Olá, meus caros e caras.

Escrevi a minha coluna desta semana tratando do negacionismo do governo Bolsonaro - leia aqui - na expectativa de pesquisar sobre o que escrever para a próxima semana. Porém, tudo muda em minutos e as últimas horas mostram isso com a notícia mais importante em muito tempo: a prisão de Fabrício Queiróz, amigo íntimo da família Bolsonaro e ex-assessor de Flávio Bolsonaro. A Polícia Federal de São Paulo encontrou Queiróz em um sítio em Atibaia que pertence ao advogado Frederick Wasseff, amigo da família Bolsonaro. Detalhe importante: Wasseff compareceu a posse do ministro da comunicação Fábio Faria na tarde desta quarta (17). Que coincidência a data! 17...putz!

Segundo as primeiras informações, Queiróz estava nesse sítio a quase um ano.

Inúmeras perguntas são feitas, neste momento:

Queiróz vai depor?
Queiróz vai contar o que sabe?
Vão propor delação premiada?

Em uma semana em que o STF votou, em uma sessão virtual, a validade do processo das Fake News. O presidente Jair Bolsonaro afirmou, em mais uma reunião com o pessoal do cercadinho, que "as coisas deverão ser colocadas em seus lugares", daí acontece a prisão de Fabrício Queiróz pela PF de São Paulo.  Pelo visto as coisas estão indo para os seus lugares. Só que noutra perspectiva, presida.
Só esta movimentação do líder do Executivo e da alta corte bem como suas falas já seria motivo para pautar inúmeras colunas e programas de rádio e tv. Porém, tudo isso fica em segundo plano, a partir de agora com a prisão de Queiróz. Se, até agora a hashtag da oposição era "Cadê o Queiróz?", agora deve surgir outra como "Conta Tudo Queiróz".

A provável saída de Weintraub do Ministério da Educação, já seria uma notícia que também movimentaria as reportagens mas, como se vê, as notícias se superam momento a momento. A graça do jornalismo é essa: o dinamismo dos fatos não nos permite ficar de braços cruzados.

Como eu sempre digo, o Brasil segue derretendo em meio a uma crise pandêmica mundial, mais do que ocorrer em paralelo, agora a crise política superou o noticiário a respeito da Covid19. É importante que não percamos isso de foco, a lógica de isolamento social permanece valendo para todo mundo.

Enfim, meus caros e caras...
deixem seus rádios/tvs ligados, porque vai ser interessante acompanhar as notícias.

Saudações,

Ulisses B. dos Santos.

Twitter e Instagram: @prof_colorado
PodCast SobreTudo: by Ulisses Santos



Compartilhe:

Ulisses Santos

Sou um cara solidário e humanista. Procuro ser empático com o outro. As relações humanas fazem com que cada um de nós seja alguém que ao acordar é uma pessoa e ao dormir seja outra. Sou professor da rede pública estadual do RS desde 2002 e escritor desde sempre. Tenho livros escritos sobre a história de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul. Atualmente estou concluindo a graduação em Jornalismo.

Deixe seu comentário:

0 comments so far,add yours