Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor CORINTHIANS - O DRAMA do ataque.


Amigos, Nação Corintiana, mais uma vez aqui com vocês, desta vez pra falar de um setor que foi muito problemático para nós em 2014, e no segundo semestre de 2013, que é o ataque. E vocês que nos acompanham sempre, sabem o que sempre dissemos aqui, que meio a gente tem, o problema é que a bola passa voando por ele, e que para o time o falta basicamente um 2º atacante de nível de Corinthians, um cara que seja titular absoluto, e um reserva para Guerrero, que chegou, é o Leandro, que vem da Chapecoense, mas convenhamos que com a atual situação de perda quase certa de Paolo, precisamos de um centroavante de nível, titular, e jogador de Chapecoense não pode ser a aposta, as pretensões do Corinthians são muito maiores, o Corinthians briga por títulos, e não contra rebaixamento.

E em meio a isso, nos deparamos com a contratação de Mendoza, sinceramente me dá dor de estômago passar por uma situação vexatória como essa, e não se trata de "preconceito", trata-se de realidade. O Corinthians tem vários jogadores medianos (para não usar uma palavra mais forte, sinônimo dela) na posição: Malcom, Luciano, Romero, Gustavo, jogador de composição de grupo nós temos, fora que Emerson Sheik se reapresenta, (falaremos disso mais ao fim do texto), o que se precisa é de um jogador de capacidade pra chegar e jogar, que seja um companheiro útil de ataque ao centroavante, que saiba preparar e finalizar a jogada, que seja um ponta de lança de nível do que o Corinthians se propõe á ser, um time campeão. E convenhamos, é um jogador comum, que foi revelado no modesto Envigado, passou sim, por três clubes de maior expressão na Colômbia (na Colômbia), fugiu para a Europa, e conseguiu chegar até a Índia, para ser colega de Elano em um clube e um futebol onde a "qualidade é tão grande", que o treinador Marco Materazzi (Ex-Zagueiro da Seleção Italiana e Internazionale), do alto de seus 41 anos, acumula as funções de técnico e jogador, não bastasse isso, na Índia, esse jogador conseguiu marcar apenas 4 gols.

Quando tu questiona pessoas dentro do clube, a resposta é: "Mas são apenas 120 mil", ok, tomara que eu esteja errado, mas a minha impressão, dado a "capivara" desse atleta, é que serão 120 mil mensais jogados fora, por que não pagar isso pro Gustavo então? Já que é pra contratar revelação, vai no interior, essa negociação na minha visão não tem nenhum nexo, me causa espanto o Edu Gaspar (por quem eu tenho muito respeito e admiração) contratar um atleta por Youtube, me ajuda ai. É mais um jogador que virá, e logo estará emprestado, conosco pagando quase a totalidade de seu salário, gostaria de crer que ele possa me calar, mas em um time com as pretensões do Corinthians, a expectativa é de que nem espaço para isso ele tenha.

A saída de Paolo Guerrero é praticamente certa, é uma pena, é um jogador de muita qualidade, que decidiu muito para o Corinthians, em todos os momentos de sua passagem, mas fazer o que, o futebol é profissional, e ele tem propostas, do Oriente Médio, da Itália, da Inglaterra, e é a lei da oferta, ou o Corinthians paga, ou termina a relação profissional, não há nada de mercenarismo nisso, são apenas negócios.

O mais alarmante, é que não se vislumbra alguém que possa substituí-lo, no mercado interno (com características diferentes), vislumbramos como opções: Fred, Barcos e Marcelo Moreno, mas não me constam que existam conversas por esses atletas.


E por fim, Emerson Sheik se reapresenta ao Corinthians junto ao elenco, Tite já disse que deve avaliá-lo e respeitá-lo como patrimônio do clube. E eu já opinei por diversas vezes sobre esse tema, com uma visão bastante diferente da pura e simplesmente passional, ou sexista que muitos tem (até por que, no tal "selinho", as ficantes de ambos estavam junto na mesa do bar), o que vale pra mim é bola, e dadas as condições que temos no atual elenco, acho que pode ser útil sim, o grande problema é que seu contrato vence no meio do ano, antes da final da Libertadores, e imaginando que estejamos lá, imagina-se que só será viável a sequência de deu trabalho, se na avaliação se mostrar viável, a renovação do contrato até o fim do ano, não se pode ter um vínculo que não contemple um objetivo, se for assim ele não vai ser útil, vai ser apenas um gasto, se aparecer um clube que queira pagar a totalidade de seu salário, também não me oponho, o sistema de pagamento da metade do salário é que sou totalmente contra, não podemos mais fazer isso com atletas de nível, se for reintegrado ao grupo, tem todo o meu aval, seja bem-vindo de volta.


Como vocês puderam ver por esse texto, o ataque é um grande problema, talvez o maior, dentre os grandes Desafios de Tite (Clique), no comando do Corinthians, nos resta aguardar, torcer, e claro, seguir acompanhando tudo sobre o Corinthians aqui, opine com respeito e á vontade, até a próxima!.

Curta nossa Página: Jovens Cronistas! (Clique)


Nenhum comentário