Entre quarta e quinta-feira, 12 e 13 de Julho, respectivamente, aconteceram os jogos da 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na ''rodada dos visitantes'', o único mandante que venceu foi o Sport, 3x0 sobre a Chapecoense, na Ilha do Retiro.

O time pernambucano confirmou o seu ótimo momento sob o comando de Vanderlei Luxemburgo e goleou a Chapecoense por 3 a 0. André marcou duas vezes e Diego Souza fechou a conta nos acréscimos do 2º tempo. Este último aliás, após uma semana bem agitado com especulação de ida para o Palmeiras, teve o seu nome gritado pela torcida após o gol marcado. Com a grande atuação e os 3 pontos, o Sport chegou à 5ª colocação do Campeonato. Já a Chape, que já liderou o Brasileiro, segue em queda livre, agora em 16º.
No fim do jogo, houve uma grande confusão envolvendo os jogadores dos dois times e até mesmo os treinadores.

 Todos os outros times que jogaram fora, com exceção do Atlético-GO (empatou no Morumbi, com o São Paulo), saíram vencedores. Um fato muito atípico.

Na estreia de Dorival Junior no banco do São Paulo, o time manteve o seu calvário no campeonato e na temporada. Com uma atuação cheia de altos e baixos, o tricolor ficou duas vezes na frente do placar, porém não conseguiu segurar as vantagens por muito tempo e tropeçou diante de sua torcida em jogo que era tido como 3 pontos ''obrigatórios'' contra o lanterninha.
Todos os gols foram marcados na segunda etapa. Lucas Pratto e Marcinho marcaram para o time da casa. O Atlético, nas duas vezes que chegou de fato ao gol adversário marcou: com Niltinho e Everaldo (um lindo gol de calcanhar).
Com o empate, ambos os times permanecem na zona de rebaixamento.
O São Paulo, apesar do mal resultado, subiu duas posições, graças as derrotas de Vitória e Avaí (17º, com 12 pontos). O Atlético Goianiense conquistou o seu primeiro ponto fora de casa, mas ainda permanece na lanterna, com 8 pontos. Quatro a menos que o 19º, Avaí. A visão do torcedor do São Paulo em relação ao duelo pode ser lida clicando aqui


Os dois jogos mais aguardados da rodada envolviam os três primeiros colocados da tabela. No dérbi paulista, o Corinthians saiu vencedor, fora de casa, diante do Palmeiras, 2 a 0. Em jogo realizado no Allianz Parque, o Corinthians manteve o seu domínio em clássicos nesta temporada e venceu mais uma vez o Palmeiras, se mantendo invicto também no Brasileirão.

Os gols da vitória corintiana foram marcados por Jadson, de pênalti, aos 23' do 1º tempo e Guilherme Arana, aos 20' do 2º tempo. Este segundo, certamente foi o grande destaque do jogo, pois além do seu tento, foi quem sofreu o penal, convertido pelo camisa 10 alvinegro. O Palmeiras, apesar de ter o domínio da partida na maior parte do jogo, abusou das bolas lançadas e não ofereceu grandes problemas à sólida defesa corintiana. Com o resultado, o Corinthians chega aos 35 pontos e se isola cada vez mais na liderança. Já o Palmeiras, fica em 7º, com 19. Leia aqui a visão Corintiana do dérbi e aqui a visão Palestrina


Na quinta, o Flamengo perdeu o jogo e a vice-liderança para o Grêmio. Na Ilha do Urubu, 1 a 0 para o time de Renato Gaúcho. Na Ilha do Urubu, o Flamengo conheceu a sua primeira derrota na nova casa.

Quem impôs isso foi o Grêmio, de Luan, que em jogada individual marcou o gol da vitória gaúcha. Com isso, o Grêmio retornou ao segundo lugar, com 25 pontos. O Flamengo criou mais chances e buscou pressionar o seu adversário, que foi ao Rio com uma proposta bem definida de se defender primeiramente, para depois buscar um contra ataque. Com o gol de Luan, na metade do primeiro tempo, o tricolor  exerceu ainda mais a  sua estratégia e foi feliz, saindo com os 3 pontos fora de casa, contra o ex vice-líder. Grande resultado. O Flamengo caiu para a quarta colocação, com os mesmos 23 pontos.

No Independência, o Atlético Mineiro segue o seu inferno astral como mandante nesta edição do Brasileirão. Em jogo com muitas chances perdidas pelos dois lados (até mesmo um pênalti para cada), brilharam os dois goleiros. Victor e Vanderlei defenderam os pênaltis de Kayke e Fred, respectivamente.
No fim, o Santos só saiu vencedor devido ao belo gol de falta de Daniel Guedes, nos acréscimos da segunda etapa. O peixe sobe para o 3º lugar com a vitória, 23 pontos. Já o Galo, vaiado no final do jogo, caiu para a 12º colocação com 17 pontos.

