A 14ª rodada acabou e a diferença entre os primeiros colocados diminuiu dois pontinhos. O Corinthians, ainda líder isolado, empatou com o Atlético-PR, em casa. O Grêmio aproveitou esse pequeno vacilo da equipe paulista e chegou aos 28 pontos.

A artilharia do Campeonato tem um novo líder: Jô. Com os dois gols marcados, no empate Sábado (15), chegou aos 9 e igualou a marca de Henrique Dourado, que não pôde atuar devido a uma lesão.
Os times que mais se deram bem na rodada foram, Botafogo e Chapecoense. Com os triunfos em casa, os dois times subiram três posições cada. O Sport, com a derrota no Rio de Janeiro, perdeu 3 posições e foi quem mais desceu.

O G-4 do Campeonato Brasileiro permanece o mesmo da última rodada. Na ordem: Corinthians, Grêmio, Santos e Flamengo. No Z-4, também os mesmos ocupantes. Porém, houveram mudanças nas posições. São Paulo e Vitória, com as derrotas fora de casa, caíram uma posição cada. O Avaí ganhou essas duas posições com o empate em Salvador, diante do Bahia.

Resultado de imagem para Corinthians x atlético pr 2017Na abertura da rodada, "nos embalos de sábado à noite", o Corinthians recebeu o Atlético-PR, na sua Arena. O time permaneceu invicto na competição, porém viu a sua sequência de 5 vitórias consecutivas no campeonato ser interrompida. Outro fato que voltou a ocorrer foi a equipe da casa sofrer gol, após 7 jogos. No entanto nada com o que se preocupar, já que o time sofreu apenas 7 gols em 14 jogos. Média de um gol a cada duas partidas. No jogo, O furacão saiu na frente (outro fato que não acontecia há muito tempo contra o time alvinegro) com um belíssimo gol de Jonathan, aos 37' do 1º tempo. Aí entrou em cena o artilheiro Jô, que empatou aos 44' da primeira etapa e virou logo aos 5' do 2º tempo. No final, o Atlético-PR ainda conseguiu o empate. Otávio, marcou aos 38' e deu números finais a partida. Apesar de tudo, o Corinthians permanece muito a frente dos demais, em primeiro, com 36 pontos. O Atlético-PR, com 16, respira um pouco, tentando se distanciar da zona da degola. Confira clicando AQUI, a análise do torcedor do Corinthians


No Domingo, às 11h, o Palmeiras recebeu o Vitória. Ambos os times vinham de derrota em casa, e buscavam se recuperar. Sobretudo o time paulista. O Vitória abriu o placar logo aos 9 minutos com um belo chute de Uillian Correia, de fora de área, após um contra ataque quando o Palmeiras já tomava as inciativas.
Após isso, o time baiano buscou jogar nos erros do time palmeirense, mas não deu muito certo. Isso porque o time palestino conseguiu a vitória ainda no primeiro tempo. Roger Guedes converteu pênalti (mal marcado pelo árbitro Bruno Arleu de Araujo) sofrido por Mina, aos 36' do 1º tempo. Dez minutos depois, Dudu virou.
No segundo tempo, mais dois gols para o time palestrino e vitória tranquila conquistada. Porém, até chegar ao terceiro gol - com Mayke aos 25' do 2º tempo -, o time baiano teve duas grande chances de empatar. Aos 31' do 2º tempo Dudu fechou o placar. Com o revés, o Vitória se complica e permanece na Zona de Rebaixamento, com 12 pontos. O Palmeiras chega aos 22 pontos e sobe para a 5ª posição na tabela. Confira clicando AQUI, a análise do torcedor Palestrino


Resultado de imagem para vasco x santos portoes fechadosNo Estádio Nilton Santos, o Vasco recebeu o Santos com os portões fechados, devido ao julgamento que está em processo após os incidentes do último Sábado no São Januário.

O jogo em campo, foi tão sem graça quanto a a falta de torcedor nas arquibancadas. Poucas oportunidades de gols e muita marcação. No segundo tempo, o Vasco teve maior volume de jogo e obrigou o goleiro João Paulo (substituto de Vanderlei) fazer boas defesas para evitar uma vitória vascaína. Com o empate, o Vasco é o 9º, com 20 pontos. Já o Santos continua em 3º, com 24. Confira AQUI, a análise do torcedor Vascaíno


No Mineirão, Cruzeiro e Flamengo ficaram no empate em jogo bastante equilibrado. No primeiro tempo, a Raposa se dispôs a jogar nos contra ataques, esperando o Fla, que não conseguiu ser eficiente nas suas investidas. O jogo só melhorou no segundo tempo. E logo no início. Aos 8 minutos, Éverton abriu o placar. Porém, pouco tempo depois, Sassá, que havia entrado há pouco tempo na vaga de Elber, empatou a partida, aos 14'. No restante da partida, mais equilíbrio e por fim o 1x1 permaneceu.Com o placar, o Flamengo permanece em 4º, com 24 pontos e o Cruzeiro cai para 7º, com 21.


