Não surpreende a ninguém a contradição do discurso moralista de combate à corrupção sobre pau e pedra amplamente defendido por aqueles brasileiros que se classificam como os que não têm “político de estimação” (entenda-se bolsonaristas em sua essência). Tal discurso gruda na sociedade civil como goma de mascar, mas não se sustenta porque carrega um vício em sua essência: representantes nas esferas políticas que se valem dele, apesar de seus conhecidos vínculos com ações ilícitas.


Evidências não faltam para incluir no bojo desta definição o clã Bolsonaro e de seus aliados de primeira ordem. Às vezes impressiona a facilidade de que encontrar os chamados desvios éticos naqueles que apoiam e que rondam a família presidencial, também marcada por ligações nebulosas e suspeitas. Do ministro do Turismo e seu envolvimento direto em campanhas de fachada em MG, passando pelo ministro da Economia investigado por suposta corrupção na gestão de fundos, ao, bem mais recente, escândalo na secretaria de Comunicação do (des)governo.

Os colaboradores Adriano Garcia, Claudio Porto e Pedro Araujo estão juntos nesta edição do JC Express para tratar da conivência característica dos que estão com Bolsonaro, e para analisar as principais notícias dos últimos dias, como algumas medidas implementadas pelo governador João Dória em seu primeiro ano de governo e que começam a render consequências no cotidiano paulista; o crime com o abastecimento de água nas residências de mais de nove milhões de fluminenses; a falta de expectativa no mercado financeiro; e o imbróglio, para lá de desnecessário, com o estabelecimento da figura do juiz de garantias.



Ajude-nos a alcançar cada vez mais inscritos na TV JC. Inscreva-se no canal, avalie os vídeos e ative o "sininho" para não perder nada.

Contribua com nossa Vakinha: http://vaka.me/469309
Assine, e apoie o projeto a partir de qualquer valor: https://apoia.se/jovenscronistas

Apoie por meio das seguintes contas bancárias:

Bradesco Ag: 99 C.C: 324035 - 5 | Adriano Garcia
Caixa Ag: 1103 Operação: 013 Conta: 20002-0 | Claudio Junior Porto Santos
Itaú Ag: 2777 C.C: 02351-2 | Claudio Junior Porto Santos
Compartilhe:

Editorial JC

Conta administrada pelos três jornalistas integrantes do Conselho Editorial do projeto Jovens Cronistas.

Deixe seu comentário:

0 comments so far,add yours