Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor CORINTHIANS - Pra dar confiança!


Amigos, Nação Corinthiana, estamos mais uma vez juntos, após um duro golpe com uma atuação muito abaixo do padrão, além da perda de Luciano que nos gerou muitas dúvidas. O desafio deste domingo foi encarar o Cruzeiro em casa, e nada melhor quando sofremos um duro golpe, do que estar em nossa casa, com nossa família, com as pessoas que amamos e nos amam, e foi isso que vimos na Arena Corinthians neste Domingo (23), ante um adversário praticamente indefeso, fizemos um grande jogo, Vágner Love que foi escolhido á contragosto da maioria de nós (inclusive e sobretudo do que vos fala) respondeu finalmente, e veio uma grande vitória por 3 x 0 ante o Cruzeiro, onde vimos uma movimentação excelente de nosso sistema ofensivo e que traz uma luz diferente para quarta-feira, vamos ao jogo.


O Corinthians começou como tem de começar todos os duelos, dentro ou fora de casa, muita movimentação, sufocando o adversário, trocas de posições, foi uma movimentação frenética que deixou o adversário nas cordas, isso propiciou a abertura rápida do placar, logo aos 14 minutos na jogada de Malcom, onde Elias finalizou e no rebote (onde sinceramente não vejo falha de Fábio) Vágner Love bem posicionado tocou pro gol para desencantar, seria a redenção? Após o gol o time seguiu melhor, porém o segundo gol não saía e o jogo começava a ficar perigoso, o Cruzeiro chegou ao ataque por duas oportunidades e poderia ter empatado a partida, mas a tranquilidade veio no finalzinho da etapa inicial, Mayke errou ao evitar uma saída de bola pela lateral e pegamos a defesa azul aberta, Renato Augusto arrancou e deu assistência precisa pra Love que furou feio, mas logo atrás dele estava livre Jadson para marcar o gol da tranquilidade, íamos ao intervalo com 2 x 0, um placar que fez jus á superioridade do time tanto no momento, quanto na partida em si.

A etapa final já começou com alegria para a Fiel, novamente em grande arrancada do destaque do jogo Malcom, veio o passe preciso para Love matar de vez o jogo aos dois minutos da etapa final, á partir daí foi administrar o placar, guardar forças para a dura missão de quarta-feira, o Cruzeiro era praticamente inofensivo, se complicava sozinho na saída de bola, o placar estava definido.

É claro que os holofotes vão para Love, em parte com razão, afinal ele anotou os dois gols, mas acho como já dito que o grande nome do jogo foi Malcom, também já muito criticado por mim, mas creio que é foi o melhor jogo dele pelo Corinthians, e é dessa forma, com essa intensidade que o time deve atuar na quarta contra o Santos, visando a classificação na Copa do Brasil, muita intensidade, uma movimentação intensa desse sistema ofensivo como hoje, Tite cumprimentou efusivamente Love na saída de campo, tá claro que ele ainda se embanana com a bola, mas como Renato disse á beira do campo, Love tem de se preocupar em finalizar bem, e isso ocorreu em duas oportunidades hoje, creio que encontramos uma maneira de fazer o atacante funcionar finalmente, preparar toda a jogada com maestria para que ele possa finalizar, não é sempre que faremos uma partida tão brilhante, nem que encontraremos um sistema defensivo tão perdido quanto o do Cruzeiro, mas aí entra um fator fundamental que é a confiança, e se o Artilheiro do Amor readquirir a confiança, sabe sim jogar futebol e pode fazer os gols que precisamos para seguir lutando pelo título nas duas competições que disputamos.


Curta nossa Página: Jovens Cronistas! (Clique)

Foto: FolhaPress



Nenhum comentário