Em Campinas, o Bahia contou com grande atuação de Rodrigão e ultrapassou a Ponte Preta na tabela do Brasileirão. O atacante do time baiano marcou duas vezes, no começo de ambas as etapas e o volante Renê Júnior ainda marcou o terceiro aos 39' do segundo tempo. Em noite pouco inspirada de Lucca, Sheik e companhia a Ponte até criou algumas chances, mas nem de longe foi forte como em outras oportunidades no Moisés Lucarelli. O time caiu para a 15ª colocação, três pontos acima do Z-4, com 15 pontos.

No Maracanã, outro jogo em que um adversário ultrapassou o outro na tabela. Os dois times vinham de três jogos sem vitórias. E essa sequência acabou para o time que jogou melhor, o Botafogo. O time alvinegro chegou bem em algumas ocasiões, acertando a trave por duas vezes e sendo parado por Júlio César em pelo menos, mais duas vezes. Roger, de cabeça fez o gol da vitória, aos 39' do primeiro tempo. O Fluminense foi melhor no começo e no final da partida, quando buscou a todo custo o gol, mas sem sucesso. O time ainda acertou uma bola na trave com Matheus Alessandro, mas nada feito. O Botafogo passa a ser o nono, com 19 pontos. Em 11º, o Flu, com 17.

Mesmo no Paraná, o Atlético/PR não conseguiu se recuperar no campeonato. Vale lembrar que o clube vinha de uma semana bastante turbulenta com saída de jogadores experientes e do técnico Eduardo Baptista, O novo comandante, Fabiano Soares acompanhou o jogo no estádio, mas não no banco de reservas. O Cruzeiro, que nada tinha a ver com isso, venceu de maneira organizada o time paranaense com um gol em cada tempo. Lucas Romero abriu o placar aos 27' do primeiro tempo e na segunda etapa, Rafael Marques, que havia saído do banco, deu números finais a partida aos 40'. A missão no final de semana é ainda mais dura para o Atlético: jogo contra o Corinthians, em Itaquera. O Cruzeiro recebe o Flamengo, Domingo, no Mineirão.

O Vasco se recuperou em grande estilo da derrota no clássico contra o Flamengo na última rodada (08/07), e aplicou um elástico placar de 4 a 1. De quebra, o time vascaíno encostou no G6, em 8º, com 19 pontos. O Vitória perdeu uma posição com o empate do São Paulo. Está em 18º com 12.
O jogo começou com dois gols de Kanu, do Vitória. Porém, um gol para cada lado (ele ainda teve outro gol anulado aos 34). Após o zagueiro 'sair de cena', Thalles, Paulo Vitor e Guilherme, completaram o placar.

No fechamento da rodada, na Ressacada, o Avaí sofreu do mesmo veneno que destilou nas duas últimas partidas que realizou como visitante. Em casa, o time catarinense foi goleado pelo Coritiba, que voltou a vencer após mais de um mês. Os gols da partida foram marcados por: Kléber, Rildo (2) e Henrique Almeida para o Coxa. Marquinhos ainda chegou a empatar para o Avaí.

Resultados

Quarta, dia 13/07:
Atlético-MG 0x1 Santos
Ponte Preta 0x3 Bahia
Fluminense 0x1 Botafogo
Palmeiras 0x2 Corinthians
Atlético-PR 0x2 Cruzeiro
Vitória 1x4 Vasco

Quinta, dia 14/07:
Flamengo 0x1 Grêmio
São Paulo 2x2 Atlético-GO
Sport 3x0 Chapecoense
Avaí 1x4 Coritiba

CLASSIFICAÇÃO

1
Corinthians
35
2
Grêmio
25
3
Santos
23
4
Flamengo
23
5
Sport
21
6
Cruzeiro
20
7
Palmeiras
19
8
Vasco
19
9
Botafogo
19
10
Coritiba
19
11
Fluminense
17
12
Atlético-MG
17
13
Bahia
15
14
Atlético-PR
15
15
Ponte Preta
15
16
Chapecoense
15
17
São Paulo
12
18
Vitória
12
19
Avaí
12
20
Atlético-GO
8


14ª Rodada


Sábado, 15/07:
Corinthians x Atlético-PR

Domingo, 16/07:
Palmeiras x Vitória
Vasco x Santos
Cruzeiro x Flamengo
Grêmio x Ponte Preta
Atlético-GO x Atlético-MG
Chapecoense x São Paulo
Coritiba x Fluminense
Bahia x Avaí

Segunda, 17/07: 
Botafogo x Sport







É apaixonado pelo seu time, tem visão de jogo e gosta de escrever? Venha ser um cronista torcedor, saiba como curtindo e entrando em contato através de nossa página: Jovens Cronistas! (Clique) 





Compartilhe:

Gervasio Henrique

Jovem jornalista, 23. Ciente de que a batalha está começando e mais certo ainda de que lutará com todas as forças por seus ideais. Maior intimidade com esporte, automotivo e cultural. "Sem sonhos não há vida".

Deixe seu comentário:

0 comments so far,add yours