Banner 1

JC Agora

Liga Espanhola - Resumão da rodada 21


Olá amigos,voltamos com mais uma rodada do campeonato espanhol, temos como destaque o passeio do Sevilla, que manteve a boa fase e continua nas posições altas. Por falar nos lideres a batalha dos pontos continua entre Barça e Atlético de Madrid, um jogo psicológico incrível das duas equipes antes de cada partida. O lado merengue de Madrid continua se reerguendo no campeonato e venceu mais uma com show de Benzema. No País Basco o clima é de alivio ao Athletic, que ganhou mais uma e saiu de perto da zona de rebaixamento.


Sevilla 5 x 0 Levante


Jogando em casa, com segundo tempo perfeito o Sevilla atropela e pressiona o Real Madrid


Cristina Quicler -AFP


Embalados por uma bela vitória contra o Barcelona pela Copa do Rei, os donos da casa entraram em campo buscando recuperação no campeonato espanhol, o primeiro tempo começo em ritmo lento, com poucas trocas de passes, o destaque ficou por conta de um chute na trave Roque Mesa, em termos gerais o setor defensivo do Sevilla fez uma ótima atuação nos primeiros 45 minutos, garantindo o empate para a segunda etapa.

Na segunda etapa, o Sevilla voltou elétrico, logo aos 3 minutos, Ben Yedder invadiu a área e tocou na saída de Oier para abrir o marcador. O gol deixou a equipe de Levante confusa, e os donos da casa se aproveitou deste fator para aumentar o placar, em boa projeção de Promes pela direita, a bola foi rolada para André Silva que chutou forte de primeira aos 15 minutos.

Com o desespero do adversário o Sevilla se aproveitou do espaço e marcaram mais gols, aos 26 minutos Sarabia fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Franco Vazquez em um chute preciso empurrar a bola para o fundo do gol. Aos 35 minutos Promes foi derrubado na área após lindo chapéu no zagueiro, Sarabia foi para a cobrança e converteu.

No último lance do jogo,o zagueiro Cabaco cometeu falta em cima da risca da grande área, o VAR foi acionado e prontamente marcou a penalidade, Promes foi para a cobrança e fechou o resultado aos 45 minutos de jogo.

A vitória foi importante para a retomada da confiança, mas não pode servir como ilusão de que o Sevilla está fazendo uma ótima temporada, nessa reta final é hora acertar o time e manter a regularidade, para que o time continue brigando por uma vaga na Champions League.


Valencia 3 x 0 Villareal

Em jogo importante, Valencia conquista os três pontos e salta na tabela


José Antonio Sanz-MARCA

Para os dois times somente a vitória interessava, o Villareal para se aproximar de uma saída da zona de rebaixamento e o Valencia para subir na tabela e justificar os investimentos feitos na temporada, o jogo começou com pressão dos mandantes que logo aos 4 minutos abriram o placar após cruzamento, a bola desviou na zaga e Diakhaby cabeceou para abrir o placar. Com o placar desfavorável o Villareal foi obrigado a atacar, mas totalmente desorganizado pouco conseguiu fazer na primeira etapa.

Na segunda etapa, os donos da casa continuaram no ataca e aos 11 minutos Cheryschev recebeu a bola e chutou sem chances, optou por não comemorar o gol contra sua ex-equipe. Sem forças para lutar o Villareal pouco conseguiu fazer novamente para reação e viu o Valencia dominar o jogo, o goleiro Asenjo trabalhou muito para evitar um placar mais elástico. Para matar o jogo Rodrigo recebeu ótimo cruzamento e cabeceou firme para o fundo do gol aos 36 minutos.

O Villareal continua em situação complicada, amargando a penúltima colocação do campeonato, em uma apatia inexplicável o time segue decepcionando e a briga vai ficando cada vez mais distante. O Valencia ocupa o meio da tabela, próximo a zona de classificação para a Liga Europa.


Atlético  de Madrid 2 x 0 Getafe


Buscando a primeira colocação, o Atlético mantem a boa fase e continua na cola do Barcelona



Reuters

Na disputa mais interessante do campeonato, os colchoneros foram a campo com um time remendado sem alguns jogadores machucados e colocando esperança na base, o inicio foi de pressão com Griezmann centralizado junto de Kalinic abriu-se espaço para que os laterais Arias e Lucas chegassem forte na linha de fundo, foi assim que o time desmantelou o bom sistema defensivo do Getefe, aos 27 minutos, Thomas recebeu boa bola de Lucas, o volante ganhou no pé de ferro e tocou para Griezmann entre os zagueiros, o francês em um belo chute colocou a bola para o fundo das redes.

Com o resultado favorável o Atelti continuou na pressão, criando oportunidades de gols, aos 37 minutos, bela jogada de Griezmann a bola foi rolada para Lucas que cruzou adiantado, Kalinic com azar chutou em cima de Soria, o rebote sobrou para Saúl ampliar e salvar a pele do atacante croata que perdeu chance incrível.

