Banner 1

JC Agora

Cristiano Ronaldo é pela 3ª vez Bola de Ouro. Merecido?


Amigos, nesta tarde ocorreu na sede da FIFA na Suíça, a premiação "Bola de Ouro", que premia várias categorias, dentre elas a mais esperada, a de Melhor jogador do Mundo, e Cristiano Ronaldo, que era franco favorito neste ano, confirmou essa condição e foi pela terceira vez eleito, encostando em Messi que tem quatro títulos. Á parte de preferências pessoais, analisando a performance dos atletas dentro do período, foi uma escolha justa? É isso que vamos debater á partir de agora.

Vejam, sempre prefiro analisar performance, percepção de jogo em relação aos números, evidente que os números dizem muito, afinal, eles não mentem, mas acho que a análise tem de ser feita em relação produção do atleta como um todo, e muitas coisas os números não dizem de todo. O fato é que Cristiano Ronaldo teve uma grande temporada, comandando o Real Madrid nas suas conquistas na temporada, marcando muitos gols, sendo o destaque maior do time que hoje briga com o Bayern pela condição de melhor time do mundo, o fato é que a temporada mais brilhante foi do Português, e desse modo a escolha pareceu ser a mais justa.


Quanto á Messi, é bem verdade que ele é um gênio, que ele quebrou recordes importantes nessa temporada, mas é importante lembrar que mais uma vez, foi uma temporada em que Messi não foi aquele Messi encantador de sempre, teve momentos de "apenas" craque, teve momentos em que não apareceu tanto pro jogo, tanto é que Neymar HOJE é quase tão fundamental para o Barça quanto ele, na Copa decidiu jogos complicados para a Argentina, mas há muita gente que crê que Mascherano foi superior a ele, e outros até incluem Di Maria nisso, Messi teve conquistas pessoais importantes nessa temporada, mas até pelo que já o vimos fazer, era o terceiro nome nessa disputa, no nosso entendimento (a discordância respeitosa e fundamentada é livre), avaliando o ano.

Neuer, eu creio sim, que seria justo colocá-lo na disputa, pela qualidade demonstrada, um goleiro fenomenal no gol, com uma colocação esplêndida e muita elasticidade nas raras vezes em que ela é necessária, e um atleta veloz apesar de sua estatura, com capacidade técnica e física para atuar como um "falso líbero" tanto na saída de bola, quanto em intervenções defensivas, Neuer já se coloca como um dos grandes da história em sua posição. Outro fator que discordo é isso de que "goleiro não joga", e seria necessário um prêmio de maior destaque só para goleiros, nada disso. O goleiro é peça fundamental do jogo, e num futebol cada vez mais moderno e físico, o que já fazia Rogério Ceni e agora Neuer, essa questão do goleiro ser também uma peça tática do jogo será cada vez mais importante, logo esse argumento perde (se é que tem) valia.


Quanto a Seleção da FIFA, é complicado, talvez um dos zagueiros Brasileiros pudesse ser substituído por Alaba e com isso Sérgio Ramos passaria para a zaga, no meio há muitos destaque sim, mas Yaya Touré poderia ter ficado com uma vaga, e aí penso que tiraria Iniesta, no mais está correta a Seleção.


Sobre Joachim Low ser eleito o Melhor Treinador de 2014, o trabalho fantástico feito com a Alemanha, comandando um time muito forte coletivamente, onde nenhum dos talentos individuais ofusca o coletivo o credenciou para a vitória merecida, mas é preciso sempre mencionar honrosamente Simeone, pelo magnifico trabalho á frente do Atlético de Madrid. 


Sobre o Prêmio Puskas, evidente que a atmosfera de um maracanã de Copa, um jovem jogador Sul-Americano, são fatores que influenciaram no voto em James Rodriguez, mas não seria esse o eu voto, aliás, no meu entendimento o gol de Stephanie Roche que é parecido, foi plasticamente mais bonito inclusive, eu teria votado no golaço de Van Persie, pelo ineditismo e beleza plástica do lance, um lançamento fantástico, e um mergulho de sincronia perfeita, seria o meu voto, mas ficou em 3º lugar.



É isso amigos, essas são as nossas impressões sobre a premiação de Gala da Fifa. E você, o que pensa? Opine!


Curta nossa Página: Jovens Cronistas! (Clique)

Foto: AFP



Nenhum comentário