Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor CORINTHIANS - A Libertadores é logo ali!


          Era um dos jogos mais importantes, tanto para o Corinthians quanto para o Grêmio, pois a vaga no G4 estava em jogo e, por isto, acompanhamos um jogo bastante movimentado, disputado que resultou em vitória para o Timão mantendo mais próxima do que nunca a permanência no G4 visando a vaga na Libertadores em 2015.

          Com um público de 36.307 pagantes, o jogo começou com um Corinthians motivado, arriscando chutes a gol desde o começo da primeira etapa. Até a metade do primeiro tempo, o Timão, que manteve maior posse de bola e superioridade durante boa parte do jogo, teve pelo menos cinco chances entre chutes a gol de Malcon, Renato Augusto e Fagner. O time pressionava mas não mantinha a calma suficiente para finalizar de forma adequada, tendo em vista também a eficiência do sistema defensivo do Grêmio (incluindo belas defesas realizadas pelo goleiro Marcelo Grohe), muito bem organizado para bloquear as finalizações. Em meio às pressões alvinegras, cabia ao tricolor gaúcho se aproveitar de contra-ataques para buscar finalizações, estas que também foram bloqueadas pelo sistema defensivo corintiano, o que já era de se esperar de um jogo com duas das melhores defesas do campeonato brasileiro. A segunda etapa começou com um Grêmio diferente, visivelmente melhorado em seu sistema ofensivo. Nos primeiros minutos já arriscava mais chutes a gol, ainda que boa parte deles impedidos. Foi a vez do Corinthians, recuado, se aproveitar dos contra-ataques. O jogo seguia caminhando para um empate em 0 x 0, quando o Corinthians resolveu sair do estado de apatia para definir a partida: Novamente ele, Guerrero, que já dava indício de sua "fome de gol" quando se arriscou sozinho em um lance extraordinário onde driblou zagueiros gremistas e arriscou um chute a gol no início da segunda etapa, recebeu um cruzamento de Luciano e chutou pra rede. O peruano mais uma vez decidindo uma importante partida, deixando a torcida ensandecida e esperançosa quanto à vaga na Libertadores do próximo ano. Com esta vitória o Corinthians completa oito jogos sem perder. Este é o Corinthians que eu conheço!


          Meu destaque do jogo para o lado corintiano vai, obviamente, para Paolo Guerrero, por seu talento inquestionável e raça, mostrando a cada dia que já é um ídolo para o clube. Espera-se que a Diretoria renove seu contrato o quanto antes, pois este sim faz valer o salário que ganha! Para o lado gremista, Marcelo Grohe e suas belas defesas que por muitas vezes salvaram o Grêmio de um placar com uma diferença ainda maior. 

          Meu bola fora da partida infelizmente vai novamente para aqueles que se dizem "torcedores" mas que, na verdade, são marginais disfarçados de torcedores que insistem em acabar com a festa alheia e mais: Insistem na ideia de agir de forma impensada e PREJUDICAM seus "clubes de coração": Alguns "cidadãos" acenderam sinalizadores já quase no fim da partida, paralisando a partida, podendo trazer problemas ao Corinthians (o clube pode ser denunciado por isto). Que papelão!


          Em tempo: O time sub-11 do Corinthians conquistou o título do Paulista sub-11 neste domingo sobre o Palmeiras, com o placar de 2 a 1. Parabéns, molecada! Aproveito a oportunidade para deixar meu "apelo" à Diretoria alvinegra que olhem com carinho para nossos meninos da base e trabalhem arduamente para mantê-los em nosso clube, pois frequentemente perdemos grandes promessas por fruto de incompetência, negligência da cúpula do Timão. Fiquemos espertos! Nossos meninos da base tem futuro!

          Após passar um ano em reciclagem e frustração por não ser convidado para comandar a seleção brasileira após a Copa, Corinthians segue em negociação com Tite mas, o que antes parecia certo, hoje o Coringão encontra um grande obstáculo: Além de times como o Inter e Santos também estarem interessados no treinador gaúcho, este que virou preferência de candidatos à presidência do Corinthians como Roberto de Andrade, parece ter visto nesta "briga" uma oportunidade de aumentar seu salário. Ao que parece, o salário solicitado é algo em torno de R$1 milhão de reais. Tendo em vista que Mano Menezes ganha em torno de R$630 mil atualmente e um dos planos da Diretoria e dos presidenciáveis é a contenção de gastos, caso Adenor não diminuir o valor solicitado, o sonho de boa parte da torcida alvinegra de tê-lo de volta à frente do Corinthians pode não ser realizado. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos!


          O próximo compromisso do Corinthians será no próximo domingo, dia 30, contra o Fluminense no Maracanã pela rodada 37 do Campeonato Brasileiro. Boa sorte, Timão!

"Vamo, vamo, meu Timão!
Vamo meu Timão!
Não para de lutar!"

Nenhum comentário