Banner 1

JC Agora

Verso Jovem #3 - Ainda te amo

Olá pessoal! Estamos de volta com o Verso Jovem, e dessa vez é a hora dos românticos! Ah o amor, um dos sentimentos mais puros de todos; que assume várias formas, vários enredos; e que pode mudar drasticamente a vida de um ser humano.

Não se pode generalizar a questão do amor. Cada qual terá sua própria história, deu destino construído dia após dia. Não há uma fórmula, muito menos uma maneira única de interpretar e aplicar os conhecimentos adquiridos através de experiências amorosas. Por isso, o objetivo do texto de hoje é apenas levar você, caro leitor, a tratar com maior carinho e atenção esse tipo de acontecimento na sua vida. Amar é importante, nos traz muitas e muitas lições, e quem sabe, pode ser também a morada da tão sonhada felicidade.



Primeiro de tudo, é importante citar que qualquer ser ou até mesmo objeto pode despertar um sentimento amoroso. Algo tão subjetivo como o amor não aceita nenhum tipo de rótulo, então é importante você desapegar da ideia de que animais, clubes de futebol ou até mesmo filmes/séries não podem ocupar um espaço especial no coração (e na mente) do ser humano. Subjetividade aqui é a palavra-chave.

A partir do momento que foi definida a pessoa, ser vivo ou qualquer outra coisa que lhe traz um sentimento de amor, é importante refletir sobre, especialmente com o passar do tempo. Esse sentimento naturalmente ocupará a maior parte do seu dia e pode até tirar o foco por alguns momentos, mas ele não pode começar a despertar coisas negativas, como a sensação de dependência e insuficiência. A partir dessa situação, começaremos a ter um relacionamento tóxico, que pode ser muito perigoso, especialmente para o lado mais fraco psicologicamente.

Dito isso, gostaria de deixar apenas algumas linhas sobre o amor entre duas pessoas, situação que inspirou o poema escrito abaixo. Muitas vezes, as coisas não saem como o planejado: falta de reciprocidade e traições são alguns dos problemas mais comuns envolvendo situações amorosas. Porém, quando tudo der errado, é importante colocar a racionalidade em evidência e tentar analisar a situação de maneira mais fria.

Todas as vivências da vida são capazes de ensinar algo para qualquer pessoa, seja como um exemplo a ser seguido ou uma atitude a ser evitada. Certamente, a sua experiência vai deixar um legado importante para o resto dos seus dias. A tristeza inicial, que é inevitável, pode ser descontada em coisas produtivas (como a "raiva que motiva") ou ainda transformada em inspiração, como muitos artistas mundo a fora costumam fazer.

Mantenha-se vivo! As tristezas da vida são levadas com o tempo, e mesmo que não acredite, você terá outra chance de ser feliz. Fiquem com o poema:

Ainda te amo

Domingo à noite;
A natureza toda dorme,
Menos o poeta.
Sua mente, inquieta
Ainda processa seu dia.
Enquanto o coração
Pensa nos sonhos da vida.

Ela me disse que quer se afastar.
Mas por quê?
Eu não lembro de tê-la magoado,
Nunca fui mal educado,
E agora ela me trata assim,
Como qualquer inútil capim.

Mas será que é só culpa de quem eu penso? ...
Maldito!! Deixa ela viver a vida no seu tempo!

Tu não a mereces!
E talvez,
Nem eu a mereça...
Mas isso é ela quem vai dizer!

Moça,
Que eu descrevo a cada verso,
Que habita meu encantado castelo,
E que protagoniza
Meu mais doce sonho belo:
Olha nos meus olhos,
Me diz só a verdade.
Me conta o motivo
De eu perder contigo
A mais pura liberdade.

E moça,
Não me desvia o olhar.
Eu acho que tu ainda sabe,
Mas eu não canso de afirmar:
Tu pode me tratar como estranho,
Por uma noite ou 30 anos,
Mas teu cabelo cacheado,
Teu sorriso escancarado,
Vai sempre me lembrar
Do quanto ainda te amo!

Nenhum comentário