Após o golpe de Estado contra si em novembro de 2019, o ex-presidente Evo Morales está trabalhando para que seu partido, o Movimento ao Socialismo – MAS, consiga retomar o poder no país a partir das eleições presidenciais de maio próximo. Morales aposta na chapa Luís Arce e David Choqueuanca, ambos seus ex-ministros, para recuperar a presidência e também lançou seu próprio nome para um assento no Senado, representando o departamento de Cochabamba, seu reduto eleitoral.




Os cronistas Adriano Garcia e Claudio Porto abordam nesta edição do JC Internacional os obstáculos impostas à candidatura do ex-presidente boliviano e a conjuntura do país vizinho, ainda que o MAS de Evo apareça com vantagem nas pesquisas de opinião.



Ajude-nos a alcançar cada vez mais inscritos na TV JC. Inscreva-se no canal, avalie os vídeos e ative o "sininho" para não perder nada.

Contribua com nossa Vakinha: http://vaka.me/469309
Assine, e apoie o projeto a partir de qualquer valor: https://apoia.se/jovenscronistas

Apoie por meio das seguintes contas bancárias:

Bradesco Ag: 99 C.C: 324035 - 5 | Adriano Garcia
Caixa Ag: 1103 Operação: 013 Conta: 20002-0 | Claudio Junior Porto Santos
Itaú Ag: 2777 C.C: 02351-2 | Claudio Junior Porto Santos
Compartilhe:

Editorial JC

Conta administrada pelos quatro jornalistas integrantes do Conselho Editorial do projeto Jovens Cronistas.

Deixe seu comentário:

0 comments so far,add yours