Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor PALMEIRAS - Rogério Ceni usou a Cuca


Caros palestrinos, torcedores do maior campeão nacional, vamos repercutir hoje a derrota diante do São Paulo no estádio do Morumbi por 2x0. Um jogo que começou com uma escalação errada e que o adversário foi muito bem na proposta de jogo. Ainda teve a famosa tremida de Jean na hora de cobrar um pênalti que modificaria o panorama da partida. Enfim, vamos ao jogo.

Palmeiras foi a campo com Fernando Prass, Mayke, Mina, Juninho, Michel Bastos, Felipe Melo, Tchê Tchê, Jean, Dudu, Guerra, e Willian. Aí está o grande equívoco do Cuca (no final falarei sobre isso). E quem começou melhor foi o Palmeiras em uma chegada de Jean com chute que passou rente à trave direita de Renan Ribeiro. O São Paulo esperava o Palmeiras atrás do meio de campo e o verdão tocava a bola sem tanta objetividade e produtividade. Para falar a verdade o primeiro tempo foi pouco produtivo sendo que a única grande chance do lado tricolor foi um chute que desviou em Juninho (quase gol contra) e foi para fora.

São Paulo claramente não se lançava afoitamente ao ataque. Palmeiras mal chegava para finalizar a gol. Tudo caminhava para um 0x0 quando Pratto recebeu na área e mandou no canto de Fernando Prass que aceitou. Cuca mexeu. Sacou Guerra para colocar Keno. De cara, a alteração fez efeito, já que o mesmo participou da jogada em que foi assinalado pênalti. Jean pelo visto lembrou de suas raízes são-paulinas e isolou a bola. Pífio para um batedor oficial do time.

Cuca colocou então Borja no lugar de Felipe Melo em uma tentativa desesperadora de buscar o resultado. Novamente, São Paulo fechado na casinha, esperando a brecha para dar o golpe final. E ele veio com Luiz Araújo após bom passe de Lucas Pratto. Cuca ainda colocou Roger Guedes no lugar de Willian, mas no final, o placar seguiu o mesmo. 2x0 para o time que soube jogar o jogo. Fim de papo.

Mais uma vez deixou a desejar fora de casa. Clássico é duro? Com certeza. Mas claramente Willian se mostrou mais jogador de segundo tempo (o famoso 12º jogador) do que digno de começar uma partida de titular. Borja deveria ter começado, por pior que seja a fase do colombiano. Ele consegue ao menos desgastar a zaga adversária para que Willian entre com força na segunda etapa. Cuca, o senhor mexeu fora de tempo mais uma vez. Volta já no intervalo com o Keno no lugar do Dudu que estava apagadíssimo! Volta com o Borja no lugar do Mayke que parecia que tinha uma bola de fogo no pé! Desloca o Jean para a lateral direita! Mas isso no intervalo e não depois do 1x0 contra.

Cadê a jogada ensaiada? Sumiu! Estão botando cabeça e ficha demais na Libertadores e esquecendo que o mundo continua girando fora dessa competição! Não adianta largar mal agora no Brasileirão e terminar o ano de mãos abanando pelo grupo que tem nas mãos. É muita "poupada" pro meu gosto! Quem cresceu vendo futebol na década de 90 entenderá melhor o que eu digo. Calendário muito mais apertado na época e muito menos "poupadas". Vamos jogar bola?

De resto, Rogério Ceni fez uma leitura perfeita do Palmeiras. Usou a Cuca literalmente. Segurou o time no primeiro tempo, esperou o Palmeiras dar as caras e buscava o contra ataque. Alguns podem achar que o time da casa precisa se impor toda hora. Precisa se impor o necessário. Foi assim. Quando o tricolor se impôs na partida, a vantagem veio. Depois, apenas esperou o espaço aparecer para matar a partida.

Vai ter poupada para quarta-feira agora?

Nenhum comentário