Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor INTER - Largando em vantagem

Pessoal, mais um Papo de Torcedor INTER, aqui no Jovens Cronistas, para repercutir o primeiro jogo das semifinais do Campeonato Gaúcho. O Inter recebeu o Caxias, no Beira-Rio neste sábado e venceu pelo placar de 1 a 0, com gol de Rodrigo Dourado. Aliás Dourado viveu uma grande semana, pois também foi dele o gol contra o Corinthians pela Copa do Brasil, no meio de semana.

O Inter foi a campo com Marcelo Lomba; William, Léo Ortiz, Víctor Cuesta e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Uendel (Anselmo), Roberson, D'Alessandro (Alemão); Nico López (Valdívia) e Brenner. O time acabou jogando em um 4-4-2, com D'Alessandro e Roberson na armação de jogadas e com Brenner e Nico no ataque.


O gol colorado ocorreu aos 18 minutos do primeiro tempo. Em cobrança de escanteio, D'Alessandro tocou para William e cruzou na segunda trave, para Nico López, que chutou, Marcelo Pitol espalmou, Léo Ortiz furou a finalização e a bola sobrou para Rodrigo Dourado, que chutou para o gol. Aos 28, o Inter chegou com Uendel que fez cruzamento para Roberson, que disputou a bola, fazendo falta e Nico López chutou para o gol, mas a jogada já estava paralisada.


Aos 38, Gian avançou pela esquerda e fez cruzamento da linha de fundo, Roberson deu um carrinho, para evitar a jogada e a bola bateu na mão do atacante colorado, mas a arbitragem marcou apenas o escanteio, não vendo a possível penalidade ao Caxias.


No segundo tempo, a melhor chance colorada foi aos 19 minutos, quando D'Alessandro cruzou da direita, Roberson cabeceou e Marcelo Pitol, fez grande defesa, no rebote, Brenner cabeceou e Pitol mandou para escanteio. Aos 21, William errou no quique da bola e Júlio César saiu em contra-ataque para o gol. O lateral, acabou cometendo falta, levando o segundo amarelo e o cartão vermelho. Aos 31, Júlio César recebeu na direita e cruzou para Gilmar, que cabeceou para o gol, mas corretamente foi marcado o impedimento.


Antonio Carlos Zago, hoje digamos que teve a desculpa de ter o cansaço do time, devido ao acúmulo de jogos, para realizar algumas das alterações, mas sigo não entendendo, porque em todo o jogo do Inter ele tira Nico López de campo, parece perseguição com o gringo, que hoje era mais uma vez nosso principal jogador nas ações ofensivas.

Zago acabou perdendo Edenilson no aquecimento e colocou Roberson, mudando a formatação do meio-campo, mas o time, pelo menos enquanto teve gás, mostrou boas ações em campo. No segundo tempo, o time sentiu a maratona de jogos e acabou sofrendo pressão do Caxias, que pareceu também cansar.

Com o resultado, o Inter tem a vantagem do empate em Caxias do Sul, no próximo domingo, no Centenário. Se o Caxias vencer por 1 a 0, leva a decisão para os pênaltis. O Caxias só avança as finais se vencer por dois gols ou mais de diferença. 

Nenhum comentário