Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor CORINTHIANS - Diferença escancarada


Amigos e Nação Corinthiana! Estamos juntos para comentar o último jogo do Corinthians na temporada, um duelo ante o Grêmio, que estava motivado pela vontade de garantir a vaga direta na Libertadores do próximo ano, bem como pela renovação de seu comandante e principais jogadores. E foi justamente a qualidade dos jogadores que ficou evidente no resultado de derrota por 1 x 0, o time gaúcho poderia ter construído uma grande vitória na etapa inicial, no segundo tempo o time melhorou e equilibrou um pouco a posse e as ações ofensivas, mas ainda assim não conseguiu evitar a derrota.


Um primeiro tempo onde o Grêmio jogou o tempo inteiro dentro do campo do Corinthians. O gol saiu cedo, logo aos 11 minutos em uma jogada trabalhada até o cruzamento, que após a bola travada pela defesa, Jael completou pro gol. Depois do gol o time sulista seguiu em cima, grande jogada de Everton parou na bola travada pela defesa, várias jogadas de efeito dos adversários e um Corinthians que simplesmente não conseguia sair da defesa, encurralado, não conseguindo trocar quaisquer passes, não conseguindo contragolpear.

Na etapa final o time voltou melhor, chegou ao ataque e teve uma chance com Romero, depois o juiz quase faz uma lambança dando o segundo cartão erradamente a Henrique, mas se corrigiu e puniu Léo Santos, que cometeu sim falta para cartão, mas não em chance manifesta de gol, ou seja, realmente em ele sendo o autor da falta, era mesmo para amarelo. Depois disso Danilo entrou para sua discreta despedida, o Corinthians tentou uma pressãozinha no final, sem qualquer efeito. Ao menos a etapa final conseguiu diminuir a péssima impressão do primeiro tempo, porém longe ainda de ser uma atuação digna de Corinthians.


É isso, a etapa inicial foi sofrível de ver, um time encurralado, lutando pra não sofrer gols e os adversários indo pra cima com naturalidade, até fazendo lances de efeito, pareciam equipes de divisões diferentes. Na etapa final sim, o time conseguiu equilibrar as ações, o Grêmio recuou, inicialmente assustou nos contragolpes, mas depois o jogo se estabilizou, principalmente depois que a Chape abriu o placar ante o São Paulo, era o que bastava pro jogo ficar morno. O time tem sérias limitações, não dá pra pedir muito mais que isso e quando a fase é horrorosa, se vai uma coisa muito importante no futebol que é a CONFIANÇA. Com confiança se cresce um nível, o ruim fica regular, o regular bom, o bom ótimo. Quando isso se perdeu, o time entrou numa espiral negativa e com Ventura amargou nove derrotas, seis empates e apenas quatro vitórias, claro que não é só dele a responsabilidade, é de todo um conjunto e em primeiro lugar de Andrés Sánchez, mas isso não muda o fato de que ninguém além dele mesmo quer a sequência desse trabalho. É natural que queira ficar, como na quase humilhante coletiva pós-jogo pedindo pra "analisarem as circunstâncias", mesmo em meio a uma investida do clube por Carille. Ou seja, no fundo ele sabe que vai cair, apenas quer cair de pé, faz bem.

As informações que chegam (inclusive da imprensa Saudita) dão conta de que realmente falta apenas o pagamento da multa rescisória da comissão técnica ao Al-Wehda para o retorno de Carille. Podem ficar com raiva do que vou dizer, mas com essa gestão que aí está, se falta PAGAR, falta muito. Vamos aguardar. Talvez no nosso próximo texto, avaliando toda a temporada do time, já tenhamos uma definição, ao menos da não-continuidade do trabalho de Jair Ventura, a quem desejo sucesso na carreira. O Corinthians sempre deixa saudade num final de temporada, mas este hiato se fazia mais do que necessário.



Atualização: Foi confirmado no início da tarde desta segunda (3) a demissão de Jair Ventura, o que era inevitável, é um profissional que fez um grande trabalho no Botafogo, mas não teve sucesso no Santos e aqui no Corinthians. Sem rancores, desejamos que possa reavaliar sua carreira e seus métodos e que em breve possamos enfrentá-lo em outra equipe, é uma boa pessoa, que muitas vezes por medo de passar insegurança, passou arrogância, que corrija isso e siga a carreira com alegrias, menos contra nós, é claro.




Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas e se inscreva em nosso canal no Youtube: TV Jovens Cronistas



Foto: Ag. Estado. 


Nenhum comentário