Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor CORINTHIANS - Sabendo decidir...


Amigos! Nação Corinthiana! Após muitas dúvidas, o Corinthians seguiu sua sequência decisiva com resultados muito importantes, mostrando um futebol até eficiente, que dentro dos padrões possíveis animou e "encantou", o time trouxe do Sul uma importante vantagem com o empate em 1 x 1 contra o Internacional pela Copa do Brasil. E no Paulista a vitória por 2 x 0 dentro dos domínios do SPFC, para dar larga e importante vantagem rumo a decisão, que pode repetir a de 40 anos atrás, após uma fortíssima Ponte derrotar nosso arquirrival por 3 x 0 em Campinas. O time foi eficiente, a evolução deve ser contínua.


No Sul, um ótimo jogo de futebol, com alternâncias, com o time descendo na boa e criando as principais oportunidades, um jogo aberto que poderia ter tido qualquer dos lados como vencedor, mas terminou em empate, Lomba apareceu muito bem no gol Colorado, pegou as principais chances de gol, que foram nossas, inclusive houve penal não marcado em Romero, autor do nosso gol. O Inter teve seus momentos de domínio também, era um jogo em que ambos poderiam ter vencido, mas este empate já trouxe ótimas perspectivas para a volta na Arena.

Rapidamente, me obrigo a falar sobre a narração de Gustavo Villani no gol do Corinthians, afinal, isso gerou revolta do outro lado, enfim. Vejam, se um narrador usasse apelidos ofensivos iríamos gostar? Torcedores se preocupam se comentarista nos considera ou não favoritos, que dirá se tocarem em nossas feridas? O Inter se sente prejudicado em relação a 2005 (no pênalti foi, o que não se pode é culpar o Corinthians pelos atos de Edílson Pereira de Carvalho), o Fernando Carvalho teve a infeliz ideia de vir com essa de "DVD", mas isso virou motivo de chacota pro TORCEDOR, eu adoro transmissões com emoção, o EI por exemplo faz isso como ninguém, mas não é salutar um profissional usar isso pra elevar a emoção, daqui a pouco vai ter narrador usando "Gambá", "Bambi", entre outros e não é isso que queremos. Mas a lição foi boa pra este ótimo profissional, espero.



Veio então o Domingo, no estranho horário das 19h, o jogo no Morumbi, com torcida única, enfim, era natural imaginar que um empate lá dentro já seria um bom resultado, para decidir na Arena. Mas o time fez mais, foi muito mais eficiente no domínio inimigo, o deixou com a posse e atacou certeiro. Definiu o jogo na etapa inicial com a assinatura de Rodrigo (o cara que não joga nada, até quando???) que tabelou com Jô, o deixando em condição para marcar o primeiro e que no finalzinho da etapa inicial fuzilou da entrada da área para vencer o goleiro adversário.

Na etapa final o time não marcou tanto pressão, teve dificuldades sobretudo na primeira metade, mas ainda assim administrou bem, escapou pro ataque. Quando exigido, novamente Cássio teve grande atuação, com ao menos duas grandes defesas e impediu que a vantagem fosse menor, mas o time se comportou muito bem, venceu com autoridade dentro do Morumbi. Pra finalizar sobre o jogo em si, parabéns ao Rodrigo Caio pela honestidade no lance que poderia suspender Jô, essa na realidade é uma atitude que deveria ser a tônica do comportamento do atleta, do cidadão, de todos, mas infelizmente é exceção a regra e por isso acaba tendo de ser exaltada. Boa garoto!


Vejam, eu já critiquei bastante esse time de Carille, porque o meu nível de avaliação é realmente alto, o treinador tem se mostrado extremamente seguro em suas declarações, o que é ótimo, mas por vezes isso não se via com bola rolando. Ante Inter e SPFC, dos times instáveis, esse modelo de jogo de boa marcação e escapadas rápidas funcionou, é bem verdade que erramos menos passes, pois os adversários jogavam e deixavam jogar, não tínhamos que propor o jogo como contra o Botafogo/RP, mas é nítida a evolução. Temos agora de seguir evoluindo, os que tem atuado bem como Arana, Cássio, Rodrigo (o odiado), Jô o cara dos clássicos, Jadson que sentiu um desconforto, tomara que não seja nada, Maycon, enfim, que estes e os outros sigam crescendo e que o time também ache outras alternativas.

Temos tudo pra chegar na decisão do Paulista e avançar pra Copa do Brasil, mas no Brasileiro várias situações de jogo vão se apresentar e temos de estar prontos pra todas elas, independente de conquista já, que claro, merece comemoração, o grande desafio é a sequência da temporada, como vamos chegar, até onde vamos chegar, uma coisa é fato, o horizonte é mais limpo agora. O que não temos definitivamente que nos preocupar é com o que acham de nosso time, se ele é "quarta força", se ele é "favorito" ou não, a opinião é de cada um e também o ônus dela, não temos de pautar opiniões, temos de ter a nossa, os que não opinam com coerência arcarão com os ônus disso, em sua credibilidade (ou falta dela). O importante para agora, é que neste formato, em mata-mata, mesmo com todas as limitações que não desapareceram como em passe de mágica, o time sabe se portar na hora de decidir, isso é fundamental em se tratando de CORINTHIANS!



Curta nossa página: Jovens Cronistas! (Clique)




Foto: GazetaPress. 



Nenhum comentário