Banner 1

JC Agora

UEFA Champions League - Velhos conhecidos se enfrentam e apimentam briga nas quartas de final



Olá fãs do melhor futebol do mundo! Nesta sexta-feira, a Uefa realizou em sua sede o sorteio das quartas de final da Uefa Champions League, a liga mais valorizada e cobiçada de todo o mundo! O sorteio afunilou ainda mais a luta pelo título europeu, colocando frente a frente grandes times e recordando confrontos memoráveis de um passado recente, como as quartas de final de 2013 entre Barcelona e Paris Saint-Germain, jogo que marcou a lesão de Messi que atrapalhou todo o restante de sua temporada, ou ainda a final do ano passado, a partida definida nos acréscimos entre Atlético de Madrid e Real Madrid.
A briga fica cada vez mais forte e erros são quase uma sentença de morte numa das fases mais importantes dessa grande competição que mexe com todo o mundo. Acompanhe nossa análise jogo a jogo e deixe sua opinião no final do artigo:

Paris Saint-Germain x Barcelona

E o destino insiste em cruzar franceses e espanhóis na Champions League. Há dois anos atrás, as equipes faziam um duelo muito equilibrado, decidido nos gols fora de casa. Ainda no distante ano de 1995, as equipes também se enfrentaram, e os parisienses eliminaram a equipe catalã, também pelo placar apertado de 3 a 2.
Nesta edição do torneio, as oitavas de final se mostraram caminhos bastante distintos para os dois clubes. O Barcelona conquistou o avanço com certa facilidade sobre o Manchester City, já o Paris SG travou um duelo histórico contra o Chelsea em Londres, com direito a gol nos últimos minutos da prorrogação e uma vaga conquistada com suor e superação.
Embalados pelo estímulo financeiro e a possibilidade de fazer história, o elenco do Paris Saint-Germain vê a chance de revanche contra o Barcelona no duelo, que certamente será um dos mais bem jogados desta fase. A qualidade dos elencos e a maneira com que as equipes vêm se apresentando apenas aumentam as expectativas para uma partida emocionante, tanto em termos de resultado como nas belas jogadas de seus integrantes.
O único desfalque certo do jogo é Ibrahimovic, o principal artilheiro do time francês está suspenso pela expulsão na partida de volta das oitavas de final contra o Chelsea. Laurent Blanc terá a missão de montar um time competitivo e que dispense a presença do polêmico atacante sueco, o que se torna mais fácil num plantel com opções como Ezequiel Lavezzi e Javier Pastore. Luis Enrique tem a equipe completa a princípio e conta com um bom dia do trio MSN para conquistar um bom resultado na casa adversária e poder confirmar a classificação em casa.
É um jogo sem favorito. Duas grandes equipes com jogadores capazes de mudar o rumo dos acontecimentos e decidirem o jogo para suas equipes. Será uma partida definida nos detalhes, onde quem errar menos, sairá classificado.

Atlético de Madrid x Real Madrid

Jogo duríssimo! Uma simples palavra que define o que promete ser o clássico de Madrid nas quartas da Champions. Um time em princípio de crise, ou pelo menos, um mal-estar entre elenco e torcedores. Uma torcida insatisfeita e que cobra resultados de um elenco galático, mas tudo isso pode mudar do lado merengue até o dia do confronto. Vale lembrar que as partidas de ida serão realizadas apenas dias 14 e 15 de abril, daqui a quase três semanas, ou seja há muitas águas a rolarem na história de todas as equipes.
O Atléti vem com sangue nos olhos! Não há como esquecer a dramática final do ano passado, a derrota nos segundos finais (sim, pois foi o gol de empate que levou a equipe à todo aquele desfecho dramático) e o desejo de dar um fim a lenda dos "pupas", algo conhecido em Madrid e que persiste desde a primeira final de Champions do clube, na qual os Colchoneros foram derrotados pelo Bayern apenas no terceiro jogo da decisão, já que ambos haviam vencido os dois primeiros por 1 a 0.
Não há motivação maior que provar ser melhor que o rival estrelado, ou recuperar o carinho e a confiança da torcida. O clássico, a rivalidade do jogo é grande por si só, a vaga nas semi-finais é apenas mais um fato que leva a partida a tornar-se ainda mais decisiva.
Se de um lado temos a habilidade, a nata do futebol, no outro temos a garra, a raça do futebol de raiz. É o contraste do confronto regional desta fase da Champions League. Quem conseguir equilibrar melhor esse contraste e colocar seus jogadores motivados em campo, mas fazê-los, acima de tudo, jogar futebol, tem grandes chances de sair vencedor e derrotar o seu grande rival.

