Banner 1

JC Agora

Premier League - Resumão da 18ª Rodada

Bem-vindos a mais um Resumão da Rodada da Premier League, aqui no Jovens Cronistas, para repercutir a 18ª rodada da competição. Na sexta-feira (21), o Liverpool visitou o Wolves e venceu por 2 a 0, confirmando sua liderança na competição. No sábado (22), o Arsenal venceu o Burnley por 3 a 1 e chegou aos 37 pontos, com pontuação de G-4, mas está na 5ª colocação.

Dos times do G-4, tivemos dois tropeços, dos donos da casa. No primeiro deles, o Chelsea foi derrotado pelo Leicester, por 1 a 0 e no segundo jogo, o Manchester City, acabou derrotado pelo Crystal Palace, por 3 a 2. Também no sábado (21) tivemos a goleada do Manchester United, por 5 a 1, sobre o Cardiff, no País de Gales, na estreia de Ole Gunnar Solskjaer no comando da equipe. No fechamento da rodada no domingo (23), o Everton acabou goleado pelo Tottenham, por 6 a 2. 


Na abertura da rodada na sexta-feira (21), o líder Liverpool confirmou seu bom momento na liderança e venceu fora de casa o Wolves, por 2 a 0. Aos 18 minutos, Fabinho tabelou com Mané pela direita e fez cruzamento rasteiro da linha de fundo para Salah, que chutou para marcar o 1 a 0.

No segundo tempo, aos 23 minutos, Salah fez lançamento da direita, para área e van Dijk se antecipou para desviar e chutar para marcar o 2 a 0 para os Reds. Com a vitória o Liverpool chegou aos 48 pontos, segue invicto e abriu 4 pontos para Manchester City, sagrando-se assim, simbolicamente, como campeão do 1º turno da Premier League. O Wolves com a derrota permanece com 25 pontos e é o 10º colocado.


No sábado (22), jogando no Emirates Stadium, o Arsenal derrotou o Burnley pelo placar de 3 a 1 e assim chega a pontuação de G-4, ficando na 5ª colocação, apenas pelos critérios de desempate. Aos 14 minutos, após boa troca de passes, Ozil deu passe na esquerda para Kolasinac que cruzou rasteiro da linha de fundo para Aubameyang, que chutou marcando o 1 a 0.

No segundo tempo, aos três minutos, Kolasinac puxou contra-ataque pela esquerda, tocou no meio para Lacazette que da entrada da área, tocou na direita para Aubameyang, que dentro da área, chutou forte, marcando o 2 a 0. Aos 18, após confusão na área do Arsenal, Xhaka tentou afastar a bola, que bateu em Long e sobrou na direita para Barnes que chutou no canto esquerdo, marcando o gol do Burnley. Aos 46, Oziol fez grande jogada pelo meio, invadiu a área, chutou, a bola desviou em Tarkowski e sobrou para Iwobi, marcar o terceiro gol do Arsenal.


O Chelsea foi surpreendido em Stamford Bridge e acabou derrotado pelo Leicester, pelo placar de 1 a 0. O único gol da partida, ocorreu no segundo tempo, aos seis minutos, quando Ricardo Pereira puxou contra-ataque, tocou no meio para Maddison, que deu grande passe, também pelo meio para Vardy, que invadiu a área e chutou forte, para marcar o gol do Leicester.

Com o resultado, o Leicester chegou aos 25 pontos e é o 9º colocado, O Chelsea com a derrota, permanece com 37 pontos, na 4ª colocação. Agora tendo a mesma piontuação do 5º colocado, o Arsenal e cinco pontos do 3º colocado, o Tottenham.


No Etihad Stadium, o vice-líder Manchester City, acabou sendo surpreendido pelo Crystal Palace e foi derrotado pelo placar de 3 a 2. Aos 27 minutos, Delph fez cruzamento da esquerda e Gundogan cabeceou, marcando o 1 a 0. Aos 33, McArthur tocou no meio para Schlupp, que avançou em direção a esquerda, invadiu a área e chutou cruzado, empatando a partida. Aos 35, após cobrança de falta, Bernardo Silva afastou a bola da área de cabeça e Townsend pegou a sobra, acertando um lindo chute, de primeira, da intermediária, para virar a partida para o Crystal Palace.

