Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor VASCO – E Agora "Zé"?



Pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco recebeu o Botafogo em São Januário e perdeu o clássico para o alvinegro gerando a demissão do técnico Zé Ricardo.

A partida começou com o Botafogo abrindo o placar aos três minutos. O Gigante da Colina correu atrás do empate com Pikachu batendo da entrada da área com muito perigo. Minutos depois, Pikachu voltou a ameaçar a defesa do Botafogo em uma boa jogada individual, mas Jefferson ficou com a bola. Mesmo com o Vasco tentando o empate, quem fez o gol foi o Botafogo aos 35 minutos, ampliando o placar para 2 a 0.

No segundo tempo, o Vasco voltou com Ramon no lugar de Fabrício. Voltando melhor, chegou na área alvinegra nos primeiros minutos. Primeiro com Ramon e depois com Giovanni Augusto batendo de rasteiro para a defesa de Jefferson. Aos cinco minutos, Pikachu obrigou o Jefferson a desviar para escanteio.  Depois de muito pressionar, o Vasco diminuiu aos oito minutos com Andrey recebendo na intermediária e chutando fora da área, o goleiro Jéfferson até tentou a defesa, mas a bola foi para o fundo da rede. Aos 13, o Vasco continuou pressionando, com Ramon levando para a linha de fundo e cruzando rasteiro, preocupando a defesa do Botafogo e aos 23 minutos quase empatou quando Pikachu subiu em velocidade levando para a linha de fundo e cruzando para o argentino Rios, que finalizou por cima do gol. Apesar da pressão, o Vasco não conseguiu o empate e perdeu mais uma partida dentro de casa.

Após a derrota no clássico contra o Botafogo, o técnico Zé Ricardo pediu demissão e não é mais técnico do Vasco. Em quase dez meses pelo Gigante da Colina foram 50 jogos, com 22 vitórias, 13 empates e 15 derrotas, com o aproveitamento de 52,7%.

Nesse tempo, Zé Ricardo colocou o Vasco na Libertadores após seis anos, mas o time não melhorou e foi perdendo qualidade nessa temporada e apesar de ser quase unânime entre os torcedores, a saída dele era eminente e não tinha mais o que fazer com o elenco limitado do Vasco, onde com a diretoria fraca, não pode dar um time competitivo para a competição sulamericana, onde foi eliminado na primeira fase.

Agora é preciso pensar no próximo nome para assumir o Gigante da Colina. Mais uma vez Luxemburgo é especulado, mas espero que o próximo técnico tenha identidade com o Vasco e saiba lidar com um elenco limitado e sendo anunciado em breve terá um mês para colocar a sua filosofia, enquanto isso, Valdir fica nos três jogos até a copa e se tiver uma mudança relevante, pode até ser efetivado e, além disso, tem identidade com o Vasco onde é ídolo. Um nome que me interessa é do Ricardo Gomes, onde foi campeão no Vasco pela Copa do Brasil em 2011.

Enquanto não temos um nome a vista, teremos o Cruzeiro na próxima rodada e que nos resta é torcer que o Vasco mude sua postura agora, vá ao mercado e contrate bons jogadores para o seguimento do brasileiro e da Copa Sul-Americana onde conhecerá o seu adversário nesta segunda-feira (4/6).



*José Nunes (@JoNunesOficial) é colunista do site Esportes Mais. Escritor, graduado em história. Ama futebol, tênis e um bom papo de botequim.

Nenhum comentário