Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor PALMEIRAS - Quase a famosa... PALMEIRADA!

Foto: Henrique Barreto/Futura Press

Salve, Palestrinos, torcedores do maior campeão nacional, vamos repercutir a vitoria do Palmeiras ante a Chapecoense pelo Campeonato Brasileiro. Jogo com desempenho horroroso. Já é feito um aviso aqui, que não é porque o gol saiu aos 98 minutos de jogo, que serão abordados temas aqui como "raça", valentia, etc. Pelo contrário. Uma atuação, mesmo com a vitoria que beirou o ridículo. Contra o lanterna do campeonato, um time bem fraco, o alviverde escapou de tropeçar e dar - como diz a torcida - a "palmeirada".

Palmeiras foi a campo com Weverton, Marcos Rocha, Luan, Gomez, Diogo Barbosa, Felipe Melo, Bruno Henrique, Gustavo Scarpa, Zé Rafael, Dudu e Deyverson. Palmeiras como era de esperado tomou as iniciativas e foi um festival de gols perdidos. A começar por uma atuação bem apática nesse sentido. A principal chance do Palmeiras na primeira etapa foi um chute aberto de Dudu que passou à direita do gol de João Ricardo. 

Foi aí que Mano Menezes tentou mudar algo para a segunda etapa. Entrou Willian no lugar de Zé Rafael. E o bigode protagonizou um lance inacreditável. Bate e rebate na área, a bola sobra para Deyverson que com toda sua (ausência de) categoria furou. Dava para piorar? Sim! A bola cruzou a pequena área e sobrou pro Willian sem goleiro que conseguiu acertar a trave. Isso mesmo! O Mano Menezes então sacou Deyverson para entrar Henrique Dourado. O camisa 16 tomou sonoras vaias, que mereciam ser pra toda a equipe. 

Mais ridículo que o gol perdido do Deyverson, que o futebol do Palmeiras, foi a expulsão do Gum. Em tom de brincadeira, muitos dizem que Gum expulso é reforço, mas na prática, em campo, não é assim. Deu um carrinho perigoso em Dudu, mas que não acertou - VAR verificou e tudo mais - mas manteve a expulsão, Chapecoense prejudicada.


Palmeiras ainda quis aproveitar da vantagem numérica e aproveitou para perder mais um monte de chances de gols. William perdeu em chute desviado na zaga. Gustavo Gomez cabeceou para fora, quicando a bola no chão. Depois, Bruno Henrique perdeu a chance ao cabecear para fora sem goleiro. A punição ao Verdão poderia ter vindo, mas Weverton salvou no contragolpe catarinense.

Pode ser considerado um prêmio pela insistência. Dudu fez boa jogada pela direita, rolou para Bruno Henrique que chutou; João Ricardo falhou ao queimar roupa, Dudu cortou o goleiro e Felipe Melo aproveitou para fazer o gol. Alívio. Mas nada que apague uma atuação bem ruim.

Atuação ridícula. Péssimas conclusões a gol. A começar por um time bem apático na primeira etapa, criando pouco, sem colocar a bola no chão, time que deu desgosto para a torcida. Na segunda etapa, Mano mudou, a intensidade do time aumentou, mas a competência continuou muito ruim. Festival de gols perdidos, chances desperdiçadas, finalizações de qualquer jeito, etc. Realmente não é um time que vem merecendo ser campeão. Prêmio vai pela garra do Dudu (crucificado por muitos) e do Felipe Melo. Agora, os demais jogadores, pelo amor de deus. Não vou falar de Diogo e Rocha aqui porque é desperdiçar texto. Gustavo Scarpa... cadê seu futebol? Ficou com o ex empresário? Zé Rafael, que tal se acalmar um pouco e reaprender a chutar no gol? Bruno Henrique está jogando com uma bola de aço amarrada nos pés? Cadê o futebol desse time? Que que adianta ter um Dudu se o restante do time não se entrega como ele? 

Enfim, agora vem um jogo bem difícil. Athletico fora de casa. Jogo para oficializar a perda do ano de 2019.



Se inscreva em nosso canal no Youtube: TV Jovens Cronistas e confira nossos conteúdos esportivos, toda segunda tem "JC Esportes" com os destaques do Brasileirão, dê sua opinião que é fundamental, seu like e divulgue para os amigos! 

Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas 

Nenhum comentário