Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor INTER - Bom 1° tempo, salvos pelo VAR no 2°

Olá torcida colorada, bem-vinda a mais um Papo de Torcedor Inter, aqui no Jovens Cronistas, para repercutir o empate em 1 a 1, neste domingo (29), entre Inter e Palmeiras, no Beira-Rio. O Inter fez um grande 1° tempo, dominando as ações da partida, marcando apenas 1 a 0, com gol de Patrick. No 2° tempo, o Palmeiras chegou ao empate, com William e só não saiu com a vitoria, pois o VAR entrou em ação e anulou o gol de Bruno Henrique, por mão de William, em lance com Klaus, que entrou na partida e voltou a falhar bisonhamente. 

Foto: Internacional

O Inter foi a campo com Marcelo Lomba; Heitor, Bruno Fuchs (Klaus), Cuesta e Uendel; Edenilson, Rodrigo Lindoso e Nonato (Wellington Silva), Patrick, Nico López e Rafael Sobis (Pedro Lucas). O técnico Odair Hellmann, voltou a utilizar 4 meias-centrais, atuando com Patrick como extrema pela esquerda, posição a qual ele tem rendido muito bem, e ontem mais uma vez demonstrou isso. Mas no segundo tempo, Odair desfez, isso retirando Nonato, colocando Wellington Silva e entregando assim todo o meio-campo ao Palmeiras. 

Foto: Internacional

Logo aos quatro minutos, Sóbis de dentro da área, pela direita, lançou para Patrick, que finalizou de bicicleta e Weverton defendeu. Aos sete, Nonato cruzou da esquerda e Sobis cabeceou para fora. Aos 12, Nico López deu belo lançamento para Uendel, que invadiu a área e chutou para grande defesa de Weverton. Aos 26, Sobis cobrou falta da direita e Rodrigo Lindoso cabeceou, mandando a bola na trave. Aos 27, Nico López deu um drible em Felipe Melo e cruzou da direita para Patrick, que cabeceou, marcando o 1 a 0. Aos 32, após boa troca de passes, Heitor chutou da intermediária e Weverton defendeu. Aos 36, Dudu chutou da entrada da área, sobre o gol. Aos 45, Dudu cobrou escanteio da esquerda e Felipe Melo cabeceou para fora.

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras

No segundo tempo, logo no primeiro minuto, Diogo Barbosa tocou para Scarpa, que de dentro da área, chutou rasteiro e Marcelo Lomba defendeu. Scarpa no minuto seguinte, voltou a finalizar, após cruzamento da direita de Bruno Henrique, com nova defesa de Lomba. Aos quatro, Sobis cobrou escanteio da esquerda e Lindoso cabeceou para fora. Aos 10, Scarpa rolou para William, que chutou fraco e Lomba defendeu. Aos 13, Marcos Rocha fez cruzamento da direira, Lindoso afastou de cabeça e William acertou belo chute de primeira, para empatar a partida. 

Foto: Imagem de transmissão da partida.

Aos 20, Bruno Henrique alçou a bola na área em cobrança de falta para Vitor Hugo, que cabeceou e Marcelo Lomba fez grande defesa. Aos 21, Wellington Silva chutou da meia-lua, sobre o gol. Aos 43, tivemos o lance polêmico da partida, Lucas Lima tocou a bola para William, que foi atropelado por Klaus, a bola bateu na mão de ambos e sobrou para Lucas Lima, que tocou para Bruno Henrique, que chutou e marcou o gol do Palmeiras. O árbitro foi ao VAR e acabou invalidando o lance, pelo motivo da bola bater na mão de William, seguindo a nova recomendação. O erro da arbitragem foi não marcar a falta de Klaus, que foi mais uma vez mal, assim como na quarta-feira (25), contra o Flamengo. O juiz invalidou o gol e deu falta a favor do Inter.

Foto: Foto: Eduardo Deconto/GloboEsporte.com

Odair Hellmann pensou bem o início da partida e o Inter fez um grande 1° tempo, em que se estivesse sem tantos desfalques, poderia ter resolvido a partida nos primeiros 45 minutos. No segundo tempo, o treinador errou ao retirar Nonato, e tirar Patrick da posição em que estava rendendo bem. O Inter acabou entregando o meio-campo e foi amplamente dominado pelo Palmeiras. A derrota só não ocorreu, pela interferência do VAR. Odair errou mais ainda em criticar Nonato, pois pelo jeito Odair prefere jogadores corpulentos, como Bruno Silva e Ricthely, ao invés de um cadenciador de jogo como Nonato.

O Inter assim demonstra que será apenas um coadjuvante no Brasileirão. Nos dois jogos chave, conquistou apenas um ponto dos seis, contra Flamengo e Palmeiras, nestas primeiras rodadas do returno. Se quiser se qualificar a próxima Libertadores, o time precisará evoluir e mostrar qualidade, principalmente nos jogos como visitante, para tentar chegar ao G4. 

Com o empate o Inter caiu para 5ª colocação e chegou aos 37 pontos. Na próxima rodada, o Inter visita o Cruzeiro no sábado (5), onde é primordial continuar pontuando, para não seguir despencando na tabela. Espero que o time não entre para jogar por uma bola, ou de forma covarde, mas do jeito que o Inter adora acabar com uma crise do adversário, temo que vamos dar uma grande mão ao Cruzeiro e a Abel Braga.



Se inscreva em nosso canal no Youtube: TV Jovens Cronistas e confira nossos conteúdos esportivos, dê sua opinião que é fundamental, seu like e divulgue para os amigos! 

Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas 

Nenhum comentário