Banner 1

JC Agora

Fórmula 1 - Casamento perfeito

Olá fãs da velocidade! Nesse domingo de Páscoa, a Fórmula 1 ressurgiu no deserto do Bahrein para o terceiro GP da temporada 2017 da categoria. Em mais uma prova com vários cenários distintos, prevaleceu o conjunto que errou menos, nesse caso a parceria Vettel-Ferrari. Segunda vitória do alemão no ano, que vem mostrando suas garras e despontando como um dos aspirantes ao título mundial. Já a Mercedes... bem, os alemães vão precisar esfriar a cabeça e começar a entender melhor o carro, que demonstrou desempenho abaixo da rival italiana no GP.



A tensão para a grande prêmio já começara antes mesmo da largada. Pela primeira vez no ano, Bottas e Hamilton dividiam a primeira fila. Parecia que dessa vez veríamos a primeira briga roda com roda entre as flechas de prata... Mas, não foi o que aconteceu.
As posições ímpares do grid largavam do lado mais limpo da pista, o que proporcionou melhor tração nos carros de Bottas e Vettel, que assumiram as primeiras posições do GP. Logo atrás vinha Hamilton, seguido por Verstappen, que novamente fizera uma excelente partida do grid. Räikkönen, por sua vez, partiu mal e perdeu várias posições, dando início a um domingo não muito produtivo em sua Ferrari.

Nas primeiras voltas o que se via era um rendimento surpreendente por parte de Sebastian Vettel. Na segunda posição, Seb pressionou fortemente o líder Valtteri Bottas, e chegou até a abrir certa distância de Lewis Hamiton, que vinha em terceiro, as ultrapassagens porém ainda eram difíceis de serem vistas.

Foi então que o Ferrarista resolveu sair da "zona de conforto" para lutar pela vitória. Vettel antecipou a parada e deu sorte de voltar em uma zona sem tráfego. Imediatamente, o rendimento do alemão melhorou, e de olho nele, Max Verstappen seguiu o caminho da Ferrari e entrou nos boxes na volta seguinte. o Holandês só não contava com uma falha nos freios, que causou seu abandono logo após a saída dos boxes.

Pouco tempo depois do abandono de Max, Carlos Sainz e Lance Stroll colidiram na curva 1, causando um determinante safety-car.
Sobre o acidente, típico choque de corrida. Talvez o maior culpado tenha sido o canadense, que poderia inclusive ter contornado a curva mais aberta para evitar o choque.
É difícil sair em defesa de Stroll. Se somarmos as últimas três corridas, dificilmente Lance deve ter completado 300 km, quilometragem que é fundamental para o piloto ir ganhando experiência e não voltar a cometer esses erros bobos. Ainda é cedo, mas analisando única e exclusivamente os resultados e exibições do estreante, mostra-se um vexame a contratação da Williams, mesmo com o gigante aporte financeiro de sua família.

Durante o SC, vários pilotos optaram por fazer primeiro pit-stop. Mesmo com os carros muito próximos, a Mercedes optou por chamar Bottas e Hamilton na mesma volta, e a decisão mostrou-se confiante demais...
Hamilton foi lento pelo pit, esperando que Bottas saísse da garagem da Mercedes, e acabou por segurar Daniel Ricciardo, que vinha logo atrás. A manobra resultou em perda de cinco segundos, pagos num pit-stop futuro, mas que influenciaram bastante no resultado final.

E mesmo com o SC na pista, Vettel conseguiu abrir o suficiente para retornar à frente das Mercedes de Bottas e Hamilton, assumindo a primeira posição. Ricciardo vinha em terceiro, com Lewis Hamilton na quarta posição.

A relargada foi quente, com ambas as Mercedes atacando quem estava à sua frente. Mlhor para Hamilton, que ultrapassou Ricciardo e rapidamente colou em Bottas, que não conseguia acompanhar o ritmo de Vettel.
No decorrer das voltas, uma questão que antes era dúvida parece agora se tornar clara diante da situação de pista: a Ferrari tem um ritmo de corrida melhor que o da Mercedes. Isso pois Vettel abriu consistentemente de Valtteri Bottas usando o mesmo jogo de pneus do finlandês. O carro melhor equilibrado da Ferrari ajuda no consumo de pneus, e deixa Vettel numa situação em que ele adora.
Nos bons tempos de Red Bull, Sebastian era praticamente imbatível com um carro feito sob medida para o mesmo. Ao que parece, depois de 2 anos de convivência, a Ferrari 'achou' esse carro sob medida para Sebastian, que consegue extrair o máximo do bólido e se torna um dos favoritos para a temporada.

Resultado de imagem para vettel bahrein 2017A medida que Vettel abria de Bottas, Hamilton encostava no companheiro de time. A equipe Mercedes pediu para que o finlandês aliviasse o jogo, e deixasse que Lewis fosse a caça do alemão. Até aí, tudo normal, o problema é que tal situação voltou a se repetir, desta vez no final da corrida, aonde muito dificilmente Hamilton chegaria em Vettel.

Em nenhum momento ficou claro, em comunicação via rádio, que a Mercedes utilizou do jogo de equipe. Porém, a forma com que Hamilton ultrapassou Bottas deixa realmente dúvida se o finlandês está liberado ou não para lutar pelo campeonato, e principalmente, coloca em xeque a posição de Valtteri dentro da equipe.
Ainda creio que seja questão de adaptação. Um tempo precisa ser dado para o menino ficar à par de como tudo funciona dentro do time. Porém, a cada resultado ruim na pista a pressão fora dela aumenta, e Bottas vai precisar de muito sangue frio (que ele tem de sobra) para virar esse jogo.

No fim de prova, Hamilton até tentou dar um calorzinho em Vettel, mas nada de preocupante. Grande vitória do piloto alemão, a segunda em três corridas. Recordemos: Vettel é um excelente piloto, principalmente quando ele tem um carro que encaixa perfeitamente em suas características. Certamente, Seb tem tudo para fazer um grande ano. Fica a dúvida sobre qual será a solução encontrada pela Mercedes e quais rumos tomará a disputa interna entre Hamilton e Bottas.

No mundial de pilotos, Vettel assumiu a liderança por sete pontos de diferença sobre Hamilton (68 a 61). Em terceiro aparece Bottas, já bem distante, com 38 pontos somados. Pelos construtores, a Ferrari segue na dianteira, 102 a 99 sobre a Mercedes. Isolada na quarta posição, aparece a Red Bull, com 47 pontos.

Confira a classificação do GP do Bahrein:

Classificação final GP do Bahrein (Foto: Reprodução)

A próxima corrida será dia 30 de abril, no circuito de Sochi, Rússia. Não deixe de seguir o JC no Facebook e no Twitter. Abraços e até a próxima!

Nenhum comentário