Banner 1

JC Agora

River vence o Atlético Nacional conquista a Copa Sul-Americana


Foram 17 anos de espera, uma segunda divisão e depois de todo esse tempo, em 2014 ressurge um gigante argentino. O River Plate. Bastaram 8 vitórias e 2 empates, para o clube Millonario, enfim voltar a gritar campeão em um torneio intercontinental e festa começou após a vitória de 2x0 sobre o Atlético Nacional, porém as vitórias sobre o Estudiantes nas quartas de final e o grande rival Boca Juniors na semifinal . Parabéns River, campeão da Copa Sul Americana.

A partida

No inicio da partida o Atlético Nacional já teve duas chances com Cardona. Uma em uma jogada aérea e outra em cima do gol do Barovero. Aos 9 minutos o River teve a primeira chance com Pisculichi, que bate falta e no Rebote, o Uruguaio Sachéz chuta para fora, aos 12 minutos Téo Gutierrez quase abre cabeça, após o cruzamento de Vangioni, mas a bola passa por cima do gol. O River teve mais uma chance aos 16 minutos, com o chute de Teo Gutierrez, mas Armani consegue fazer uma bela defesa. Até os 30 minutos, o River esteve melhor, encontrando espaços do Nacional, que tenta se defender e aos 28 minutos, o Millonario teve mais uma chance com Teo, após o cruzamento de Mora. Com 31 minutos, Teo Gutierrez teve mais uma chance, mas chuta fraco para a defesa de Armani, mas aos 32, Mora chuta, mas o goleiro do Nacional faz outra defesa. Aos 33 minutos, o Nacional enfim consegue a primeira chance, após a falha de Funes Mori, Cardona toca para Ruiz, mas a bola foi para fora. Com 38 minutos, o Nacional teve mais uma chance com Cardona, mas Barovero salva o River, com mais uma defesa, aos 45 minutos, Téo teve mais uma chance, após o passe de Mora, mas o atacante colombiano perde um gol incrível, mas Armani saiu bem na defesa.

O primeiro tempo foi bem movimentado, com destaque do goleiro Armani que parou as chances de gol do Téo Gutierrez.

O inicio do segundo tempo, o Atlético começa bem com duas chances, enquanto o River começa amarelado com Funes Mori, mas aos 12 minutos, o River abre o placar com o gol de Mercado de cabeça, após os cruzamento de Pisculichi, mas aos 14 minutos em mais uma cobrança de Pisculichi, mas agora com o Pezzela, marcando o segundo gol para o Millonario. Após o dois gols, o clube Millonario manteve o ritmo da partida até o fim da partida. Após o apito, enfim o River Plate volta conquistar um titulo intercontinental depois de 17 anos, quando o clube conquistava a Supercopa no mesmo Monumental de Núnez.

Para a delírio de toda torcida Millonaria na Argentina e aqui no Brasil, o River está de volta ao cenário mundial. Após a queda em 2011, bastou apenas três anos para a equipe voltar a conquistar títulos. Destaques para o atacante Teo Gutierrez, o uruguaio Sanchéz, Mercado, Mora e Pisculichi, que foi o grande nome dessa final. E claro não podemos deixar de destacar o técnico Gallardo, que após a saída de Ramon Diaz, manteve a base da equipe e nada mais digna de um de um técnico que tem a sua história no clube.

Parabéns para o Atlético Nacional pela campanha e pelo Vice-Campeonato.

A festa do River ainda não acaba, pois ainda podem conquistar mais um titulo para sua torcida no próximo domingo. O clube já conquistou o Torneio Final, o Super Campeonato Argentino e a Copa Sul-Americana.

Ano que vem a disputa da Recopa Sul-Americana será entre San Lorenzo e River Plate.

Parabéns River, Campeão da Copa Sul-Americana

Curta nossa PàginaJovens Cronistas! (Clique)

Texto e Edição: Joseclei Nunes 

Foto:  AFA

Nenhum comentário