Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor PALMEIRAS - Defeitos Escancarados!

Globo.com
Salve, palestrinos, torcedores do maior campeão nacional, vamos repercutir aqui a derrota ante o Sport  e a vitória do Sport ante o Palmeiras, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol 2018. Jogo foi disputado no Allianz Parque, Roger Machado mudou o esquema tático da equipe, mas os rendimentos continuam abaixo. Está começando a ficar difícil defender algo que não está dando certo.

Palmeiras foi a campo com Jailson, Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena, Diogo Barbosa, Felipe Melo, Bruno Henrique, Guerra, Lucas Lima, Dudu e Keno. Ou seja, o Palmeiras atuou no esquema 4-4-2. Na primeira etapa, praticamente o Palmeiras foi quem criou as oportunidades de gol. Antônio Carlos de cabeça por muito pouco não abriu o placar, graças à grande defesa do goleiro Magrão. Minutos mais tarde, Keno girou por trás da marcação e mandou a bola rente ao travessão. Mas o gol saiu ainda na primeira etapa: jogada pelo lado esquerdo do campo em que Dudu achou Diogo Barbosa entrando na área. O lateral alviverde cruzou para Keno mandar no contrapé de Magrão e abrir o placar. 

Veio a segunda etapa e o Palmeiras começou a ir pra cima mesmo. Em lance no lado direito do ataque, a bola sobrou para Dudu sozinho na linha de fundo contra Magrão que estava caído e o zagueiro Ernando. O alviverde mandou a bola nos pés do zagueiro, sem ver Lucas Lima e Guerra que vinham livres, de trás; ali era a chance de tranquilizar o jogo. No lance seguinte, em escanteio para o Sport, Anselmo aproveitou a sobra da bola e empatou a partida. Roger mexeu na equipe: saíram Guerra e Lucas Lima para as entradas de Hyoran e Papagaio. Palmeiras chegou no campo de ataque dos pernambucanos, mas estava afobado e nervoso para passar a bola; muitos passes errados. Quem estava afiado no contra ataque era o Leão que em mais uma jogada pelo lado da área, Anselmo fez o segundo do Sport. Era a virada. Aos 37 minutos, Hyoran, pedindo passagem escancaradamente acertou um belo chute e empatou a partida. Mas em escanteio, a bola chegou em Rafael Marques que aproveitou a saída ruim de Jailson para fazer 3x2. No final da partida, Dudu foi puxado dentro da área: pênalti. Keno bateu e Magrão defendeu para assegurar a MERECIDA vitória da equipe pernambucana.

Péssimo. Horroroso. Legal a iniciativa de mudar o esquema tático, mas os buracos entre defesa e meio de campo foram horrorosos. Primeiro tempo, ok, Palmeiras teve controle da partida, pois o Sport nem saiu do campo de defesa. Mas quando o Sport saiu na segunda etapa, foi um verdadeiro "deus nos acuda". Lucas Lima passa por problemas familiares (isso tem que respeitar e muito, por sinal), mas então cabe ao treinador colocar quem está pedindo passagem! Hyoran! Hoje era jogo para cortar o Willian até do banco de reservas, sendo que nosso principal jogador está com a seleção colombiana? NÃO! Meio de campo do Palmeiras hoje não existiu, mesmo com QUATRO jogadores que sabem sair jogando. Guerra e Lucas Lima pareciam dois pivetes que nunca jogaram bola juntos. Lucas Lima com rendimento pior para falar a verdade. Palmeiras quando teve a oportunidade de matar jogo no contra ataque foi uma verdadeira decepção: bola para o lado, bola para o outro, ajeita daqui, dali e chutão para longe. Aí em três bolas, o Sport chega com mais objetividade e ganha o jogo! 

Próximo jogo é contra o Cruzeiro em Belo Horizonte. Não dá para esperar grandes coisas por enquanto. Jogador reclama da torcida, mas não dá. Não dá o sangue dentro de campo (salvo exceções). Jogadores vão falar o que? A bola não quis entrar? De novo vai começar a desculpa? Jogar bola... isso vai começar quando? "Real Madrid das Américas"? Aonde? Porque hoje (26) teve jogo do Real Madrid lá na Europa. Fazendo as devidas proporções aqui na América do Sul, Palmeiras está longe de ser isso que falam, e os jogadores pelo visto compram muito bem a ideia. Tocam a bola como se fossem vencer quando quiserem vencer! Não me passam confiança e acredito que para a maioria dos torcedores, não passam também. 

Está ficando difícil de bancar: se ajude

Metronews
Pois bem, palestrinos. Agora o assunto é Roger Machado. Aqui serão feitos alguns questionamentos e não um famoso "pedido de cabeça". Em termos de números é indiscutível que a temporada de 2018 do Palmeiras é boa até aqui. Contudo, esse esporte não é prova de matemática, mas sim, futebol. Além dos números, o futebol envolve também a dinâmica do time dentro de campo, algo em que o Palmeiras vem pecando. Querendo ou não, Roger tem um pouco de culpa nisso.

Não é sobre a postura de "não gritar com o time". Mas sim, algumas opções. Uma delas é: por que mudar o esquema tático em um período sem tempo para treino? Arriscado, ok. Não deu certo. Por que cortar o Willian até do banco de reservas? Mais um erro. Aquele time "alternativo" que jogou na Libertadores, mais leve e solto: por que não recebe oportunidade? Olha o Hyoran escancarando o pedido de passagem! Lucas Lima com problemas pessoais? Ok! Respeito demais isso. Mas cabe a você, Roger, conversar e poupar ele do time nesse caso, quando tem gente melhor pedindo oportunidade.

Time do Palmeiras sai em contra ataque e não mata a jogada em gol (não precisa marcar todas as oportunidades, mas ao menos conclua a gol). Não é só nesse jogo de hoje, mas em várias oportunidades a equipe prefere tocar a bola de lado do que concluir a jogada em gol. Posse de bola é legal, mas não ganha jogo! Time tem horas que não sabe ser agudo. Não tem jogada em profundidade, não tem infiltração dos volantes na área, não tem finalização de fora. Tem que ter só toque de bola?

Aqui nunca foi pedida cabeça de treinador, até mesmo porque a postura dos jogadores tem que ser mudada imediatamente como fator principal. Aqui é só um alerta de mudanças que precisam ser feitas, seja na escalação, seja na forma de jogo do time. E isso cabe ao Roger. Se mudar para esse jeito, estará se ajudando. Mas se preferir insistir nos mesmos erros, vai sobrar para o treinador. Mais uma vez. Olhe para o time das rodadas finais da Libertadores, Roger Machado!

Nenhum comentário