Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor SÃO PAULO - Falhas de Ceni, Denis e cia sacramentam goleada.


Paulistão 2017 - Palmeiras 3 x 0 SÃO PAULO

Escalação
Denis; Buffarini, Douglas, Rodrigo Caio e Junior Tavares; Jucilei, João Schmidt, Cícero, Thiago Mendes, Luiz Araujo e Lucas Pratto.

O jogo

Primeiro tempo. A postura do São Paulo foi bem diferente dos demais jogos. Contusão de Sidão e Cueva deram oportunidades para Denis e Thiago Mendes (???) mostrarem serviço. Nos primeiros 45 minutos houve disputa tática pelo meio do campo.  Poucas chances criadas. Lucas Pratto levou a pior numa disputa e quebrou o nariz. Ainda assim pediu para voltar ao campo. Com Michel Bastos (ex-SPFC) querendo mostrar serviço já deixou Denis preocupado num chute de fora da área. A pressão palmeirense se seguiu muito por conta de falha de passes e descuidos com a bola nos pés. Michel Bastos ficou na responsa de crescer pra cima de Junior Tavares. Dudu caiu pra cima do Buffarini (já que ele não é confiável). Com 20 minutos a primeira chegada do São Paulo. Thiago Mendes toca para Lucas Pratto, no meio de campo, que devolve lançando pela direita. Thiago cruza, Prass desvia de leve, Pratto recupera a bola e chuta para o lado de fora.  Em mais um lance, agora de falta, Thiago Mendes manda bola para fora, mas raspando a trave. Aos 39 o prelúdio do que viria minutos a seguir. Em boa jogada de Tchê Tchê se desvencilha da marcação e tenta de cobertura. Ele erra por muito. Aos 45 minutos, Egídio marca sobre Buffarini, que perde a bola, Toca para Dudu que apenas gira, domina e chuta de longe (50 metros) da lateral ao gol, de cobertura.  1 x 0.



Segundo tempo.  Ceni tira a marcação que havia no meio-campo com Jucilei e ousa colocar Wellington Nem, recuando Thiago Mendes. O São Paulo tenta empatar em lance de falta de Junior Tavares, mas erra o alvo. Logo em seguida Fabiano cruza na área, Denis tira de forma errada sobrando para Willian bater forte. Denis defende, mas o rebote vai para Dudu que manda para fora. Aos 10 minutos Michel Bastos encontra Tchê Tchê pela direita que só ajeita e manda uma bomba de pé esquerdo e amplia o placar. 2 x 0.  Sem opções de marcação, mas dando um jeitinho, Ceni tira João Schmidt e dá oportunidade ao jovem Lucas Fernandes. Luiz Araujo rouba bola de Mina, mas que Lucas Pratto aproveita mal chutando fraco. Egídio e Guerra fazem Denis fazer milagres, mas não por muito tempo. Borja é lançado na área, Denis poderia ter chegado antes na bola e falha em pega-la. Tromba com Guerra que só empurra para as redes. 3 x 0. Com este placar construído o Palmeiras renova o ataque e Ceni tenta se defender colocando Araruna em lugar de Luiz Araujo. Daí para o fim não há mais nada.



Opinião
O São Paulo não apenas deixou de ser ofensivo com sua escalação como também ao longo do jogo se desfez defensivamente. Muito se falou do erro de Denis, mas onde estavam Rodrigo Caio e Douglas no segundo gol? Onde estava a cabeça de Buffarini no primeiro gol? Denis falhou e muito no terceiro gol. Como pode armar um ataque com Thiago Mendes na esquerda? Jucilei que era marcação do meio-campo ficou sozinho o tempo todo. Foi substituído para alegria palmeirense. Já estavam ganhando a lateral e dominaram o meio-campo também. Mesmo com Cueva fora, o ataque não se ser alterado assim num clássico na casa do adversário. Aliás Cueva é jogador de frente e não de zaga. Porque não surpreender num conservador 4-4-2: Luiz Araujo e Lucas Pratto. Jucilei e Wellington. Cícero e Thiago Mendes à frente?

Ceni falhou na inocência em campo adversário. O Palmeiras foi o último campeão brasileiro e se reforçou com time milionário. Conhecer o adversário faz com que você o vença não indo para cima, mas usando de estratégia sobre o ponto fraco. Poderia ter se resguardado para lances de contra-ataque. Ganhar um falta perto da área ou escanteio. Fazer o simples. Ser humilde.

Que sirva de lição para todos! Não é esse jogo que faz o Ceni ter um péssimo trabalho, porém sempre pode melhorar. A defesa deve melhorar e muito e não é de hoje.


Próximos jogos
Copa do Brasil - ABC x São Paulo 15/03 às 19:30
Paulistão - São Paulo x Itu - 18/03 às 16h

Nenhum comentário