De acordo com pesquisa Datafolha divulgada no sábado 07/12, oito em cada dez brasileiros desconfiam das declarações do presidente Bolsonaro. Bom, o resultado do levantamento não surpreende a ninguém, dada a constatação de que o capitão da reserva, quando abre a boca, faz colocações para lá de questionáveis e que, em condições normais de temperatura e pressão políticas (se no Brasil houvesse democracia plena e instituições realmente fortes), não teriam permitido nem sua candidatura ao comando do Palácio do Planalto. Bolsonaro não passou a dizer o que diz de ontem para hoje. São mais de 30 anos de experiência política (desde a vereação em 1988) se valendo de um discurso agressivo não apenas às minorias do País, mas à ideia de Brasil como palco importante para o estabelecimento do mundo moderno multicolor, como parecia despontar na década passada. Não por acaso, em dado momento deste primeiro ano de (des)governo, o presidente falou que ninguém passa fome no País e chamou o Brasil de “lixo”. Ele também não se intimidou de declarar que “nós [(des)governo] temos de desconstruir muita coisa, de desfazer muita coisa para depois recomeçarmos a fazer”. Bolsonaro tem o único objetivo de destruir. É isso. Outro que integra o grupo da desconstrução, o ministro Sérgio Moro viu seu suposto “pacote anticrime” ser aprovado no plenário da Câmara dos Deputados, com votos, inclusive, de parlamentares de legendas à esquerda. Os cronistas Adriano Garcia e Claudio Porto apresentam mais uma edição do Redação JC, destacando ainda as idas e vindas do posicionamento do governador João Dória sobre o papel da PM paulista no Massacre de Paraisópolis.


Ajude-nos a alcançar cada vez mais inscritos na TV JC. Inscreva-se no canal, avalie os vídeos e ative o "sininho" para não perder nada.

Contribua com nossa Vakinha: http://vaka.me/469309
Assine, e apoie o projeto a partir de qualquer valor: https://apoia.se/jovenscronistas

Apoie por meio das seguintes contas bancárias:

Bradesco Ag: 99 C.C: 324035 - 5 | Adriano Garcia
Caixa Ag: 1103 Operação: 013 Conta: 20002-0 | Claudio Junior Porto Santos
Itaú Ag: 2777 C.C: 02351-2 | Claudio Junior Porto Santos

Faça parte de nosso grupo no Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/Iy9Ns3kXPOS
Compartilhe:

Editorial JC

Conta administrada pelos quatro jornalistas integrantes do Conselho Editorial do projeto Jovens Cronistas.

Deixe seu comentário:

0 comments so far,add yours