Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor INTER - Boas notícias, velhos problemas

Pessoal, mais um Papo de Torcedor Inter, aqui no Jovens Cronistas, repercutir o empate maluco de 4 a 4 do Internacional contra o São José pelo Gauchão 2015. É inconcebível o Internacional sofrer 4 gols do Zequinha, ainda mais depois de estar vencendo por 3 a 0. Mas tivemos boas exibições, como a estreia de Vitinho, a boa participação de Eduardo Sasha e até mesmo a boa participação de Luque, o problema como sempre foi a nossa defesa, a mesma de 2014, que mostrou toda sua fragilidade.

O Inter foi a campo com Alisson, Cláudio Winck, Ernando, Paulão e Fabrício, Nilton, Aránguiz (Bertotto), D'Alessandro, Eduardo Sasha, Vitinho (Luque) e Nilmar (Rafael Moura), em uma escalação bem ofensiva, mas que não possui o balanço defensivo necessário para ser utilizada, com eficiência.


Logo no inicio, aos 2 minutos, Vitinho já mostrou que será um grande acréscimo ao elenco colorado e abriu o placar com um chute da entrada da área, marcando 1 a 0. O time mostrava assim toda a velocidade tão pedida pelos torcedores, com Sasha e Vitinho, pena que Nilmar ainda parece estar um pouco abaixo da forma ideal, pois com este três em grande forma, será interessante a formação ofensiva.

O jogo continuava aberto com ambas as equipes atacando, o São José criou duas oportunidades aos 16 e aos 24. Mas o Inter ampliou aos 27 minutos, após cruzamento de D'Alessandro, Eduardo Sasha cabeceou para o gol. Mostrando que ele merece sim uma oportunidade como titular na equipe.


Após boa jogada de Cláudio Winck, Eduardo Sasha invadiu a área e cruzou rasteiro, a bola passou por Nilmar, pelos zagueiros do São José e encontrou Vitinho, que mandou para o gol e assim ele marca dois gols em sua estreia pelo Internacional.

Com o 3 a 0, o jogo parecia definido, e só teríamos o passar do tempo para garantir a vitória colorada, mas quem tem Paulão, Ernando e Fabrício, não pode dar o jogo como ganho e aos 38, o São José descontou com Jô, após este receber cruzamento de Bindé. Três minutos depois o Zequinha voltou a marcar, após nova jogada de Bindé, que cruzou para Reinaldo, cabecear e fazer o 3 a 2.


No segundo tempo, Nilmar logo aos 5 minutos, quase ampliou ao dominar a bola por diversas vezes, girar e chutar para a defesa de Fabio. O jogo depois teve uma queda de produção e o Inter voltou a marcar aos 25 minutos, quando Luque, que havia entrado no lugar de Vitinho, fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Eduardo Sasha marcar assim como Vitinho, seu segundo gol na partida.


Com o 4 a 2, parecia que novamente a tranquilidade voltava ao Internacional, mas aos 31, Jô fez um golaço de bicicleta que encobriu Alisson, que não estava em noite muito inspirada e com o 4 a 3, os minutos finais foram de tensão e o desastre se confirmou aos 45 minutos, quando Rafinha chutou de fora da área e Alisson caiu atrasado e não defendeu o chute e estava decretado o 4 a 4, e assim o Inter chega a seu segundo empate no Gauchão 2015.

Sobre o resultado, com todo respeito ao São José é inadmissível o Internacional tomar 4 gols no Beira-Rio, ainda mais depois de estar vencendo por 3 a 0. Deu gosto de ver a formação ofensiva com Vitinho e Sasha colocando a tão desejada velocidade ao time. Porém nossa defesa foi mais uma vez um desastre, a boa notícia é que Réver ainda não estreou e acredito que nossa defesa titular deverá ser com ele e Juan, pois Paulão sabemos que tem suas limitações e suas bicicletas, nos ajudarão esporadicamente e Ernando, parece que não esta em um bom momento.

Mas o grande quebra-cabeça, será a formação de meio-campo do Internacional, pois Nilton ainda não demonstra estar em boa forma, Aránguiz, não é um volante que fica protegendo a defesa é um meia central, que auxilia a defesa e aparece de surpresa ao ataque. Anderson ainda não estreou e D'Alessandro espero que cresça nos grandes jogos, só não concordo com esta perseguição da imprensa a questionar a qualidade dele.

Para terminar, não concordo com Píffero, que veio a discursar que quer ver Anderson no time e disse que poderia tirar Eduardo Sasha, algo a lamentar, pois logo após em uma partida em que ele marca dois gols. O que o Inter precisa vasculhar no mercado é um volante, pois além de Nilton e Aránguiz, só temos jogadores jovens no elenco, não dá para ficar esperando Wellington Martins se recuperar.

No próximo sábado o Inter recebe o Novo Hamburgo no Beira-Rio, ainda em busca da primeira vitória na competição.



Nenhum comentário