Nos dias 18 e 19/01 tivemos os duelos que definiram as semifinais da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Com Flamengo e a surpresa Portuguesa fazendo a primeira semifinal e São Paulo e Internacional fazendo a segunda, confira a história de como as quatro equipes chegaram a estas semifinais.

São Paulo 2 (4) x 2 (3) Vitória

No primeiro jogo das quartas de finais, o São Paulo enfrentou o Vitória, e logo na primeira chance clara de gol a partida teve o seu placar inaugurado. Flávio marcou para os baianos, aos 14 minutos. O gol animou a partida e 3 minutos depois Gabriel Novaes acertou a trave para os paulistas. O gol de empate não demorou a vir: aos 31', Toró marcou seu 5º gol na competição, 1 a 1. Ainda no primeiro tempo, o Vitória chegou ao seu segundo gol. Lucas Ribeiro, de cabeça colocou o Leão de novo a frente do marcador. 

No segundo tempo, o jogo foi bem disputado com chances para as duas equipes. Só aos 32', Toró marcou o seu segundo gol na partida e empatou novamente o jogo. Até o fim do jogo, o equilíbrio se manteve. 
A decisão então, foi para os pênaltis. Hebert e Cedric perderam e o Vitória, foi assim eliminado da competição. No São Paulo, Walce ainda teve a sua cobrança defendida por Lucas, mas Oliveira converteu a última cobrança do Tricolor e o time venceu por 4 a 3, avançando assim à semifinal da competição.


Santos 0 x 4 Internacional

 No segundo jogo das quartas de finais, duas equipes tradicionais prometiam um jogo bom que provavelmente levaria um candidato ao título para as semis: Santos e Internacional. Com a bola rolando porém, só deu Inter. Muito superior ao adversário, o colorado já saiu vencendo na primeira etapa, por 2 a 0, gols de Richard e Neto.

No segundo tempo, o Santos precisava de inspiração para buscar o placar adverso. Mesmo assim, o banho de água fria veio aos 11 minutos, quando Brenner aproveitou falha da zaga santista para marcar o terceiro do Inter, com muito oportunismo. Aos 34' ainda, Richard, em cobrança de pênalti fez o quarto para os gaúchos. Com a goleada, o Internacional irá enfrentar o São Paulo em uma das semifinais. O jogo aliás, promete ser o melhor da competição até aqui, com duas das melhores equipes do torneio.


Palmeiras 1 (2) x 1 (3) Portuguesa

No Pacaembu,  muita disputa e pouca inspiração com poucas jogadas de perigo para os dois lados. Então, a partir dos 28 minutos, o Palmeiras emplacou duas boas oportunidades e cresceu no jogo. Após a queda das luzes no Pacaembu, o jogo esfriou novamente e somente aos 43' a chance do jogo até então: pênalti para a Portuguesa. Tawan bateu e colocou a Lusa na frente, antes do intervalo.

Na volta do intervalo, o Palmeiras parecia disposto a mudar a história do jogo a qualquer custo e foi pra cima logo no começo. A gana palmeirense deu resultado tempos depois. Aos 30', Yan aproveitou rebote do goleiro Matheus e empatou a partida. Então, o jogo deu nova esfriada até os 44', quando Brunetti foi expulso do lado da Lusa, obrigado a equipe a se defender no restante do jogo para levar a decisão para os penais. E foi justamente o que aconteceu. 
E parece que a experiência em decisões assim, valeu a favor da Portuguesa. O time que já havia passado por São Paulo-AP e América-MG, conseguiu passar também pelo Palmeiras, se classificando para as semifinais da Copa São Paulo, após Alanzinho, Léo Passos e Yan errarem as suas cobranças para o Verdão. A Portuguesa jogará a semifinal em casa, ou seja, no Canindé. 



Avaí 0 x 1 Flamengo 

No jogo entre Avaí e Flamengo, a capacidade física e vontade fizeram a diferença para a equipe carioca. O time rubro negro relacionou para o jogo muitos dos jovens utilizados na estreia do time profissional pelo Campeonato Carioca. Um deles decidiu a partida, Vitor Gabriel.

Logo no começo da partida, Vitor Gabriel mostrava que queria fazer a diferença, e foi quem começou melhor, finalizando quase todas as jogadas criadas por seu time. Até que, aos 27 minutos, o camisa 18 arrancou da sua própria área e deixou todo mundo pra trás em contra ataque fulminante, marcando o gol da partida. No fim do primeiro tempo, o Avaí tentou chegar, principalmente nas bolas paradas, mas sem sucesso.

Rael tentava roubar o protagonismo da partida na segunda etapa e era o mais perigoso para o Avaí, até sair, aos 24 minutos. O jogo era bem definido, com os catarinenses buscando o empate e o Flamengo contra atacando. Após os 40 minutos, o Avaí foi para o tudo ou nada e os cariocas tiveram boa oportunidade em contra ataque, mas nada mudou. 1 a 0 e classificação para o Mengão.



Os duelos das semifinais acontecem já nesta segunda (22) e terão nossa cobertura, fique ligado e curta a página: Jovens Cronistas! (Clique)

Compartilhe:

Gervasio Henrique

Jovem jornalista, 23. Ciente de que a batalha está começando e mais certo ainda de que lutará com todas as forças por seus ideais. Maior intimidade com esporte, automotivo e cultural. "Sem sonhos não há vida".

Deixe seu comentário:

0 comments so far,add yours