No segundo tempo, aos seis minutos, Walker derrubou Meyer na área e foi marcada a penalidade. Milivojevic foi para a cobrança e chutou no canto direito, marcando o 3 a 1 para o Crystal Palace. Aos 40, em jogada pela direita, Bernardo Silva tocou para De Bruyne, que tentou cruzamento para área, mas acabou encobrindo o goleiro, diminuindo o placar para 3 a 2, fechando o placar.


No País de Gales, vimos o Cardiff receber o Manchester United e ser goleado pelo placar de 5 a 1, mostrando que o elenco do United, mudou sua forma de jogar, no comando de Ole Gunnar Solskjaer. Logo aos três minutos, Rashford em cobrança de falta, chutou no canto direito, marcando o 1 a 0. Aos 29, Pogba tocou no meio para Herrera que chutou da intermediária, a bola desviou em Cunningham e encobriu o goleiro, chegando o United aos 2 a 0.

Aos 38 minutos, após cobrança de lateral para a área, Rashford foi tentar sair jogando e colocou a mão na bola, sendo marcada a penalidade. Camarasa foi para a cobrança e chutou no alto, no canto esquerdo, marcando o gol do Cardiff. Aos 41, após boa troca de passes de primeira, Pogba tocou para Lingard, que tocou para Martial, de dentro da área, chutar cruzado e marcar o 3 a 1.

No segundo tempo, aos 12 minutos, Lingard fez grande jogada e foi derrubado por Bamba, dentro da área, sendo marcada a penalidade. Para a cobrança, o próprio Lingard foi para a bola e chutou no canto direito, ampliando para 4 a 1. Aos 45, Pogba tocou em profundidade pelo meio para Lingard, que invadiu a área, driblou Etheridge e chutou para fechar o placar para o Manchester United, em 5 a 1.


No fechamento da rodada, neste domingo (23), tivemos um festival de gols, no Goodison Park, em Liverpool, onde o Everton acabou sendo goleado. de virada, pelo Tottenham, o 3º colocado, por 6 a 2. Aos 21 minutos, Sigurdsson tocou na esquerda para Calvert-Lewin que foi a linha de fundo e cruzou rasteiro para Walcott, que chutou marcando o 1 a 0.

Aos 27 minutos, Kane tentou lançamento para o ataque, a defesa do Everton se atrapalhou com Zouma e Pickford que trombaram e a bola sobrou livre para Son, que avançou pela direita e chutou para empatar a partida. Aos 35, Sissoko abriu na esquerda para Son, que chutou cruzado, Pickford espalmou e no rebote, Dele Alli chutou rasteiro, virando a partida. Aos 42, Trippier em cobrança de falta, mandou a bola na trave, que sobrou para Kane chutar e marcar o 3 a 1, de dentro da área.

No segundo tempo, aos três minutos, Kane fez cruzamento da direita, Coleman afastou de cabeça e Eriksen, pegou a sobra e chutou de primeira, para ampliar para 4 a 1. Aos seis, Richarlison recebeu a bola na esquerda cotrou para o meio e tocou para Sigurdsson, que invadiu a área, cortou para direita e chutou cruzado, marcando para o Everton, 4 a 2.

Aos 16 minutos em contra-ataque pelo meio, Lamela tocou para Son, que em posição duvidosa, invadiu a área e chutou para ampliar para os Spurs, em 5 a 2. Aos 29, Son fez cruzamento rasteiro da esquerda e Kane chutou de dentro da área para fechar o placar em um sonoro 6 a 2 para o Tottenham.

Observação: Todas as imagens são oriundas do site da Premier League.

     Resultados          Próxima Rodada
 

Classificação

Nenhum comentário