Banner 1

JC Agora

Série A Itália - Análise da 11ª Rodada


Amigos! Após um fim de semana que marca o início de tempos, os quais não se pode mensurar o quão danosos serão no Brasil, o que fez com que eu me abstivesse de comentar a última rodada, estamos de volta com a nossa analise do Calcio Italiano de todas as semanas, numa rodada onde os grandes venceram, alguns com goleada, exceção feita a Roma, que enfrentou a pedreira Viola e ficou no empate, gerando até protestos, vejam vocês. Vamos juntos!


Napoli 5 x 1 Empoli

O Empoli foi presa fácil para o Napoli em seus domínios, com direito a tripletta para Mertens

Logo aos oito minutos saiu o primeiro gol, tentando imprimir seu jogo ofensivo, o time visitante foi surpreendido no contragolpe. Koulibaly roubou a bola na intermediária defensiva e arrancou ao campo de ataque para servir Insigne, que abriu o placar. As posturas seguiram as mesmas, ainda mais com os visitantes atrás do placar, em mais um contragolpe, dessa vez em um erro de passe grotesco de Di Lorenzo, a bola caiu nos pés de Insigne, que tocou para Mertens iniciar sua conta, avançando e batendo no canto, da entrada da área para fazer o segundo. 

Na etapa final o Empoli fez seu gol também em contragolpe aos 12 minutos, troa de passes na defesa e com as linhas do time de Ancelotti adiantadas, o bósnio Krunic encontrou o espaço para descolar um belo lançamento para Caputo marcar. Foi então que o Napoli se lançou ao ataque com maior força e seis minutos depois fez o terceiro, troca de passes na entrada da área até a linda finalização de Mertens, encobrindo o goleiro e entrando no ângulo. Os gols seguintes vieram nos minutos finais da partida, já com o adversário totalmente abatido, aos 44 Insigne acionou na marca do pênalti Milik que veio do banco e deixou o seu. Três minutos depois o Mertens encerrou o massacre, contragolpe, lançamento de Insigne para o belga limpar o goleiro e dar números finais a uma grande vitória, que dá moral para a equipe receber o PSG em casa pela Champions no meio de semana e sustentar ao menos a posição atual que lhe confere vaga no mata-mata, neste grupo da morte


Internazionale 5 x 0 Genoa

 A Inter manteve o bom momento em grande estilo ás vésperas de encarar o Barça em casa para garantir a classificação antecipada, até de forma surpreendente, em seu grupo na Champions. Goleada em grande estilo contra um Genoa que só ameaçou reação no empate ante a Juve. 

Exercendo forte pressão desde o início, a equipe da casa saiju na frente aos 13 minutos de jogo, a bola espirrada chegou dentro da área em João Mário, que rolou para Gagliardini abrir o placar. Em seguida, mais uma assistência de João Mário, deixando Politano na cara do gol pra tirar o defensor e fazer um golaço. 

O terceiro veio aos três minutos da etapa final, após cobrança de escanteio e confusão na área, Gagliardini novamente completou para fazer sua doppietta. O domínio total da Inter prosseguiu, não seria exagero dizer que o Genoa não criou qualquer chance, a menos que eu me lembre, esse foi o cenário. Aos 45 minutos, João Mário o assistente, fez o seu, recebeu na entrada da área e finalizou firme para marcar. Houve tempo ainda para aos 48, Nainggolan que entrou no finalzinho marcar, após cruzamento adivinhem, do português novamente, uma vitória onde a Inter construiu o conforto, claro, é o Genoa cheio de problemas, mas na rodada passada foi a Lazio e esta foi uma bela exibição, sem empolgações, claro, o torcedor vai vendo o time entrar nos trilhos enfim. 


Fiorentina 1 x 1 Roma

As equipes que tem situação igual na tabela fizeram com que esse equilíbrio fosse visto, apesar da enorme reclamação romanista no lance do pênalti que gerou o gol de Veretout para os donos da casa, eram 30 minutos, Gio Simeone foi lançado e chocou-se contra a cabeça do goleiro, mesmo ante o VAR a decisão foi da marcação do penal, o que gera a reclamação dos visitantes pois uma cabeça que se choca contra o pé, não seria falta da cabeça, mas do pé. Isto a parte o jogo foi marcado por este equilíbrio. Chances parte a parte e a Roma conseguiu chegar ao empate com Florenzi, que pegou de primeira uma bola alçada na área. 

