Um tanto invisibilizado, está em marcha um ensaio de organização dos trabalhadores precarizados. Vinculada a aplicativos de entrega de alimentos e outros serviços, esta gama importante da classe trabalhadora, que, hoje, dá o tom das avenidas e ruas dos grandes centros urbanos do Brasil, se articula para reivindicar direitos e cobrar das grandes companhias que administram as aplicações o reconhecimento seu papel patronal, com a formalização jurídica da relação de trabalho.


O precariado constituído em grande medida pelos entregadores por aplicativo começa a se organizar e já convoca para o Breque dos Apps em 1º de julho, uma espécie de greve geral com direito à mobilização em todo o País e boicote aos aplicativos de entrega de alimentos e logística.

Para conversar sobre essa realidade brasileira esta edição do JC Express conta com a participação de Paulo Lima (Galo), entregador por aplicativo e membro do movimento Entregadores Antifascistas (conheça: https://bit.ly/2ULLnU3).





Ajude-nos a alcançar cada vez mais inscritos na TV JC. Inscreva-se no canal, avalie os vídeos e ative o "sininho" para não perder nada.

Contribua com nossa Vakinha: http://vaka.me/469309
Assine, e apoie o projeto a partir de qualquer valor: https://apoia.se/jovenscronistas

Apoie por meio das seguintes contas bancárias:

Bradesco Ag: 99 C.C: 324035 - 5 | Adriano Garcia
Caixa Ag: 1103 Operação: 013 Conta: 20002-0 | Claudio Junior Porto Santos
Itaú Ag: 2777 C.C: 02351-2 | Claudio Junior Porto Santos
Compartilhe:

Editorial JC

Conta administrada pelos três jornalistas integrantes do Conselho Editorial do projeto Jovens Cronistas.

Deixe seu comentário:

0 comments so far,add yours