Banner 1

JC Agora

Liga Espanhola - Resumão da rodada 13

Olá amigos voltamos ao campeonato espanhol que agora tem um novo líder, trata-se do Sevilla que aproveitou os empates truncados entre Barça e Atlético para ficar na liderança até a próxima rodada, longe da disputa seguimos com o drama do Real que perdeu mais um jogo de forma vexatória. 


Atlético de Madrid 1 x 1  Barcelona


Barcelona arranca empate nos acréscimos em jogo truncado

O Atlético fez uma bela festa em Madrid na abertura do jogo, todas as energias positivas eram para tentar quebrar um jejum que já dura oito anos sem vencer o time catalão no estádio colchonero, no campo o jogo não correspondia ao espetáculo das arquibancadas, um primeiro tempo chato com o Atlético somente se protegendo e marcando o Barça de perto, já pelo lado dos catalães pouca criatividade, mesmo com Messi em campo os passes estavam sem objetividade, ninguém arriscou a jogada individual e o primeiro tempo terminou no 0x0.

Reuters

O segundo tempo começou com Valverde tendo uma baixa, Sergi Roberto saiu sentindo a coxa e Rafinha entrou em campo, o panorama não mudou muito os primeiros dez minutos continuou burocráticos, a primeira chance real de gol surgiu por parte do Atlético, Griezmann fez bela jogada pela ponta, invadiu a área e cruzou para Diego Costa ser travado no momento do chute, aos 29 minutos após cruzamento a bola resvalou na mão de Vidal o juiz consultou o VAR e optou por não marcar o pênalti.

No lance seguinte saiu o primeiro gol do jogo, os colchoneros melhoraram no jogo após bom cruzamento rasante de Griezmann na segunda trave, Ter Stegen ficou no meio do caminho  e Diego Costa apareceu imponente para testar a bola para o fundo do gol aos 30 minutos. O Barcelona fez mais uma alteração o polêmico Démbéle entrou e ajudou o time crescer, a chance de gol apareceu aos 45 minutos após magistral jogada de Messi que escondeu a bola dos adversários o argentino virou o jogo para Démbéle , que foi frio e bateu na saída de Oblak para empate no final do jogo.

Reuters

O tropeço prejudicou as duas equipes que foram ultrapassadas pelo o Sevilla, mas foi um resultado justo para a representatividade do jogo, os erros ou melhor as deficiências dos times foi o que justificou o resultado, Atlético e Barça focam agora nos jogos de Champions League no meio de semana.

Eibar 3 x 0 Real Madrid


Fora de casa os merengues fazem jogo irreconhecível e sofrem goleada

Reuters
O modesto EIbar se aproveitou da desorganização e da apatia do Real para fazer jogo inesquecível, desde o primeiro minuto o time da casa pressionou, logo aos 2 minutos já acertou o travessão e continuou envolvendo os merengues que estavam perdidos e inoperantes, aos 15 minutos os donos da casa foram recompensados, Cucurella fez bom cruzamento, Kike cabeceou e Courtois salvou, no rebote Ceballos chutou em cima de Escalante que abriu o placar.

Em vez de se retrancar o Eibar partiu para a pressão tentando definir logo o jogo, a marcação alta impediu também que o Real fizesse algo interessante no jogo, Kross muito mal na partida errou diversos passes, a pressão não trouxe o gol mas deixou os merengues com uma baita dor de cabeça para o intervalo.

A segunda etapa foi um show de horror ao Real que voltou desorganizado, Solari pouco conseguiu fazer para conter o marasmo que dominou o time, logo aos 7 minutos Odriozola saiu jogando errado nos pés de Sergi Enrich que com categoria venceu Courtois e ampliou o placar, o Eibar matou o jogo com Kike aos 12 minutos, o jogo seguiu morno até o apito final do juiz.

Reuters

A derrota estacionou o time merengue na sexta posição, a tabela neste momento é o menos importante, pois é incompreensível a forma com que Kross, Modric e Bale entram em campo, apáticos e desanimados, infelizmente o banco não é a solução, pois não tem reservas do mesmo nível mas cabe a diretoria sair um pouco da zona de conforto e ir saber a insatisfação das principais referências técnicas do time.

Sevilla 1 x 0 Valladolid


Em casa, Sevilla vence mais uma e se torna o novo líder. 

AFP

O empate entre Atlético e Barcelona abriu espaço para que o Sevilla tomasse a dianteira do campeonato, sabendo do resultado o time entrou em campo com muito empenho, controlou a posse de bola e criou diversas chances de abrir o marcador, era questão de tempo e capricho para abrir o marcador, após linda jogada de Sarabia aos 30 minutos a bola foi cruzada ao português André Silva que testou firme para abrir o marcador e fazer a torcida explodir de alegria e levou a vitória parcial da primeira etapa.

A segunda etapa começou com o Sevilla mais recuado e o Valladolid tomando conta do campo e dificultou o jogo para os donos da casa, Unal chegou até a marcar o gol de empate em um belo voleio porém com a ajuda do VAR o juiz anulou o gol alegando impedimento de um atacante do Valladolid, mesmo que o jogador não tenha esboçado participar do lance, o VAR entendeu que a ação do jogador de posicionar-se a frente da trajetória da bola atrapalhou a visão do goleiro Vaclik, alias o goleiro passou a ser o grande destaque do jogo, inclusive defendendo mais um chute forte de Unal aos 47 minutos e garantindo os três pontos que deram a liderança ao time.

A primeira colocação do Sevilla é merecida, pois o time se manteve em constante evolução e se tornou o time mais regular do campeonato, vencendo as equipes mais frágeis e dando trabalho aos grandes times, é importante que a equipe foque nessa reta final de primeiro turno aproveitando as oscilações dos rivais e tente abrir o maior número de pontos possíveis até a parada de inverno.


Outros Resultados e jogos da próxima rodada


Fonte: FcTables.com


Classificação



Tabela: FcTables.com




Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas e se inscreva em nosso canal no Youtube: TV Jovens Cronistas




Nenhum comentário