O presidente dos EUA, Donald Trump, e seu parceiro primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu apresentaram ao mundo o que classificam como “Acordo do Século” para o conflito Israel-Palestina. O documento de 181 páginas foi elaborado por Jared Kushner, assessor especial e genro de Trump, e não teve a participação de nenhuma liderança palestina. 



A “solução realista de dois estados que protegerá a segurança de Israel, cumprirá as aspirações de autodeterminação do povo palestino e garantirá acesso universal e respeitoso aos locais sagrados de Jerusalém” foi divulgada em um contexto de impeachment contra o presidente estadunidense e diante das eleições mais difíceis para o político israelense. Sem apoio da comunidade internacional, a proposta de acordo de Trump não deve prosperar também porque buscou chancelar as medidas controvertidas de Israel, como as ocupações lideradas por Netanyahu em terras palestinas. Nesta edição do JC Express, Claudio Porto analisa o tal acordo e repercute também a saída oficial do Reino Unido da União Europeia, as últimas informações das eleições bolivianas, a relação entre Venezuela e Colômbia, e os números atualizados da epidemia do novo coronavírus.




Ajude-nos a alcançar cada vez mais inscritos na TV JC. Inscreva-se no canal, avalie os vídeos e ative o "sininho" para não perder nada.

Contribua com nossa Vakinha: http://vaka.me/469309
Assine, e apoie o projeto a partir de qualquer valor: https://apoia.se/jovenscronistas

Apoie por meio das seguintes contas bancárias:

Bradesco Ag: 99 C.C: 324035 - 5 | Adriano Garcia
Caixa Ag: 1103 Operação: 013 Conta: 20002-0 | Claudio Junior Porto Santos
Itaú Ag: 2777 C.C: 02351-2 | Claudio Junior Porto Santos
Compartilhe:

Editorial JC

Conta administrada pelos quatro jornalistas integrantes do Conselho Editorial do projeto Jovens Cronistas.

Deixe seu comentário:

0 comments so far,add yours