômbia aumenta o impasse envolvendo a figura de Juan Guaidó, que chega ao 30º dia de uma suposta presidência interina sem convocar eleições diretas, como prever a constituição venezuelana, e teme ser preso ao voltar à Venezuela, já que ao seguir para a Colômbia, onde passou todo o sábado, desrespeitou uma determinação do Tribunal Superior de Justiça venezuelano que o impedia de deixar o país.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Navio com mantimentos está pronto para zarpar de Curazao, ilha a aproximadamente 65 quilômetros ao norte da costa venezuelana, informa CNN Español23/02/2019, às 18:30

A transmissora em espanhol do canal de notícias CNN acompanha a informação de que um navio carregado com "Ajuda Humanitária" estaria pronto para zarpar de Curazao, país localizado na região das Caraíbas holandesas e pertencente ao Reino dos Países Baixos.

O governo local confirma a presença da embarcação no porto, mas assegura que não enviará sem a permissão do governo de Nicolás Maduro. Segundo o semiólogo e analista do discurso dos meios de comunicação Arlenin Aguillón, o Brasil está na negociação

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Manifestação pró-Maduro ocupa principais avenidas de Caracas. 23/02/2019, às 17:56


Reprodução: TeleSur
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Juan Guaidó, o presidente autodeclarado, reconhece o fracasso de seu plano. 23/02/2019, às 17:26


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Caminhões da chamada "Ajuda Humanitária" que conseguiram atravessar ilegalmente a fronteira entre Venezuela e Colômbia são alvos de incêndios. 23/02/2019, às 16:55


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Direto de Chacao, em Caracas, na Venezuela: balanço da chegada dos caminhões com mantimentos e insumos médicos. 23/02/2019, às 16:32


Reprodução: VPItv


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 
Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, discursa em ato contra a entrada da tal "Ajuda Humanitária", na capital venezuelana de Caracas. 23/02/2019, às 16:04


Reprodução: TeleSur

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Agentes da Guarda Nacional Bolivariano abandonam Maduro depois de terem jogado veículos blindados contra pessoas na ponte Francisco de Paula Santander, fronteira entre Venezuela e Colômbia23/02/2019, às 14:50 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 
Canal de notícias Globo News parece ser simpática aos desordeiros de Ureña, cidade localizada na fronteira entre Venezuela e Colômbia23/02/2019, às 13:13 
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Saiba onde acompanhar os desdobramentos da tentativa de entrada da chamada "Ajuda Humanitária" na Venezuela. 23/02/2019, às 10:13 

Recomendação do cronista Claudio Porto, os canais no Youtube da VPI, NTN, TeleSur, CNN e RT Español estão in loco na Colômbia, Brasil e principalmente Venezuela com o número mais que suficiente de profissionais para cobrir os acontecimentos e transmiti-los com a dimensão que lhe são próprios. Não trata-se de "briga de cachorro pequeno", ainda que parte da imprensa brasileira queira parecer que seja.

Clique aqui para assistir a 8ª edição do programa Redação JC, que repercute os acontecimentos na fronteira da Venezuela
Para críticas, sugestões ou dúvidas, deixe sua opinião na seção "comentários" logo abaixo ou escreva para: cons.editorialjc@gmail.com
Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas e se inscreva em nosso canal no Youtube: TV Jovens Cronistas  





Nenhum comentário