Os jogadores segundo relatos da imprensa local tiveram após o jogo até de enfrentar alguns protestos de torcedores, o que não corresponde com o que o time tem apresentado, sim, são dois empates consecutivos, mas contra o Napoli e agora a sempre dura Viola ambos fora de casa, não são resultados ruins. Esse clima de hostilidade pode atrapalhar a equipe na sequência, sobretudo no duelo fora contra o CSKA pela Champions, não é por aí. 


Juventus 3 x 1 Cagliari

Fechando os jogos do sábado, a Vecchia Signora manteve a invencibilidade e a vantagem na tabela ao vencer de forma tranquila o Cagliari em seus domínios. 

Dybala eletrizou o jogo antes mesmo do primeiro minuto em grande jogada onde limpou o zagueiro e finalizou da entrada da área para abrir o placar. As principais chances seguiram sendo dos donos da casa, mas a grande defesa que Szczesny foi obrigado a fazer em finalização de Pavoletti era prenúncio do que estava por vir. Aos 35 minutos o Brasileiro João Pedro Galvão recebeu o cruzamento, trouxe pra dentro da pequena área praticamente e finalizou para empatar a partida. Porém, dois minutos apenas depois novamente a Juve se recolocou em vantagem, jogada e cruzamento de Douglas Costa em um raro momento pela esquerda e a infelicidade de Bradaric, que desviou contra o próprio gol. 

Depois de retomar a dianteira do placar a equipe bianconeri teve as principais chances de ampliar, mas acabou fazendo o gol que matou o jogo aos 41 justamente no contragolpe, quando sofria uma recarga ofensiva adversária. Cristiano Ronaldo fez a jogada e serviu Cuadrado que definiu mais uma vitória para o time de Allegri, que tem o United na Champions e o Milan no domingo, como próximos desafios. 


Lazio 4 x 1 SPAL 

Apesar de o SPAL, sempre perigoso, ter dado trabalho nos minutos iniciais, logo o jogo estabeleceu-se favorável ao time da Lazio, que saiu na frente com uma pintura de Immobile. Escanteio cobrado aos 25 minutos por Cataldi e na segunda trave, livre, o bomber pega de voleio, lindo gol. 

Dois minutos após porém em rápida jogada de ataque o SPAL empatou, Lazzari carregou pela ponta e cruzou para Antenucci concluir. Aos 34 porém, na jogada dos dois centroavantes com Caicedo na tabela, Immobile finalizou de fora e contou com desvio para fazer sua doppieta na partida, recolocando o time se Simone Inzaghi no comando do placar. 

Na etapa final, aos 13 minutos a vantagem foi consolidada, foguetaço de Cataldi de fora da área para fazer o terceiro. Dez minutos depois mais um gol de fora pra fechar a conta, saída de bola terrível do SPAL e chutaço de Parolo para fazer o quarto gol. Immobile teve ainda a chance de fazer a tripletta, mas parou na trave. Grande goleada, moral retomada para encarar o Marseille na quinta em casa pela Europa League, adversário já vencido na competição na França. 


Udinese 0 x 1 Milan

E tem sido dessa forma, com dificuldades, aos trancos e barrancos, com muita luta, em vantagem mínima, que o Milan vem arrancando na Série A e figura agora na zona de classificação para a próxima Champions ocupando a quarta posição, em um jogo tenso, Romagnoli foi o herói no fim e garantiu os três pontos fundamentais para os rossoneri. 

Foi um jogo muito bem jogado, com chances de parte a parte, os dois goleiros sendo bastante exigidos, em que a cada minuto que se passava o ar de tensão aumentava. Tudo caminhava para o placar a zero quando já com 49 minutos de jogo, o holandês que havia dez minutos antes entrado na partida pela equipe da casa, Huytinck, acabou cometendo falta por trás em Castillejo e foi expulso, ainda assim, era a Udinese quem tentava a recarga ofensiva final, então o Milan armou o bote, roubou a bola na saída e num contragolpe mortal, após indecisão de Suso, Romagnoli como fosse um atacante mandou um foguetaço para definir a vitória, castigo para os donos da casa. 

O time de Gattuso tem na quinta o Betis pela Europa League antes do duelo ante a Juve, o centroavante Higuain saiu lesionado ainda na etapa inicial mas não inspira preocupação para o clássico. Porém, esse duelo na Espanha dado o vacilo na rodada anterior em casa, pode ser decisivo para o Milan, a ver como vem a equipe. 


Demais Resultados

Sampdoria 1 x 4 Torino
Chievo 0 x 2 Sassuolo
Parma 0 x 0 Frosinone
Bologna 1 x 2 Atalanta


Classificação



Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas! e siga-nos no Insta: @jcronistas




Imagens: AFP, Gazzetta dello Sport, LaPresse, FC Tables (Tabela). 


Nenhum comentário