Porto x Bayern München

Uma pergunta pode definir o que virá a acontecer nesse confronto: qual será o Bayern que entrará em campo? Irregular, o time alemão alterna entre excelentes e más atuações durante o segundo semestre da temporada europeia. Como exemplo, citamos o confronto contra o Shakhtar pelas oitavas da Champions League, uma partida sonolenta de um 0 a 0 sem história em Lviv e uma show de gols, uma lavada em cima dos ucranianos na Allianz Arena, 7 a 0! O Porto chega para o confronto mais tranquilo que a equipe alemã, mas não menos preparado. Alcançando uma fase que já não era esperada, os portugueses (que ainda lutam pelo título nacional) vão em busca de um bom resultado em casa, para tentar a sorte em Munique e quem sabe, relembrar os tempos de glórias da equipe.
Apesar da irregularidade durante a segunda metade da temporada, o Bayern vem eliminando essa fama nos últimos jogos da Bundesliga, e vem aplicando grandes goleadas sobre seus adversários, restabelecendo a confiança dos torcedores no time de Guardiola. Depois de um avanço tranquilo e uma campanha invicta até aqui, o Porto baseia-se na continuidade do bom trabalho de Julen Lopetegui à frente da equipe. Ciente de que não tem um time tão qualificado quanto o adversário, o Porto deve conter os ânimos e não repetir a atuação frenética que teve contra o Basel, na qual conquistou a classificação para as quartas. O dilema fica na cabeça dos treinadores espanhóis em decidirem como armar seus times e encontrarem uma forma de partirem para o jogo sem expor demais suas defesas.
Será um jogo interessante para vermos qual a verdadeira capacidade do Porto. Depois de oito jogos invicto, o time tem um adversário favorito ao título pela frente, e precisa mostrar serviço se quiser seguir adiante. O primeiro jogo será fundamental, especialmente para o Porto, que precisa de um resultado positivo em casa se quiser seguir adiante, e para conseguir tal, se apoiará na torcida, que marcará presença após ver seu time novamente entre os grandes da Europa.

Juventus x Mônaco

Depois de despontar para o mercado mundial com a injeção de muito dinheiro no cofre, ver seu dono falir e tentar reerguer-se a tempo, o Mônaco chega aonde não imaginava, as quartas de final da Champions League. O adversário, a Juventus da Itália, também surpreendeu boa parte dos fãs ao derrotar o embalado Borussia Dortmund, que somava uma  única derrota em seis jogos na UCL. Poucos esperavam, mas eles chegaram lá, e agora estão a uma passou de uma vaga entre os quatro melhores clubes do continente! 180 minutos de um confronto bastante parecido definirão um semifinalista da maior competição interclubes do mundo, e quem acha que o jogo já está definido, precisa repensar seus conceitos...
juve getty1 300x228 Juventus prepared to go into battle against CelticA Juventus tem como vantagem o fator casa. O time joga bem dentro de Turim, se impôs na fase anterior e conseguiu uma boa vitória, que abriu caminho para a consequente classificação. Apesar disso, a virtude do Mônaco na última fase foi exatamente o oposto: a defesa na casa do adversário.
A marcação dos monegascos funcionou perfeitamente em Londres, e uma outra questão muito importante também foi bem aproveitada pela equipe de Mônaco, o contra ataque. Com jogadores rápidos os bastante para puxar um contragolpe em velocidade e um finalizador nato, que conclua a jogada com frieza, a arma da equipe, quando bem executada, é altamente mortífera! Os três gols no jogo de ida saíram assim, e com certeza também farão parte da rotina de treinamentos do clube o posicionamento e a saída em velocidade, especialmente em cima da lenta zaga da Juve.
Não, não será uma partida fácil para os italianos, muito menos para os monegascos. Quem utilizar melhor sua inteligência e aproveitar as oportunidades que tiver sairá vencedor do confronto, e colocará seu nome na história, mesmo quando ninguém esperava.

Nenhum comentário