Na Arena do Grêmio, o time da casa recebeu a Ponte Preta e diminuiu a diferença para o líder Corinthians, com a vitória por 3 a 1, de virada. Durante a partida, um dos principais personagens foi o goleiro Aranha. Voltando a atuar na Arena, onde foi vítima de racismo em 2014, o jogador recebeu pedidos de desculpas de alguns torcedores, mas foi vaiado por quase todo o resto.

A Ponte Preta veio recuada e buscava uma única chance e ela veio aos 34' do primeiro tempo. Rafael Thyere fez contra. Sem conseguir chegar com eficiência o Grêmio foi para o intervalo perdendo.
No segundo tempo, no entanto, a equipe de Renato Gaúcho veio disposta a mudar o panorama da partida e com o gol de Barrios, aos 11' do 2º tempo, teve o que precisava para buscar a vitória.
Aos 25 minutos, Barrios ampliou e aos 44', Everton fechou o placar e premiou o belo segundo tempo da equipe gremista. Apesar de diminuir a diferença em dois pontos, a distância para a liderança do campeonato ainda é bastante grande, oito pontos. No entanto, o Grêmio chega aos 28 e abre dois de diferença em relação ao 3º colocado. A Ponte, por sua vez, se aproxima do Z-4, com 15 pontos, em 16º lugar.


Em Goiânia, no Estádio Olímpico, o Atlético-GO recebeu o seu xará de MG e saiu derrotado em casa. O time da casa fez um primeiro tempo melhor e conseguiu sair na frente/ com Igor, aos 23' do primeiro tempo. No segundo tempo, o técnico Roger Carvalho promoveu duas alterações no intervalo da partida. Uma delas, a entrada de Robinho no lugar de Marlone. A alteração surtiu efeito e o Galo melhorou na segunda etapa. Tanto que aos 12 minutos, Fred empatou de cabeça após cobrança de falta de Cazares. Aos 27', mais um gols de cabeça, agora em um contra ataque: Elias, após cruzamento de Alex Silva. Com isso, o Atlético-GO permanece 'isolado' na lanterna da competição com apenas 8 pontos. O Atlético-MG, com a vitória, alcança os 20 pontos e chega a 10ª colocação.


Na Arena Condá, em Chapecó, a Chapecoense venceu o São Paulo por 2 a 0 e aumentou ainda mais a crise no time do Morumbi. Os gols da partida foram marcados por Túlio de Melo, aos 17' e Lucas Marques, aos 46' do 2º tempo. No primeiro tempo o jogo foi truncado com chances para os dois lados. No segundo tempo a Chapecoense voltou melhor e após abrir o placar conseguiu administrar a vantagem até o fim, contra um São Paulo bastante abatido Com o resultado, a Chape volta a vencer após sete partidas, chega aos 18 pontos e se distancia momentaneamente da Zona de Rebaixamento. Na zona, o Tricolor perdeu uma posição para o Avaí e mergulha numa crise cada vez mais profunda. O time tem 12 pontos, em 18º. Confira AQUI, a análise do torcedor Tricolor Paulista


No Couto Pereira, o Fluminense conseguiu um importante resultado diante do Coritiba. Com dois gols em apenas 6 minutos (Richarlison, aos 31' do 1º tempo e Léo, aos 37' do 1º tempo) o Flu ainda viu Henrique Almeida descontar para o Coritiba, aos 46 minutos do primeiro tempo, mas segurou a vantagem e saiu com os três pontos fora de casa.

Tudo poderia ter sido diferente se Henrique tivesse marcado de pênalti, aos 8 minutos de jogo. Porém, o atacante isolou. Mesmo melhor no primeiro tempo, o Coxa não aproveitou suas chances e viu o time carioca abrir 2 a 0 em pouco mais de 5 minutos. Henrique se redimiu e marcou nos acréscimos do 1º tempo. Ele mesmo quase empatou no último lance da primeira etapa, mas Júlio César evitou. No segundo tempo, mais Coritiba e mais Júlio César. Criando as melhores oportunidades, o time da casa chegou com perigo em alguns chutes de fora da área e cruzamentos, mas não conseguiu balançar as redes e saiu derrotado. O Coritiba segue caindo na tabela com mais uma derrota. O time ocupa agora, a 12ª posição, com 19 pontos. O Fluminense sobe uma posição e ocupa o meio da tabela, com 20.


