Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor PALMEIRAS - Engolidos


Caros palestrinos, torcedores do maior campeão nacional, vamos repercutir a derrota diante do Corinthians pelo Campeonato Brasileiro de 2018. Jogo válido pela quinta rodada, mas que fez o palmeirense passar muita raiva. Não pela derrota em si. É que mais uma vez, o Palmeiras assistia o time adversário em campo. Palmeirenses tinham a bola e não podiam sequer respirar, pois já havia jogadores do Corinthians "mordendo". O contrário não foi feito. Esse detalhe foi crucial, ainda mais no lance de gol do Corinthians. Vamos ao jogo.

Palmeiras foi a campo com Jailson, Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena, Diogo Barbosa, Thiago Santos, Bruno Henrique, Lucas Lima, Dudu, Keno e Borja. E o jogo começou bem morno. Sem chances para nenhum dos lados até que Maycon acertou bom chute de fora que passou rente à trave de Jailson. O jogo na verdade começou a ser desenhado a partir do minuto 34 de jogo quando Thiago Santos recebeu (em posição irregular) bola de Keno, na cara de Cássio mas mandou na trave direita do goleiro. No contra ataque, a bola caiu para Pedrinho que passou como quis sobre Bruno Henrique e Thiago Santos, achou Maycon na esquerda que rolou a bola para Rodriguinho fazer o gol. Desde então, o Palmeiras simplesmente não fez absolutamente mais nada na primeira etapa e tinha o intervalo para tentar mudar algo.

Na verdade o jogo mudou na segunda etapa. O jogo que estava pouco produtivo na primeira metade, passou a ser produtivo na segunda: para o Corinthians. Pedrinho e Rodriguinho foram exigentes ao goleiro Jailson que fez duas excelentes intervenções. Roger tentou uma cartada: sacou Lucas Lima para a entrada de Guerra. Mas não deu em nada. Depois, tentou dar mais mobilidade ao meio de campo do Palmeiras ao colocar Tchê Tchê no lugar de Thiago Santos. Não deu em nada. A última tentativa foi a entrada de Willian no lugar de Borja, mas a única grande oportunidade verde foi uma cabeçada de Antônio Carlos na trave de Cássio, mas muito pouco para um time que buscava sair de campo com ao menos um ponto. Fim de papo.

O jogo não teve lá grandes lances. Mas o Palmeiras pecou mais uma vez. A jogada do gol corintiano diz muita coisa quando dois jogadores do alviverde não conseguem e ao menos nem tentam parar Pedrinho na jogada. Algo que o Corinthians fez e muito para que o Palmeiras não saísse em velocidade. Isto é, o Corinthians entendeu como o Palmeiras vinha saindo, jogando, etc. O mesmo não pode ser dito do Palmeiras. Roger Machado demorou muito a mexer, praticamente esperou 20 minutos da segunda etapa para tentar dar alguma vida ao meio campo morto do Palmeiras. Borja não encostou na bola durante o segundo tempo enquanto esteve em campo. Pra que esperar os 30 minutos para colocar o Willian? Outro aspecto negativo de Roger foi o time insistir demais em atacar com o Keno, sendo que o ponto "fraco" do Corinthians estava no lado direito da marcação com Mantuan e Dudu atacando com Diogo Barbosa! Ponto positivo do time? Jailson! Não fosse ele, seria muito pior. 

Próximas rodadas o Palmeiras tem uma boa chance de se recuperar: enfrenta o Junior Barranquilla-COL já classificado e a equipe do Bahia no Allianz Parque. Devido à combinação de resultados da quinta rodada, a distância do pelotão de cima continua baixa em termos de pontos, mas não podem entrar com menos vontade que o adversário em um clássico. Dessa vez, por favor, nada de encosto em arbitragem, etc. Hora de olhar para o próprio umbigo porque essa "moleza" que o Corinthians tem encontrado contra o Palmeiras não é só culpa de arbitragem.

Tá na hora de um banco?

Zimbio.com
Pessoal, agora um assunto com uma imagem meramente ilustrativa, mas que representa alguns pontos. Lucas Lima até agora não vem rendendo o esperado e tem travado um pouco a saída de bola do time do Palmeiras. Não seria no caso da próxima sequência, especialmente o jogo diante do Barranquilla, do Roger testar um novo meio campista? Hyoran está dando as caras (poderia ter entrado hoje), Guerra está a disposição.

Outro que não vem contribuindo muito na parte técnica pelas pontas é o Dudu. A crítica vai apenas para a parte técnica porque vontade ele tem mostrado de sobra. Suspenso após tomar o terceiro amarelo, é mais uma oportunidade para os jogadores reservas do Palmeiras entrarem em campo e tentarem mostrar serviço. Para a ponta esquerda, pode ter como opção o próprio Hyoran ou quem sabe Willian e Keno também. Mas tem que tentar. Se corresponder, é para ficar de olho.

O ponto final de mudança vai para o setor de ataque também, centroavante. Borja tem feito uns golzinhos aqui, ali, etc., mas vem perdendo muita oportunidade. Não tem oferecido preocupação ao sistema defensivo adversário e não me refiro apenas ao jogo de hoje. Willian quando entra costuma causar um verdadeiro alvoroço nas defesas adversárias, além de ter encontrado uma boa sequência de jogos fazendo gols. Além disso, é um jogador que vai bem em diversos setores ofensivos (ponta e centroavante). 

Além do bigode, o Palmeiras tem o Deyverson no banco. Não é um primor técnico, mas ele oferece jogadas alternativas como pivô e bola pelo alto - jogadas que têm sido nulas por parte do Palmeiras em 2018. Repito, não são craques, mas precisam ter uma oportunidade decente e o momento pode ser agora. Os indicados a serem "sacados" do time vêm em um mau momento não é de hoje.

Da última vez em que perdemos um clássico em Itaquera, Roger pegou os pontos fracos do verdão e melhorou o time. Agora, que faça o mesmo, pois o momento está bem propício para isso.


Nenhum comentário