Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor PALMEIRAS - Empate jogando mal


Salve, palestrinos, torcedores do maior campeão nacional, vamos repercutir o empate entre Bahia 1x1 Palmeiras em jogo válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018. Jogo realizado no belo estádio da Arena Fonte Nova, em Salvador, Palmeiras que contou com alguns desfalques, entre eles, o comandante Felipão não pôde permanecer na beira do gramado devido à expulsão domingo passado. Fato é que o Palmeiras empatou, mas não descolou no grupo de cima (falta ainda o jogo do Internacional).

Palmeiras foi a campo comandado por Paulo Turra assim: Weverton, Marcos Rocha, Luan, Gomez, Victor Luis, Felipe Melo, Bruno Henrique, Lucas Lima, Jean, Hyoran e Borja. O Bahia começou melhor a partida exigindo boa defesa de Weverton; Zé Rafael cobrou escanteio e a bola sobrou para o atacante chutar e o goleiro alviverde fazer bela defesa. Não tardou para o tricolor baiano abrir o placar: Ramires cortou a marcação de Felipe Melo e rolou para Gilberto abrir o placar e explodir a Arena Fonte Nova. Palmeiras ainda recebeu uma baixa quando Luan saiu sentindo lesão e deu lugar a Antônio Carlos, forçando o Turra a fazer uma alteração "6 por meia dúzia". O Palmeiras queria o gol de empate na primeira etapa e ele quase veio em uma boa jogada de Marcos Rocha, caneta em Zé Rafael, mas a bola foi parar na cabeça de Borja que mandou a redondinha lá na Ilha de Itaparica. Uma verdadeira isolada de cabeça.

Na segunda etapa, o Palmeiras voltou igual, visto que já havia gasto uma substituição. E o jogo seguiu horroroso na segunda etapa até Turra promover a troca entre Hyoran e Willian, e outra troca entre Bruno Henrique e Dudu. Fato que a tentativa era de dar mais mobilidade à equipe ou ao menos melhorar um nível técnico horroroso que vinha sendo desempenhado. O jogo do Palmeiras evoluiu de ruim para razoável e foi o suficiente para buscar o gol de empate com Felipe Melo de cabeça, evitando o que seria a derrota alviverde. Depois do gol de empate, o Bahia tentou investir para fazer o segundo gol, principalmente com Zé Rafael, mas o jogador não obteve sucesso e parou na marcação alviverde. Por outro lado, o Palmeiras tentou chegar (também sem sucesso) em bolas paradas. Fim de papo.

Palmeiras desfalcado, sem técnico na beira do campo, mas não é desculpa para jogar tão mal quanto foi. Victor Luis, Hyoran, Jean e Lucas Lima pareciam que tinham almoçado 20 acarajés, 4 moquecas, etc., porque estavam andando em campo, parecendo que tinham uma bigorna nas costas. Pior ainda Victor e Hyoran. O lateral parece que esqueceu-se de como joga bem, pois não lembro quando foi a última boa exibição dele. Lateral que tem medo de ir para a linha de fundo. Lateral que tem medo de dar passe para frente! Ou passa para o lado ou para trás! Hyoran é outro que, tirando o jogo diante da Chapecoense, não vem jogando nada! Um verdadeiro cemitério de jogadas, muito mal hoje. Lucas e Jean poderiam contribuir mais, inclusive o camisa 20, se quer jogar no "time das copas". Lamento pela perda do Luan lesionado, mas que bom que ao menos saiu o gol do empate. Felipe Melo depois da "bronca" vem melhorando e ajudando o time com seu futebol, que é o que tem de melhor mesmo. Com o empate no clássico Santos x São Paulo, o empate na Bahia não foi de todo ruim. Mas para esse resultado ser confirmado como bom, é preciso que o Internacional não vença a Chapecoense em Chapecó-SC e dispare na liderança.

Agora o foco do Palmeiras é na quinta feira diante do Colo Colo do Chile. Jogo em que reencontraremos dois ex jogadores nossos: Valdivia e Barrios. É bom o time ter a cabeça no lugar se quiser seguir firme na competição continental. O caldo só tende a engrossar até o final do ano.

Nenhum comentário