No Pituaçu, em Salvador, o Bahia buscava se manter invicto pelo quarto jogo consecutivo no campeonato. E para tentar confirmar o favoritismo e se afastar ainda mais da zona de rebaixamento, o time recebeu o Avaí, um dos quatro últimos colocados. No primeiro tempo, com os dois times finalizando muito mal foi impossível a inauguração do placar. O Bahia tentava criar mais, enquanto o Avaí buscava os contra ataques.
Buscando corrigir os erros na hora da conclusão, Jorginho promoveu as entradas de Vinícius e Gustavo Ferrareis. O Avaí continua com a sua estratégia de se defender.

Mesmo errando mais do que no primeiro tempo, na criação da jogadas, o time baiano chegou ao gol primeiro: Renê Júnior, após tabela com Vinícius, fez um belo gol, aos 29' do 2º tempo. O Avaí teve que sair mais após tomar o gol e conseguiu chegar ao empate no fim da partida. Júnior Dutra, aproveitou rebote de Jean e mandou de meia bicicleta para o gol, aos 37 minutos. A bola ainda desviou em Rômulo. Com o tento no fim, o Avaí somou um ponto e ultrapassou o São Paulo na tabela, passando a ser o 17º. O Bahia, por sua vez, caiu para 14º, com 16 pontos.


Mais uma vez atuando em casa, no fechamento da rodada, o Botafogo recebeu o embalado Sport, no Estádio Nilton Santos. O time pernambucano vinha de 4 vitórias consecutivas no campeonato. O jogo valia uma vaga no G-6 para os donos da casa e a possível ascensão do time pernambucano à 3ª posição.

Tudo levava a crer que o duelo seria muito disputado. Só não se esperava dois gols em menos de 10 minutos. Logo no primeiro minuto, Rodrigo Lindoso, após cobrança de falta ensaiada, abriu o placar de cabeça. A resposta não demorou. Aos 9 minutos, Rithely deixou tudo igual. No restante do primeiro tempo o jogo foi equilibrado, com Diego Souza abusando dos lances de categoria. Tite acompanhava a partida no Estádio.

Na segunda etapa, Guilherme saiu do banco para decidir a partida para o Bota. Aos 24 minutos ele recebeu passe na medida de Roger e bateu cruzado, 2 a 1. Com a vitória, o Fogão entra no G-6 , com 22 pontos. O Sport vê sua sequência de 4 vitória consecutivas serem interrompidas e cai para 8º, com um ponto a menos que o time carioca.

Resultados

Sábado (15/07):
Corinthians 2x2 Atlético-PR

Domingo (16/07):
Palmeiras 4x2 Vitória 
Vasco 0x0 Santos
Grêmio 3x1 Ponte Preta
Atlético-GO 1x2 Atlético-MG
Chapecoense 2x0 São Paulo
Coritiba 1x2 Fluminense
Bahia 1x1 Avaí

Segunda (17/07):
Botafogo 2x1 Sport

CLASSIFICAÇÃO

1
Corinthians
36
2
Grêmio
28
3
Santos
24
4
Flamengo
24
5
Palmeiras
22
6
Botafogo
22
7
Cruzeiro
21
8
Sport
21
9
Vasco
20
10
Fluminense
20
11
Atlético-MG
20
12
Coritiba
19
13
Chapecoense
18
14
Bahia
16
15
Atlético-PR
16
16
Ponte Preta
15
17
Avaí
13
18
São Paulo
12
19
Vitória
12
20
Atlético-GO
8


15ª Rodada

Quarta, 19/07:
Santos x Chapecoense
Vitória x Grêmio
Ponte Preta x Coritiba
Avaí x Corinthians
Flamengo x Palmeiras
São Paulo x Vasco
Atlético-MG x Bahia

Quinta, 20/07:
Fluminense x Cruzeiro
Sport x Atlético-GO
Atlético-PR x Botafogo








É apaixonado pelo seu time, tem visão de jogo e gosta de escrever? Venha ser um cronista torcedor, saiba como curtindo e entrando em contato através de nossa página: Jovens Cronistas! (Clique) 




Compartilhe:

Gervasio Henrique

Jovem jornalista, 23. Ciente de que a batalha está começando e mais certo ainda de que lutará com todas as forças por seus ideais. Maior intimidade com esporte, automotivo e cultural. "Sem sonhos não há vida".

Deixe seu comentário:

0 comments so far,add yours