Banner 1

JC Agora

Os Profetas do Antigo Testamento - Ezequiel

Iniciamos hoje uma nova fase de estudos no blog 'Ganhando Almas - Mais Palavra, mais Almas' e também no 'Jovens Cronistas'. Sempre que possível espero estar trazendo algo relacionado aos profetas do Antigo Testamento. E uma história que vem me chamando a atenção e veio ao meu coração para que eu pudesse compartilhar com os amigos é a história do profeta Ezequiel. 'O profeta do exílio', isto porque ele foi a pessoas designada por Deus para pregar aos judeus exilados na Babilônia, por volta do ano 597 a.C.  Sua terra havia sido invadida pelo caldeus nesse tempo, e Ezequiel foi levado cativo para Babilônia com aproximadamente dez mil pessoas, a maioria de judeus. 

Imagem ilustrada, de Ezequiel profetizando aos cativos na Babilônia


Quem foi Ezequiel? 

- Nascido em Judá, Ezequiel havia sido educado para se tornar um sacerdote. 30 anos era a idade normal para se tornar um. Porém após ser exilado, quando já estava na Babilônia, Ezequiel recebeu um chamado da parte de Deus para ser um profeta. Sua missão seria pregar em terra estrangeira, na Babilônia. Algo que Ezequiel cumpriu. Ele ministrou para os cativos israelitas por pelo menos 22 anos.

Curiosidade: O nome 'Ezequiel' significa 'Deus é forte' ou 'Deus fortalece'. Isto resume bem o propósito do livro, de que apesar do cativeiro, o poder soberano de Deus sempre prevalece; Ele julgará seus inimigos e restabelecerá o seu verdadeiro povo.

A missão de Ezequiel para os cativos: 

- Já sabemos que ele foi levado cativo para a Babilônia e também de que tinha a missão de ministrar para os cativos que foram levados com ele. Mas o que ele teria que pregar ou profetizar? A mensagem de Ezequiel aos cativos era primeiramente, para ajudar os exilados a compreenderem os motivos que levaram Deus a permitir que fossem exilados (o motivo foi o pecado da nação, ao se afastarem de Deus para servirem deuses construídos pelas mãos de homens. Israel deixou o Criador, para servirem às "criaturas".). Outro motivo, era eliminar a falsa esperança de que o exílio seria breve. O terceiro motivo que levou Deus a usar Ezequiel para profetizar, era transmitir uma mensagem de esperança ao povo, mesmo que demorasse para terminar o cativeiro, a Salvação um dia viria. E para finalizar, o quarto motivo era conscientizar os judeus de sua dependência de Deus. Israel teria que se arrepender de seus pecados que outrora cometeram, e voltarem novamente suas atenções para o Todo Poderoso e único Deus!

Ezequiel: O atalaia espiritual:

No capítulo 3, do versículo 16 em diante Deus coloca Ezequiel como um 'atalaia'. Mas o que era um atalaia? O papel de um atalaia era vigiar em cima do muro da cidade (porque as cidades tinham muros para proteger as nações de ataques de inimigos), a fim de advertir as pessoas sobre algum perigo próximo. O papel que o profeta Ezequiel tinha era de um atalaia espiritual. Caso um atalaia falhasse na sua missão, o mesmo pagaria com a sua vida. Em Ezequiel 3: 18-19 Deus coloca uma grande responsabilidade em suas mãos: "Quando eu disser ao ímpio (ou pecador): Certamente morrerás; não o avisando tu, não falando para avisar ao ímpio acerca do seu caminho ímpio (ou pecaminoso), para salvar a sua vida, aquele ímpio morrerá na sua maldade, mas o seu sangue da tua mão o requererei.".  Ou seja, assim como o atalaia pagaria com sua vida caso falhasse em avisar as pessoas do perigo se aproximando, Deus também requereria de Ezequiel o seu sangue, caso não avisasse aos pecadores que seus atos confrontavam Deus e que o SENHOR ordenara que eles se arrependessem de suas maldades.

Isso se parece muito com nossos dias. Os cristãos tem uma missão diária de tentar ganhar almas para Jesus. Temos uma missão de pregar as boas novas aos que estão perdidos nos caminhos ímpios, de maldades. Mesmo que a maioria venha rejeitar o aviso do Senhor, de que um dia serão julgados por seus atos pecaminosos caso não voltem seus corações a Deus, nós temos que fazer a nossa parte de pregar o evangelho, pedindo para que as pessoas aceitem a Jesus Cristo, creiam de Ele é o único que pode perdoar seus pecados e os levarem a presença do Pai. Nesse ponto, nossa missão atual se parece muito com a missão que teve Ezequiel naquele tempo. 

Este foi apenas um resumo de uma grande história que encontramos no livro de Ezequiel. Considerado um 'profeta maior' pelo seu livro possuir muitos capítulos, Ezequiel profetizou muito. Encontramos muitas profecias e passagens conhecidas no seu livro, que não citei nesse post, como por exemplo o 'vale de ossos secos'. Espero em breve e sem demora, trazer outras curiosidades e profecias deste profeta que cumpriu o que Deus mandou! 

Um abraço a todos os amigos leitores e que Deus abençoe a sua vida.

2 comentários: