Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor INTER - Em busca até o fim

Pessoal, mais um Papo de Torcedor Inter, aqui no Jovens Cronistas, para repercutir a vitória de virada do Internacional, diante do Corinthians, no estádio Beira-Rio, pelo placar de 2 a 1, na tarde deste domingo (27). Em um dia atípico, diante de todo o caos, em que nem transporte de ônibus tivemos na cidade de Porto Alegre, diante de um público de 30.791 torcedores, tivemos uma grande partida, pela 7ª rodada do Brasileirão.


O Inter foi a campo com Danilo Fernandes; Zeca, Rodrigo Moledo, Klaus e Iago (Nico López); Rodrigo Dourado, Edenilson, Patrick, William Pottker (Rossi), Lucca (Juan Alano) e Leandro Damião. O time foi a campo no 4-3-3, sem um meia de criação, atuando com três volantes e três atacantes.


Logo aos quatro minutos, Jadson fez lançamento na direita para Roger, que tocou para trás para Romero, que fez cruzamento para Mateus Vital que se antecipou a Klaus e chutou marcando o 1 a 0 para o Corinthians. No gol, para mim a grande falha do Iago, que primeiro, não estava no seu setor, para marcar Roger, o que fez com que Rodrigo Moledo, tivesse que deixar a área e depois ele marcou a distância Romero, permitindo que este cruzasse para o gol.


Aos oito minutos, Patrick fez cruzamento da esquerda e Damião cabeceou para fora. Aos nove, Rodrigou Dourado cabeceou para área, Damião aproveitou indecisão de Walter na disputa de bola e cabeceou encobrindo o goleiro e Henrique afastou a bola. Zaga do Corinthians afasta. Aos 11, Pottker ajeitou de cabeça para Edenilson que da entrada da área dominou e chutou para fora. Aos 21, Luca fez cruzamento e Damião cabeceou para o chão e a bola foi para fora. Aos 29, após troca de passes, Lucca recebeu na entrada da área e chutou colocado, a bola desviou na defesa do Corinthians e bateu na rede pelo lado de fora.


No segundo tempo, aos cinco minutos, Pottker fez cruzamento da direita e Damião cabeceou, para defesa de Walter. Aos 18, Lucca fez boa jogada pela esquerda e fez cruzamento para Leandro Damião, que livre de marcação, finalizou da linha da pequena área, para chutar e empatar a partida. Fico feliz pelo gol de Leandro Damião, que foi premiado por toda a sua luta em campo.


Aos 29, Júnior Dutra avançou pela direita e tocou no meio para Jadson, que chutou colocado de fora da área, para fora. Aos 32, Júnior Dutra fez cruzamento da direita, Mateus Vital cabeceou e Danilo Fernandes fez grande defesa. Aos 36, Zeca, fez cruzamento da direita, Nico López ganhou a disputa com a defesa do Corinthians e a bola sobrou para Rodrigo Moledo chutar e Walter fez grande defesa com o pé. Aos 40, Damião recebe a bola na área, e finalizou de bicicleta, para fora.


Aos 41 minutos, o Inter chegou a marcar, virando a partida, após Juan Alano chutar, Walter espalmar e Leandro Damião, mandar para o gol, mas foi marcado corretamente o impedimento. Aos 46, Zeca fez lançamento para o ataque, Mantuan dominou mal a bola, escorregou, Walter saiu do gol e a bola acabou sobrando para Rossi, que com o gol a disposição, chutou para dar a vitória ao Internacional, que lutou pela vitória até o final da partida.


Odair Hellmann pensou bem a partida, foi surpreendido por um gol no início da partida, mas mostrou coragem ao jogar o time ao ataque e buscar incessantemente a vitória, no segundo tempo. Tirou Iago que era o furo do time, colocou Juan Alano, para termos um meia de articulação em campo e trocou as peças do ataque, entrando Nico López e Rossi, que deram novo gás ao ataque, após as saídas de Lucca e Pottker, que também contribuíram, enquanto tiveram gás.


Muito bom ver Rossi marcar seu primeiro gol com a camisa do Inter, e foi merecido o gol, apesar da infelicidade de Mantuan, Rossi estava ligado no lance e não desistiu da jogada e marcou o gol, que deu três pontos importantíssimos ao Internacional, colocando o time no bloco dos primeiros colocados, derrotando um dos líderes da competição.

Com a vitória o Inter chegou aos 11 pontos e esta na sexta colocação, podendo ainda perder pelo menos mais duas posições no fechamento da rodada. Na próxima quarta-feira (30), o Inter visitará o Vitória no Barradão. Em uma partida que espero que o time faça uma atuação bem melhor do que a da melancólica eliminação da Copa do Brasil, para os baianos. Jogo para entrarmos para atacar e pelo amor de Deus, senhor Odair Hellmann, não me entre em campo, para especular o jogo, para apenas jogar por uma bola.

Nenhum comentário