Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor INTER - D'Ale marcando gol e defesa vazando

Pessoal, mais um Papo de Torcedor INTER, aqui no Jovens Cronistas, para repercutir o empate do Internacional, no Beira-Rio, contra o Caxias, pela 3ª rodada do Campeonato Gaúcho. O time segue sem vencer na competição e Zago parece que ainda não conseguiu definir seu time ideal.

O Inter foi a campo com Danilo Fernandes; Alemão, Klaus, Ernando e Uendel; Anselmo (Carlinhos), Rodrigo Dourado, Charles, D'Alessandro e Valdívia (Carlos); Roberson (Seijas). No 4-3-2-1, com a entrada de Ernando para o lugar de Paulão, em relação ao time que venceu o Fluminense no meio de semana, pela Primeira Liga.

Aos oito minutos, Márcio Goiano cobrou falta, a defesa afastou e na sobra, Elyeser chutou para defesa de Danilo. Aos 19, Dourado tocou para Anselmo, que chutou da intermediária e Pitol defendeu. Aos 25, D'Alessandro cobrou falta e a defesa do Caxias afastou para escanteio. Aos 28, Wagner chutou da intermediária, Gilmar desviou de letra e Danilo defendeu. Aos 31, Wagner foi lançado pela esquerda e chutou cruzado, para defesa de Danilo Fernandes. Aos 38, D'Alessandro cobrou escanteio e Ernando cabeceou para fora. Aos 40, Alemão passou para Valdívia, que, da entrada da área, chutou de primeira e Pitol defendeu.


No segundo tempo, aos cinco minutos, Wagner chutou de muito longe sobre o gol. Aos 10, D'Alessandro cruzou para a área, a defesa afastou parcialmente e Carlos, que fazia sua estreia com a camisa colorada, dominou no peito e chutou de sem-pulo, rente à trave direita. Aos 29, Roberson recuperou a bola dentro da área e tocou para Uendel, que cruzou para D'Alessandro, que chutou de primeira, de direita, marcando o gol colorado.

Aqui fica aquele sentimento estranho, de que se D'Alessandro não tivesse sido emprestado pela direção maldita, para ir jogar no River Plate, nosso ano não teria sido tão melancólico com o rebaixamento. Não sei como tem gente da crítica esportiva gaúcha, que me diz que D'Alessandro não é essencial ao time. Só acho que ainda falta parceria para ele na armação de jogadas.


Voltando ao jogo, aos 28, Charles tentou cruzamento e a bola bateu no travessão, na sobra Carlinhos fez novo cruzamento, a bola sobrou para Roberson que chutou e Marcelo Pitol defendeu. Aos 35, o Caxias chegou ao empate. Após cobrança de lateral, Júlio César foi lançado em profundidade na direita, cruzou rasteiro para Reis, que se antecipou à Alemão e chutou para o gol. Aos 39, Ernando afastou parcialmente uma bola e na sobra Marlon chutou para fora. Aos 41, Carlos recebeu na linha de fundo e tentou encobrir Marcelo Pitol, que defendeu.

Ernando zagueiro Inter (Foto: Tomás Hammes / GloboEsporte.com)

Pra variar, com a volta de Ernando ao sistema defensivo, sofremos um gol. Ele para mim já ficou marcado pela falha grotesca, que cometeu no Grenal do Beira-Rio, onde deixou Douglas marcar o único gol da partida. Ele é um zagueiro muito bonzinho e sinceramente, para mim zagueiro bom, só se for de uma técnica muito apurada, como por exemplo era Aldair, zagueiro bonzinho, meia-boca, não me serve.


Suas palavras após a partida, me preocupam, claro que todos sabemos que é uma equipe em formação, mas não posso admitir que ele tenha dito que devagar a gente espera achar o jeito ideal para jogar. Pois a temporada esta correndo e o time precisa o quanto antes encontrar uma forma ideal de jogar.

A formação no 4-3-2-1, me agrada, mas é preciso definir, logo, que será a dupla de zaga. Pelo que ele tem nos demonstrado será Klaus e mais um zagueiro. Gostaria de ver Eduardo ter nova oportunidade, não dá para crucificar o guri, só pela falha do gol contra o Veranópolis. Se fosse assim Ernando e Paulão que falharam o ano passado inteiro, nem mereceriam estar jogando.

Sobre o centroavante, Zago tem que dar oportunidade a outros e parar de insistir no Roberson, que parece não ter confiança, por ainda não ter marcado com a camisa colorada. Eu daria nova chance ao Aylon, que sempre quando jogou marcou gols na última temporada e não sei porque, nesse ano, vem recebendo poucas oportunidades.

Com o empate o time é apenas o nono colocado, com dois pontos e um aproveitamento de 11,11%. No próximo domingo, o Inter visita o Passo Fundo, pela quarta rodada, mas antes nesta quarta-feira, o time estreia na Copa do Brasil, contra o Princesa do Solimões, em partida que será realizada em Cascavel no Paraná, coisas da CBF e do Princesa, que vendeu o mando de campo, em busca de maior renda.

Nenhum comentário