Reuters

Passado o primeiro tempo acima da expectativa de Simeone, a ordem do segundo é segurem o resultado e se poupem , o Atlético prezou pela posse de bola e administrou as situações de jogo. Nas raras oportunidades que o Getafe teve a bola pouco conseguiu criar. Simeone fez alterações que deram ainda mais poder aos Colchoneros, Juanfran entrou na vaga de Lucas e o desanimado Kalinic deu lugar ao jovem Victor, que logo na primeira chance chutou bela bola que passou rente ao travessão, acendendo os torcedores no Wanda Metropolitano.


Reuters

As alterações deixaram o Atlético perto do terceiro gol, mas Sória inspirado salvou chute do jovem Victor. Nos minutos finais o Getafe sofreu duas expulsões que tranquilizaram o Atlético que abdicou ao ataque e colocou o time adversário na roda de bobinho para finalizar o jogo.

O detalhe da partida fica pela falta de sinergia e identificação que o atacante Kalinic tem com o Atlético, seu estilo de jogo não empolga a torcida e falta de gols irrita extremamente os torcedores, isso abre espaço para o jovem Victor, garoto das canteras do clube, que deu folego novo ao time e animou muito o torcedor colchonero com seu estilo aguerrido.


 Espanyol 2 x 4 Real Madrid

Com show de Benzema,Real vence e engata boa sequencia de vitórias


Reuters
Aos poucos o horizonte do Real vai ficando menos nebuloso e a fase conturbada fica distante, apesar de jogar longe de seus domínios, o time de Madrid não se intimidou diante dos catalães do Espanyol. Logo  aos 4 minutos, Benzema aproveitou rebote cedido por Lopez em chute de Modric para abrir o marcador. Mesmo com o gol a equipe madrilena continuou pressionando, após escanteio cobrado por Modric, Sérgio Ramos subiu mais do que todos os marcadores e de cabeça ampliou o placar aos 15 minutos. Com os dois gols sofridos o Espanyol foi obrigado a tentar algo diferente para mudar o jogo, aos 25 minutos após a pressão dos mandantes, Léo Baptistão aproveitou confusão na zaga do Real, pegou a sobra e chutou forte para diminuir a vantagem.


Reuters
O jogo se desenhou para um equilíbrio na metade final do primeiro tempo, já no apagar das luzes Benzema brilhou novamente, após bom passe para Vinicius Jr, a zaga desarmou o jovem brasileiro que tentava sua ginga em frente aos adversários, no corte, a bola sobra para Benzema chutar forte e fazer seu segundo gol aos 46 minutos.

A segunda etapa começou de forma fria as equipes acabaram se estudando para não se arriscar, somente aos 21 minutos um lance de perigo que resultou no quarto gol do Real, Nacho ganhou no pé de ferro, tocou para Benzema que achou Bale em boa posição, o Gales driblou o marcador ao modo de futebol de salão e bateu colocado sem chances para Lopes.

Aos 36 minutos o Espanyol voltou a diminuir o placar, Rosales foi lançado saiu de frente com Courtois e não perdeu a chance, o juiz da partida anulou o gol alegando impedimento, mas o VAR foi acionado e revelou que Marcelo dava condições ao atleta venezuelano. O gol não mudou muito o panorama da partida, o Real ainda sofreu a expulsão de Varane, mas conseguiu administrar a posse de bola e conter os rivais.



Girona 0 x 2 Barcelona

Fora de casa, Barça consegue mais uma vitória e segue em vantagem

Reuters

Com uma disputa de apenas 5 pontos o Barça entra sempre pressionado à não cometer erros contra seus adversários, o time catalão iniciou uma pressão logo nos primeiros minutos de jogo, não deixou o Girona ter posse de bola ou criar oportunidades ofensivas. Logo aos 9  minutos, a defesa do Girona se atrapalhou e a bola sobrou para o lateral Semedo encher o pé no canto do goleiro adversário, esse foi o primeiro gol do jogador com a camisa do Barça.

Com o gol, houve um recuo natural do Barça e o Girona estava apostando na bola cruzada e nas cobranças de bola parada, Stuani principal destaque da equipe tentou, mas parou em Ter Stegen, os catalães contaram ainda com a falta de pontaria do setor ofensivo adversário que desperdiçou varias chances ate o fim da primeira etapa.

Reuters

No segundo tempo o Barça teve a vida facilitada, logo aos 6 minutos Espinosa recebeu seu segundo cartão amarelo e foi expulso de campo. Aproveitando os espaços cedidos pelo Girona os catalães iniciaram bola jogada com Alba que achou belo corredor e jogou para Messi que dominou, pensou e  em um belo toque encobriu o goleiro Bounou, arrancando aplausos da torcida adversária e registrando mais um magnifico gol aos 23 minutos de jogo.

Com a partida morta, os donos da casa pouco conseguiram criar, a falta de um jogador limitou o time a ficar na defensiva, o Barça por sua vez se poupou e conseguiu mais um excelente resultado na busca por mais um título.


Outros Resultados e Próximos Jogos


Fonte: FcTables.com


Classificação



Tabela:FcTables.com





Se inscreva em nosso canal no YouTube (clique AQUI) , e acompanhe nossos conteúdos. 


Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas



Nenhum comentário