Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor VASCO – Análise do time na conquista da Taça Rio

Vasco é campeão pela décima vez da Taça Rio (Foto: Vasco/Divulgação)

Após empatar com o Flamengo em partida válida pela semifinal da Taça Rio, o Vasco venceu a final contra o Botafogo no Estádio Nilton Santos, em Engenho de Dentro, no placar de 2 a 0 com os gols de Douglas e Luis Fabiano, conquistando o décimo título da competição. Agora a próxima partida do Gigante da Colina será contra o Fluminense no próximo sábado, dia 22, com vantagem para o Tricolor.

Pela primeira vez no ano, o Vasco enfim venceu um time da Série A, mas ainda precisa ajustar algumas coisas e buscar reforços para a disputa do Campeonato Brasileiro. Mesmo vencendo a equipe mista do Botafogo e conquistando um titulo que em tese não vale nada por causa do péssimo regulamento implantado pela FFERJ, podemos ver muitas mudanças do Vasco do Milton Mendes em relação da equipe do Cristóvão Borges.

No primeiro tempo da final contra o Botafogo, Milton Mendes colocou o Vasco no 4-4-2, colocando Nenê mais avançado, bem próximo de Luis Fabiano com Pikachu mais afastado junto com Andrezinho, A equipe não jogava pelas pontas e jogava de forma mais lenta, diferente das partidas anteriores. No segundo tempo, Milton colocou Nenê na ponta esquerda e Pikachu mais avançado, mesmo assim a equipe não chegava ao ataque do Botafogo, mas o time mudou a forma de jogar após a entrada de Guilherme no lugar de Andrezinho, jogando pelo lado esquerdo até a entrada do Manga Escobar, que foi para o lado direito. Com a entrada do colombiano, além da expulsão do jogador do adversário, o Vasco melhorou na velocidade, arriscando mais nos contra ataques até chegar no placar, garantindo a vitória do Vasco e conquistando a Taça Rio pela décima vez.

Claro que o titulo da Taça Rio não vale nada para os planos do time, mas vimos um time em criação, que apesar das limitações, pode conquistar o título estadual. Apesar do trabalho do Milton Mendes ser positivo, ainda tem problemas. Hoje vimos um Vasco mais lutador, que se entrega e mais organizado, conseguindo jogar de igual para igual. A defesa está mais consistente, mas o ataque não tem correspondido e mesmo com gol, Luis Fabiano precisa mostrar pra que veio, que até agora não tem acontecido.

Apesar da experiência, o Vasco precisa focar mais na base e na juventude. Henrique a cada jogo cresce mais, Guilherme vem sendo um gigante, Douglas é talento puro, sendo um dos principais jogadores da equipe, além do Yago Pikachu. Claro que Nenê é um jogador diferenciado e Jean vem mostrando que na hora do perigo, tem ajudado a equipe.

No próximo sábado, dia 22, o Vasco enfrenta o Fluminense e Milton Mendes terá uma semana para ajustar esses erros e dar alegrias a toda nação vascaína rumo ao tri do Estadual e para enfim, o Campeonato Brasileiro.


*José Nunes (@JosecleiNunes) é fundador e editor do blog Futebol Retrô. Escritor, graduado em história. Ama futebol e um bom papo de botequim.

Nenhum comentário