Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor PALMEIRAS - Na Tranquilidade

Palmeiras divulgação
Salve, palestrinos, torcedores do maior campeão nacional, vamos repercutir a vitória do Palmeiras ante o Colo Colo-CHI em partida válida pelo segundo jogo das quartas de final da Libertadores 2018. Palmeiras que entrou em campo com a vantagem de 2x0 no placar agregado e, ao contrário da partida ante o Cerro Porteño-PAR, não tomou sufoco e garantiu a vaga nas semifinais com certa tranquilidade. Vamos ao jogo!

Palmeiras foi a campo com Weverton, Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena, Victor Luis, Thiago Santos, Bruno Henrique, Moisés, Dudu, Willian e Borja. Para falar a verdade foi difícil arranjar algum bom lance para comentar do primeiro tempo. Um jogo bem morno por sinal. Talvez uma boa jogada de Willian na ponta esquerda, com direito a lençol na marcação, mas o passe final acabou parando em Zaldivia. Minutos mais tarde, Borja recebeu cruzamento e testou a bola por cima do gol defendido por Orión. Mas o brilho na primeira etapa coube a Dudu. O camisa 7 do Palmeiras recebeu na intermediária, trouxe para dentro, puxou para a canhota e soltou a bomba no alto do goleiro, indefensável. Palmeiras 1x0. Em cobrança de falta, o Colo Colo exigiu boa defesa de Weverton só para o roupeiro ter trabalho de lavar o uniforme de goleiros.

Na segunda etapa, o jogo que já estava tranquilo, numa calmaria na primeira etapa, continuou nessa calmaria. O Palmeiras tocava a bola e o Colo Colo tentava algumas investidas. Contudo, a equipe chilena era muito limitada tecnicamente e não conseguia impor algum sufoco ao verdão dentro de sua casa. Para melhorar o jogo só com mais gol mesmo! Dudu carregou a bola pela ponta esquerda do campo, foi puxado dentro da área e o árbitro Wilmar Roldán assinalou pênalti. Borja cobrou forte, alto, no canto do goleiro para fazer 2x0 e liquidar a fatura. Felipão fez algumas alterações como Hyoran no lugar de Dudu e Deyverson no lugar de Borja. Os dois jogadores tentaram uma jogada ou outra no ataque, mas sem sucesso; Hyoran chutou para fora e Deyverson acabou sendo atrapalhado por Willian na conclusão. Bigode que no final deu espaço para Jean e pouco foi acrescentado ao time. Fim de papo.

Não tem o que criticar. Não é para ser levado como elogio, mas parece que o Palmeiras aprendeu com a partida diante do Cerro. Não tomou nenhum sufoco desnecessário, não se precipitou, soube valorizar a vantagem no placar agregado e ainda aumentou. Não precisou se desgastar como foi na partida das oitavas de final. Fato que o Palmeiras não vencia um jogo de volta no mata mata dentro do Allianz Parque desde o jogo contra o Novorizontino pelo Paulistão (venceu o Bahia em casa, mas o jogo foi no Pacaembu). Weverton praticamente não teve que fazer nenhuma defesa, a única bola que chegou, estava bem colocado para espalmar para fora. Defesa mal foi exigida. De maneira geral, Dudu apareceu bem na frente e foi decisivo: um belo gol e um pênalti sofrido. Agora é semifinal contra Boca Juniors ou Cruzeiro. Vem chumbo grosso por aí.

Mas antes de tudo, tem uma "decisão" pelo Brasileirão no sábado. São Paulo x Palmeiras no Morumbi, valendo a liderança do campeonato. É vencer ou vencer! Quem terá que seguir o líder? Não sei! Só sei que vocês podem seguir é o Jovens Cronistas no Instagram! Vão lá na rede social Instagram e sigam @jcronistas para continuarem ligados no nosso conteúdo!

Nenhum comentário